🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
CORRIDA DOS CARROS ELÉTRICOS

Elon Musk e Warren Buffett na mira do Alibaba: Saiba como a chinesa quer brigar com a Tesla e a BYD

As companhias asiáticas anunciaram nesta manhã o lançamento de um centro de computação para treinar o software para automóveis autônomos

Jack Ma, fundador do Alibaba, Warren Buffett, CEO da Berkshire Hathaway, e Elon Musk, CEO da Tesa
Jack Ma, fundador do Alibaba, Warren Buffett, CEO da Berkshire Hathaway, e Elon Musk, CEO da Tesa - Imagem: vnexpress/Wikimedia Commons/ZUMA Press

A gigante de tecnologia Alibaba acaba de dar a Elon Musk um novo motivo para se preocupar nesta terça-feira (02): agora a Tesla não competirá apenas com a rival chinesa BYD, apoiada pela Berkshire Hathaway, mas também enfrentará a startup de veículos elétricos Xpeng na produção de carros autônomos.

Determinadas a entrar no feroz e em rápido desenvolvimento mercado de carros elétricos, as empresas asiáticas se uniram para fazer frente a Musk e a Warren Buffett.

Alibaba competirá com Tesla e BYD

Como os sistemas de direção autônoma dos veículos demandam o processamento de grandes quantidades de dados para treinar os algoritmos, a velocidade dos treinamentos é extremamente importante para o Alibaba brigar com a Tesla e a BYD.

Por isso, as companhias chinesas anunciaram nesta manhã o lançamento de um centro de computação para treinar o software para automóveis autônomos.

Batizada de Fuyao, a unidade de tecnologia será aberta na cidade de Ulanqab, localizada no centro da Mongólia Interior, no norte da China. Atualmente, a cidade conta com 12 grandes centros de dados, incluindo unidades do próprio Alibaba Group e da Apple.  

Segundo a Xpeng, o novo centro vai encurtar esse tempo de treinamento dos sistemas do seu principal modelo de direção autônoma, que deve cair de sete dias para uma hora.

O Alibaba, que já é investidor da startup, fornecerá a tecnologia de sua divisão de nuvem para as necessidades de computação da empresa de veículos elétricos. 

Os carros autônomos da Xpeng

A Xpeng quer ir além da atuação como montadora de carros elétricos e tenta se posicionar cada vez mais como uma empresa de tecnologia, com fortes investimentos no setor de robótica.

Alguns dos seus carros autônomos possuem um sistema avançado de assistência ao motorista, chamado de XPILOT, que permite recursos como a troca automática de faixa.

Um dos sistemas da startup é o City NGP, um programa de piloto guiado por navegação lançado no ano passado. Ele permite que os carros mudem de faixa, acelerem ou desacelerem, façam ultrapassagens e até mesmo entrem e saiam de rodovias. 

A princípio, o City NGP foi projetado para atuar apenas em rodovias, mas agora foi adaptado para o funcionamento em cidades.

Tesla já foi desbancada antes do Alibaba

No começo do mês passado, Warren Buffett fez a Tesla perder o cargo de maior vendedora de automóveis elétricos do mundo para a BYD, a montadora chinesa BYD que faz parte do portfólio da Berkshire Hathaway.

A asiática chinesa vendeu 641.350 veículos elétricos no primeiro semestre de 2022, um salto de quase 315% em relação ao mesmo período do ano passado.

Enquanto isso, a Tesla entregou 564.743 veículos em igual intervalo. Desse total, 254.695 automóveis foram vendidos no segundo trimestre de 2022, abaixo dos 310 mil enviados nos primeiros três meses deste ano.

A fabricante de Elon Musk afirmou que o desempenho precário entre abril e junho foi devido à escassez de semicondutores e aos bloqueios em Xangai devido à covid-19, que impactaram a produção e a cadeia de suprimentos da Tesla na China.

Os problemas no piloto automático da Tesla

Para completar a sequência de problemas no piloto automático da Tesla, a montadora de Elon Musk recentemente perdeu um de seus principais funcionários, o líder de inteligência artificial (IA) e piloto automático, Andrej Karpathy.

A saída de Karpathy não foi a única na equipe do piloto automático da Tesla. No fim do mês passado, a empresa fechou o escritório na Califórnia e demitiu 229 funcionários para cortar custos. 

A unidade era a maior a equipe maior de piloto automático da empresa e era responsável por melhorar a tecnologia e os sistemas de assistência ao motorista.

Vale destacar que, apesar das promessas do CEO, até agora, a Tesla não conseguiu colocar no mercado veículos efetivamente autônomos.

Os modelos atuais de piloto automático da empresa fornecem recursos de assistência ao motorista, como assistência na manutenção da faixa e navegação automatizada.

“Hoje, o piloto automático aumenta a segurança e a conveniência de dirigir, mas o objetivo da equipe é desenvolver e implantar a ‘Autodireção Completa’ em nossa frota de milhões de carros em rápido crescimento”, disse Karpathy.

*Com informações de CNBC

Veja também: OIBR3 hoje: na pressa por encerrar recuperação, Oi recebe proposta de R$ 1,6 bi por operação fixa

Compartilhe

UM GIGANTE AINDA MAIOR?

Alibaba (BABA34) tem plano de listagem primária de ações em Hong Kong

26 de julho de 2022 - 9:55

Segundo o Alibaba, processo deve ser concluído até o fim deste ano e o plano é manter os papéis listados tanto na China quanto nos EUA

EFEITO MANADA

Jack Ma foi preso? Ação da Alibaba despenca com notícia de prisão de um Ma – e não era o Jack

3 de maio de 2022 - 7:17

Posterior esclarecimento de que a pessoa presa não era Jack Ma levou à recuperação das ações da Alibaba na bolsa de Hong Kong

MORDE-ASSOPRA

É a hora do Alibaba (BABA34)? Governo da China quer estimular a economia local e as big techs chinesas

29 de abril de 2022 - 15:16

Com crescimento mais lento da economia em três décadas, autoridades chinesas decidem reduzir a repressão e oferecer estímulos financeiros para o setor de tecnologia

AGORA VAI?

A Alibaba aumentou seu programa de recompra de novo – e as ações dispararam em Hong Kong

22 de março de 2022 - 7:28

Depois de ver suas ações atingirem a mínima histórica em 11 de março, a Alibaba elevou seu programa de recompra pela segunda vez em menos de um ano

RADIOCASH

Investidor superestima a China no curto prazo e subestima no longo prazo, diz Rodrigo Zeidan, professor da New York University Shangai

19 de janeiro de 2022 - 17:08

Em bate-papo com Jojo Washman, sócio-fundador da Vitreo, e com a jornalista Roberta Scrivano, ele também classifica a China como capitalista e fala do poder das fintechs no país

PROVENTO INUSITADO

Tencent e JD.com anunciam separação, mas vão continuar amigas: Gigante da tecnologia oferece mais de R$ 90 bi em ações da empresa de e-commerce como dividendo e cede controle

23 de dezembro de 2021 - 12:57

Os acionistas da Tencent ganharão uma ação da JD.com para cada 21 ações que detiverem na carteira; Wal-Mart passará a deter a maior fatia

EFEITO DOMINÓ?

Crise das big techs chinesas atinge em cheio o SoftBank

6 de dezembro de 2021 - 9:19

Ações do grupo japonês de tecnologia caíram mais de 8% hoje, afetadas pelo noticiário envolvendo a Alibaba e a Didi

Queima de estoque

Governo de cidade chinesa assume o controle do estádio do Guangzhou Evergrande, estimado em mais de R$ 10 bilhões

26 de novembro de 2021 - 12:31

Arena começou a ser construída em abril do ano passado, mas crise da Evergrande levou à paralisação da obra

Os ricos também choram

O que está por trás da ofensiva do governo da China contra os bilionários e detentores de grandes fortunas

29 de outubro de 2021 - 7:10

Aperto regulatório, medidas contra a formação de monopólios e estímulo à filantropia estão entre as ações adotadas por Pequim para mitigar as desigualdades no país

Nike e outras

Os 5 BDRs que têm tudo para voar alto com o consumo cada vez mais forte na China

27 de junho de 2021 - 16:02

As vendas no varejo na China sobem forte desde o começo do ano. Veja algumas empresas com forte exposição ao mercado chinês e com BDRs na B3

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies