Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-23T12:57:31-03:00
Ricardo Gozzi
PROVENTO INUSITADO

Tencent e JD.com anunciam separação, mas vão continuar amigas: Gigante da tecnologia oferece mais de R$ 90 bi em ações da empresa de e-commerce como dividendo e cede controle

Os acionistas da Tencent ganharão uma ação da JD.com para cada 21 ações que detiverem na carteira; Wal-Mart passará a deter a maior fatia

23 de dezembro de 2021
12:57
Bam China
Imagem: Shutterstock

A gigante chinesa dos games Tencent encontrou uma maneira inusitada de pagar dividendos a seus acionistas.

Ela resolveu premiar seus sócios com a maior parte de sua participação na JD.com, empresa de comércio eletrônico que disputa o mercado chinês com a Alibaba, de Jack Ma.

Como quase tudo o que ocorre na China, a transação envolve proporções descomunais.

Dona do WeChat, uma espécie turbinada do que conhecemos como WhatsApp ou Telegram, a Tencent distribuirá a seus sócios uma ação da JD por grupo de 21 de suas próprias ações.

Em termos mais práticos e inteligíveis, a distribuição de dividendos equivale a US$ 16,4 bilhões, ou mais de R$ 92 bilhões.

Wal-Mart sucederá Tencent como maior acionista da JD.com

Com a operação, a Tencent verá sua participação na JD cair de 17% para 2,3%. Ela deixará assim de ser a maior acionista da empresa. A Tencent cederá o posto à Wal-Mart, de acordo com dados da Refinitiv.

A inusitada distribuição de dividendos ocorre em um momento no qual o governo chinês pressiona as maiores empresas do país a empenharem energia e investimentos em suas áreas de excelência.

Ganha-ganha

Em comunicados separados, tanto a Tencent quanto a JD informaram que continuarão trabalhando juntas. Ambas anunciaram a pretensão de manter a parceria estratégica em andamento e um relacionamento comercial mutuamente benéfico.

“A relação ganha-ganha entre a Tencent e a JD não é afetada, já que a JD ainda é um componente importante do ecossistema da Tencent”, disse Thomas Chong, analista de ações da Jefferies citado pela Reuters.

Na sessão de hoje em Hong Kong, as ações da JD.com caíram 6,4% e as da Tencent subiram 2,5%.

*Com informações do Asia Financial.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

TECHS SOFREM

Por que a alta dos juros nos EUA derruba as ações de Locaweb (LWSA3) e Inter (BIDI11) na B3?

O movimento com as ações ligadas ao setor de tecnologia na B3 ocorre desde o início do ano. Os papéis da Locaweb, por exemplo, acumulam queda de 40% apenas nos primeiros dias de 2022

FOLLOW ON

BRF definirá dia 1º preço da ação no follow on, que pode girar cerca de R$ 8 bi

A operação pode abrir o caminho para a Marfrig assumir o controle da BRF

Fatia maior

Gestora Alaska aumenta participação na Cogna (COGN3) para mais de 15%, e ação dispara

Papel tem uma das maiores altas do Ibovespa depois que gestora de Henrique Bredda e Luiz Alves Paes de Barros informou ter adquirido mais ações na companhia de educação

O PLAYSTATION QUE SE CUIDE

Em guerra pelo metaverso, Microsoft compra fabricante do ‘Call of Duty’ e do ‘Candy Crush’ por R$ 380 bilhões

Aquisição da Activision Blizzard pela empresa fundada por Bill Gates é a maior da história do setor de games

BITCOIN (BTC) HOJE

‘Freakconomics’ 2.0: atentado nos Emirados Árabes faz bitcoin (BTC) cair; entenda o que mais movimenta as criptomoedas hoje

Avanço do petróleo, valorização dos Treasuries, queda das bolsas e pressão no bitcoin: tudo está conectado ao atentado de hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies