⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-09-05T13:55:57-03:00
Ana Carolina Neira
Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero com especialização em Macroeconomia e Finanças (FGV) e pós-graduação em Mercado Financeiro e de Capitais (PUC-Minas). Com passagens pelo portal R7, revista IstoÉ e os jornais DCI, Agora SP (Grupo Folha), Estadão e Valor Econômico, também trabalhou na comunicação estratégica de gestoras do mercado financeiro.
UM GIGANTE AINDA MAIOR?

Alibaba (BABA34) tem plano de listagem primária de ações em Hong Kong

Segundo o Alibaba, processo deve ser concluído até o fim deste ano e o plano é manter os papéis listados tanto na China quanto nos EUA

26 de julho de 2022
9:55 - atualizado às 13:55
Alibaba
Uma das sedes do Alibaba na China - Imagem: Shutterstock

Há dias em que parece não haver limite para as ambições e planos das big techs chinesas, e um exemplo disso é o Alibaba (BABA34). Após um IPO badalado na NYSE em 2014, a gigante do comércio eletrônico informou que deseja fazer uma listagem primária de suas ações em Hong Kong.

Assim, o Alibaba teria dupla listagem — na China e nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, a empresa tem recibos de ações (BDRs), negociados com o código BABA34.

Segundo o Alibaba, o processo deve ser concluído até o fim deste ano, e o plano é manter os papéis da empresa listados tanto na China quanto nos EUA.

Mas a ideia não surgiu por acaso, já que empresas do gênero estão enfrentando maior pressão regulatória nos últimos meses. Estima-se que pelo menos 250 companhias chinesas, inclusive o Alibaba, cogitem sair do solo americano.

Uma das demandas das autoridades dos Estados Unidos é que reguladores do próprio país façam auditorias nas empresas chinesas. Até o momento, os dois países não chegaram a nenhum acordo.

De acordo com Daniel Zhang, CEO do Alibaba, o movimento busca promover uma base de investidores "mais ampla e diversificada", reforçando sua aposta na economia chinesa.

A reação das ações do Alibaba

Nesta manhã, as ações do Alibaba chegaram a subir 4,7% durante o pré-mercado americano. Em Hong Kong, os papéis subiram 6,5% nas máximas do dia.

Atualmente, o Alibaba possui um valor de mercado estimado em US$ 275,6 bilhões. Já as ações listadas nos Estados Unidos passam por queda de 14,93% no ano e baixa de 13,45% em um mês, pressionadas principalmente pelas questões regulatórias recentes.

As pressões chinesas

Há poucos meses, diante do crescimento mais lento da economia em três décadas, autoridades chinesas decidiram reduzir a repressão e oferecer estímulos financeiros para o setor de tecnologia, algo que pode beneficiar o Alibaba.

No fim de abril, quando o assunto ganhou destaque, investidores correram para comprar ações das big techs chinesas de olho na valorização futura que essas medidas poderiam trazer.

Entre as promessas do governo chinês estão a garantia de “cadeias de suprimentos em setores-chave” e respostas às demandas das empresas de investimento estrangeiras por um ambiente operacional de negócios mais simples.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

A FORÇA DO VENTO

Copel (CPLE6) desembolsa R$ 1,8 bilhão por complexos eólicos no Rio Grande do Norte; veja detalhes

6 de outubro de 2022 - 19:49

A companhia destaca que os dois complexos estão um região que é considerada como “uma das melhores do mundo para a geração de energia de fonte eólica”

ELEIÇÕES 2022

Lula cede espaço para Bolsonaro no Nordeste e perde 9 pontos, segundo pesquisa Genial/Quaest

6 de outubro de 2022 - 19:25

O petista ainda segue liderando as intenções de voto na região onde sempre foi líder absoluto nas pesquisas, mas avanço do rival é um movimento significativo

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa emplaca mais uma alta, a disparada da Mobly (MBLY3) e o Nobel de Literatura; confira os destaques do dia

6 de outubro de 2022 - 18:51

Ao longo desta semana, o Ibovespa e os principais índices de Wall Street estão seguindo caminhos distintos.  Enquanto na B3 a alta do petróleo e a repercussão positiva do primeiro turno das eleições seguem levando a bolsa a patamares cada vez mais próximos dos 120 mil pontos, Nova York continua de olho na inflação e […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa pega carona com o petróleo mais uma vez e vai na contramão de NY; dólar também avança

6 de outubro de 2022 - 18:35

Embora o dólar tenha acompanhado a tensão internacional, o Ibovespa voltou a ir na contramão de Nova York com a ajuda do petróleo

UM PÉ NO TÚMULO

Fundo imobiliário MFII11 volta ao ramo de cemitérios com compra de participação em consórcio de serviços funerários

6 de outubro de 2022 - 18:26

O FII detém 35% do Consórcio Cortel São Paulo, responsável pela gestão, operação, manutenção e exploração de cinco cemitérios na capital paulista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies