🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
CASAMENTO ATUALIZADO

Nasce uma gigante dos shoppings? Aliansce Sonae (ALSO3) oficializa nova proposta de fusão com a brMalls (BRML3)

A Aliansce encaminhou os novos termos para a combinação das duas empresas ao Conselho de Administração da operadora de shoppings

escadas rolantes de shopping center | brMalls Aliansce shoppings construtoras Itaú BBA
Imagem: Shutterstock

Agora é oficial: depois da brMalls (BRLM3) negar ter recebido as atualizações na proposta para uma possível fusão com a Aliansce Sonae (ALSO3), a empresa oficializou os novos termos para o conselho de administração da operadora de shoppings.

Segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Aliansce encaminhou a proposta ao Conselho de Administração da brMalls nesta quarta-feira (16).

Vale lembrar que os novos termos da ALSO3 já angariaram o apoio de 15% a 20% dos acionistas da primeira empresa para uma possível fusão, segundo apuração do Broadcast.

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

O percentual ainda não é o suficiente para a aprovar a combinação de negócios que pode dar origem a uma das maiores operadoras de shopping do Brasil - para isso, a Aliansce precisa convencer 50% mais um do capital total. Mas a companhia segue na luta e, nos últimos três meses, já se reuniu com mais de 200 acionistas para falar sobre o negócio.

Além disso, a intenção de convocar uma assembleia de acionistas, conforme indica um fato relevante divulgado nesta segunda-feira (14), mostra que a Aliansce pode estar perto de obter o número mágico de apoio para a operação.

brMalls, você aceita a Aliansce Sonae e sua proposta atualizada?

A nova oferta da Aliansce Sonae, feita dois meses após a primeira recusa da brMalls, propõe pagamento em dinheiro R$ 500 milhões maior do que o anterior, chegando a R$ 1,850 bilhão. A empresa também aceitaria uma fatia menor no grupo resultante da fusão: 48,92% x 51,08% em vez de uma divisão meio a meio.

Se o negócio for confirmado, os atuais controladores da Aliansce (Renato Rique, CPPIB, Alexander Otto Group e Sonae Sierra) ficariam com uma fatia de 23,5% na nova empresa, ante 24,5% no lance anterior. A oferta não trata do número de assentos que cada parte teria no novo conselho de administração.

Além de representar uma elevação de 11% em relação à proposta anterior, o novo lance também aponta para um ganho de 16% por BRML3 na cotação anterior ao início das negociações, segundo fontes.

Noiva cobiçada

Vale lembrar que a Aliansce Sonae não é a única empresa de olho na brMalls. A Gafisa (GFSA3) confirmou no mês passado que também mantém conversas com a operadora de shoppings para uma possível união de negócios.

Além dela, Ancar Ivanhoe e o empresário Nelson Tanure também estão na fila de pretendentes. Segundo informações d’O Globo, Tanure voltou novamente sua mira na direção da empresa de shoppings na semana passada. 

Compartilhe

MEIOS DE PAGAMENTO

Cielo se prepara para sair da bolsa e uma dupla de empresas de maquininhas pode surfar essa onda, mas o Santander tem uma favorita

12 de junho de 2024 - 17:33

Os analistas avaliam que existe uma boa janela de curto prazo para a Stone e a PagSeguro em meio à queda das ações e à OPA da Cielo; veja quem é a preferida

Rali das “meme stocks”

‘Efeito Roaring Kitty’ faz GameStop levantar mais de US$ 2 bilhões com venda de ações

12 de junho de 2024 - 16:04

Varejista de videogames vendeu 75 milhões de ações após volta de trader que inspirou o épico ‘short squeeze’ em 2021

Mercado acionário

Bank of America corta preço-alvo para ações de bancões brasileiros, mas mantém recomendação

12 de junho de 2024 - 15:10

Combinação de receitas diversificadas, funding, controle de custos e balanços fortes são os fatores positivos apontados pelos analistas

DINHEIRO NO BOLSO

Dividendos milionários: Grupo Mateus (GMAT3) vai pagar mais de R$ 134 milhões para acionistas; confira os prazos e como receber

12 de junho de 2024 - 12:50

O anúncio da distribuição do JCP ocorre em um momento positivo para a companhia, que vem contrariando a crise no varejo

Quem vai ficar com ela

Acionistas da Braskem descartam negociação com a Petrochina

12 de junho de 2024 - 11:42

Companhia informou à CVM que seus controladores, Petrobras e Novonor, negam as negociações

UM NOVO PEDIDO

Vale (VALE3), BHP e Samarco fazem nova proposta bilionária por desastre em Mariana — mas ainda é menos do que o governo exige

12 de junho de 2024 - 10:39

Junto com a BHP Brasil e a Samarco, as mineradoras se propuseram a pagar R$ 140 bilhões pela tragédia na barragem

MAIS UMA FATIA

Do papel ao pano, Suzano (SUZB3) entra no ramo têxtil e compra 15% de fabricante de fibras por cerca de R$ 1,3 bilhão

12 de junho de 2024 - 8:54

Além da aquisição, o acordo com acionistas da B&C inclui o direito da Suzano a duas cadeiras no conselho de administração da Lenzing

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Diversidade de gênero: presidente da ABVCAP anuncia iniciativa para impulsionar mulheres em carreiras de investimentos

11 de junho de 2024 - 19:45

Em entrevista ao Seu Dinheiro, Priscila Rodrigues, presidente da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital contou detalhes do projeto de incentivo a mulheres

CONFIRA OS CENÁRIOS

Rede D’Or (RDOR3) quer recomprar até R$ 1 bilhão em ações e deve usar reserva de lucros para isso; como ficam os acionistas?

11 de junho de 2024 - 18:38

A empresa poderá adquirir até 30 milhões de ações ordinárias, soma que corresponde a 10% do total em circulação no pregão de ontem

APÓS FUSÃO FRUSTRADA

Santander corta o preço-alvo da PetroReconcavo (RECV3), mas mantém recomendação de compra e ações saltam 4% na bolsa

11 de junho de 2024 - 15:25

Para o segundo semestre, a expectativa é de que a PetroReconcavo pise no acelerador, para uma média de 27 mil boed até o fim de 2024 e de 31 mil boed em 2025

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar