O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-01-27T09:52:06-03:00
Ricardo Gozzi
TIRANDO O PESO

Em busca de desalavancagem, Equatorial (EQTL3) lança oferta de ações para levantar mais de R$ 2,6 bilhões

Empresa tenta fazer jus à fama de ‘gigante que nunca dorme’ para seguir em busca de novas aquisições no setor elétrico

27 de janeiro de 2022
9:52
painel solar
A energia solar vale a pena? Fizemos as contas para você - Imagem: Pixabay

A expectativa de que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mantenha este ano uma agenda cheia de leilões para todos os gostos levou a Equatorial Energia (EQTL3) a buscar meios de reduzir sua alavancagem.

Para fazer jus à fama de “gigante que nunca dorme” e seguir em busca de novas aquisições no setor elétrico, a solução encontrada pela companhia neste início de ano foi lançar uma oferta primária de ações com potencial de levantar mais de R$ 2,6 bilhões.

A Equatorial informou que pretende destinar os recursos à conclusão da aquisição da Echoenergia, uma transação multibilionária anunciada em outubro do ano passado.

Ao mesmo tempo em que leva adiante o negócio de olho nas fontes renováveis de energia, a empresa promove uma desalavancagem de sua dívida e fica em condições de disputar os leilões de ativos esperados para este ano.

A oferta

A Equatorial anunciou uma oferta com esforços restritos de 87,7 milhões de ações, mas que pode ser acrescida em até 35%.

Tomando como referência o preço de fechamento de ontem, quando EQTL3 chegou ao fim do pregão cotada a R$ 22,16 por ação, a oferta restrita é de R$ 1,94 bilhão, mas pode chegar a R$ 2,62 bilhões se os coordenadores da operação verificarem que há demanda.

De acordo com o prospecto, a precificação da oferta será definida em 8 de fevereiro.

A emissão é coordenada pelos bancos Credit Suisse, Citi, UBS, XP e Goldman Sachs.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies