🔴 MELHORES MOMENTOS DO MACRO SUMMIT BRASIL 2024 – ASSISTA AQUI

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
IR 2022

Preciso declarar meu sistema de energia solar no imposto de renda?

Sistemas fotovoltaicos podem ser considerados benfeitorias ao imóvel; veja como informar seus painéis solares na sua declaração de imposto de renda 2022

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
10 de maio de 2022
7:00 - atualizado às 15:55
Leão sentado em cima de dinheiro com o texto Imposto de Renda 2022 ao lado
Painéis solares não são considerados bens móveis, mas sim benfeitorias ao imóvel. - Imagem: Shutterstock/Montagem Andrei Morais

A instalação de sistemas de geração distribuída baseados em energia solar em residências está cada vez mais popular no Brasil. Mas o valor do investimento em painéis solares fotovoltaicos é elevado, partindo de cerca de R$ 10 mil - a média, segundo entidades do setor, é de R$ 30 mil. Com tamanho custo, será que esses bens precisam ser declarados no imposto de renda?

Segundo o portal Meu Financiamento Solar, especializado em crédito para a compra de sistemas fotovoltaicos e ligado ao banco BV, atualmente o país tem mais de 1 milhão de consumidores com painéis solares em casa.

Geralmente, a compra e a posse de bens cujo custo de aquisição tenha sido superior a R$ 5 mil precisam ser informadas na declaração de imposto de renda, mas apenas por quem já precisa declarar, segundo as regras de obrigatoriedade. Ou seja, por si só, a compra ou posse desses bens não obriga a declarar.

Mas os sistemas de energia solar fotovoltaica não se enquadram nesta regra. Eles não são bens móveis, mas benfeitorias ao imóvel. Assim, declará-los não é obrigatório, mas é um tremendo benefício para quem o faz.

Isso porque o valor de reformas e benfeitorias pode ser acrescido ao valor do imóvel na declaração, aumentando o seu custo de aquisição. Trata-se da única situação em que o proprietário pode aumentar o valor do imóvel informado na declaração, já que não é possível corrigi-lo pelo valor de mercado.

Este é um benefício, pois, no futuro, caso o contribuinte venda seu imóvel por um valor maior do que o custo de aquisição, o lucro imobiliário será menor, e ele pagará menos imposto de renda sobre esse ganho de capital. As benfeitorias, assim, são consideradas um investimento no imóvel e tendem a valorizá-lo.

Como declarar seu sistema de energia solar no imposto de renda 2022

Para informar o seu sistema gerador de energia solar fotovoltaica na declaração de imposto de renda 2022, basta somar o valor investido no equipamento ao valor do imóvel na ficha de Bens e Direitos.

Se você tiver adquirido os seus painéis solares em 2021, vá até o item referente ao seu imóvel na declaração e, no campo "Situação em 31/12/2021" some, ao custo de aquisição do imóvel, apenas o que foi efetivamente desembolsado pelo equipamento no ano passado.

Assim, se você tiver pago o sistema integralmente em 2021, você vai somar ao custo de aquisição do imóvel o valor integral do sistema; caso tenha parcelado a compra ou financiado e não tenha terminado de pagar no ano passado, some apenas o valor desembolsado no ano passado, incluindo valor da instalação, juros e outros custos de financiamento. Faça isso ano a ano até terminar de pagar pelos seus painéis solares.

Não se esqueça de informar, no campo "Discriminação", que você acrescentou, ao valor do imóvel, o custo de benfeitorias, a saber, o sistema gerador de energia solar fotovoltaica.

Na nossa matéria sobre como declarar imóveis no imposto de renda, eu falo mais sobre como declarar reformas e benfeitorias.

Lembre-se também de que você precisa guardar os comprovantes (notas fiscais e recibos) da compra, da instalação e do eventual financiamento do seu sistema de energia solar, para comprovar o valor dessas benfeitorias junto à Receita, se necessário.

Eles precisam ser guardados por até cinco anos a partir da futura venda, doação ou transmissão por herança do imóvel em questão. Veja nesta matéria quais são os comprovantes que você precisa guardar após preencher a sua declaração e por quanto tempo.

Adquiri meus painéis solares antes de 2021 e não declarei, e agora?

Caso você tenha adquirido seus painéis solares em um ano anterior a 2021, não tem problema. Você ainda pode acrescentar o valor pago por eles ao custo de aquisição do seu imóvel, desde que tenha os comprovantes da compra e da instalação.

Para isso, você precisará retificar as declarações anteriores, em um limite de até cinco declarações passadas, para somar o valor do sistema ao custo de aquisição do imóvel, até a declaração referente ao ano em que você adquiriu e instalou os painéis na sua casa.

Não se preocupe em levantar suspeitas da Receita Federal. A mera retificação da declaração por si só não é algo que possa te levar à malha fina.

Assim, digamos que você tenha instalado um sistema fotovoltaico no seu imóvel em 2019 e não declarou. Você precisará retificar as declarações do IR 2020 (referente a 2019) e do IR 2021 (referente a 2020) para acrescentar a benfeitoria no item referente ao seu imóvel. Nesta matéria, explicamos como retificar a declaração de IR.

Feito isso, você pode declarar o seu imóvel com a benfeitoria normalmente no imposto de renda 2022.

Compartilhe

DINHEIRO NA CONTA

Mais de 160 fundos imobiliários pagam dividendos hoje; XPCM11, FII que salta 42,5% na semana com novo locatário, está na lista

15 de setembro de 2022 - 13:07

Veja os principais FIIs a distribuírem dividendos hoje e a data base para ter direito aos proventos

MIRA TRAVADA

Fundo imobiliário PATC11 quer comprar dois ativos do BLMC11; FII está envolvido em outra proposta de venda de portfólio

15 de setembro de 2022 - 12:19

O alvo da vez do Pátria Edifícios Corporativos são dois pavimentos do edifício Brascan Century Corporate, localizado na capital paulista

ATIVISMO NA INDÚSTRIA

Fundos imobiliários: PATC11 propõe venda de ativos do portfólio do VLOL11 e os dois FIIs avançam com expectativa para convocação de assembleia

14 de setembro de 2022 - 14:10

Os imóveis envolvidos na possível venda estão localizados em uma das regiões com a maior demanda por escritórios do país e têm classificação AAA

VACÂNCIA REDUZIDA

Fundo imobiliário XPCM11 dispara na bolsa com novo inquilino 20 meses após Petrobras deixar o prédio

12 de setembro de 2022 - 17:20

O Edifício Corporate Macaé estava 100% vago desde dezembro de 2021, quando a petroleira decidiu rescindir o contrato

ÀS VÉSPERAS DA ELEIÇÃO

Entrada da casa própria vai sair de graça? Governo libera verba para que parlamentares quitem parte de imóveis do Casa Verde e Amarela em suas regiões

11 de setembro de 2022 - 13:04

Uma brecha na lei de criação do programa habitacional permitirá o uso de emendas parlamentares para reduzir ou quitar a entrada nos financiamentos

AQUISIÇÃO DE LUXO

Iguatemi (IGTI11) paga R$ 667 milhões para ser a única dona do shopping JK Iguatemi; veja detalhes do negócio

9 de setembro de 2022 - 19:46

Inaugurado em 2012, o empreendimento é um dos principais shoppings centers do Brasil e já fazia parte do portfólio da companhia

A FONTE VOLTOU A JORRAR

Fundo imobiliário de hotéis volta a pagar dividendos após deixar mais de 22 mil cotistas sem proventos por dois anos e meio

1 de setembro de 2022 - 17:17

Apesar da recompensa, porém, quem manteve o FII na carteira nesse período viu as cotas recuarem mais de 25%

ALERTA DE OPORTUNIDADE

Por que você deveria comprar ações de construtoras agora, segundo o JP Morgan

1 de setembro de 2022 - 12:20

Os analistas alertam que um gatilho de alta para o setor pode ser disparado em breve, na próxima reunião do Copom

FII ARTILHEIRO

Para a XP, um fundo imobiliário deve lucrar com a Copa do Mundo — veja qual

31 de agosto de 2022 - 14:54

A corretora afirma que FIIs donos de imóveis com contratos ligados ao varejo alimentar podem ser beneficiados com o crescimento da demanda durante os jogos

O JOGO VIROU

A corrida pelo tijolo: por que 9 dos 10 fundos imobiliários mais rentáveis do mês são do segmento de escritórios, shoppings e logística

31 de agosto de 2022 - 6:10

Um movimento de realocação de carteiras levou a classe a registrar, pela segunda vez consecutiva neste ano, uma performance superior aos FIIs de papel

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies