⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-09-15T19:32:43-03:00
Ana Carolina Neira
Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero com especialização em Macroeconomia e Finanças (FGV) e pós-graduação em Mercado Financeiro e de Capitais (PUC-Minas). Com passagens pelo portal R7, revista IstoÉ e os jornais DCI, Agora SP (Grupo Folha), Estadão e Valor Econômico, também trabalhou na comunicação estratégica de gestoras do mercado financeiro.
NOVA EMPRESA

A Braskem (BRKM5) agora quer conquistar o mercado de energia e cria a Voqen, empresa de energia e gás natural

Criação de subsidiária integra projeto da Braskem (BRKM5) para redução de emissões de carbono nos próximos anos

15 de setembro de 2022
12:23 - atualizado às 19:32
Vista da então nova unidade da Braskem Petroquímica, em Paulínia, São Paulo. Petrobras (PETR3 e PETR4) e Novonor são as principais acionistas da Braskem (BRKM5) | Dividendos
Imagem: Estadão Conteúdo/Alex Silva

O mercado de energia e gás natural é sempre citado por especialistas do mercado como um dos mais promissores para os próximos anos. E, de olho nessa oportunidade de crescimento conforme a demanda por fontes mais sustentáveis cresce, a Braskem (BRKM5) acaba de lançar a Voqen, sua subsidiária voltada para esse setor.

De acordo com a Braskem, a nova empresa irá comercializar energia elétrica e gás natural e integra um projeto de redução de emissões de carbono. Além de pensar em novos modelos de comercialização, haverá também o desenvolvimento de soluções capazes de acelerar a transição energética.

A ideia da Braskem é reduzir essas emissões em 15% até 2023, com o objetivo de atingir a neutralidade de carbono até 2050.

Inicialmente, a Voqen atenderá a Braskem, mas também outros clientes, especialmente demais empresas do setor químico e petroquímico.

Vale lembrar que esse mercado é bastante disputado atualmente, justamente por ser apontado como uma grande fonte de receita para as empresas nos próximos anos.

Agora, a Braskem briga com grandes nomes do setor elétrico e também companhias independentes, como a Delta Energia e a Comerc — que foi comprada pela Vibra (antiga BR Distribuidora) no ano passado e hoje avança principalmente em São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco.

A reação das ações da Braskem (BRKM5)

No pregão desta quinta-feira (15), as ações da Braskem reagiam positivamente ao anúncio da nova empresa. Às 11h44, BRKM5 subia 1,25%, cotado a R$ 29,22.

Apesar disso, os papéis têm queda de 47,24% no ano, enquanto a baixa no mês é de 4,03%.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

SEXTOU COM O RUY

A ação da 3R Petroleum (RRRP3) disparou mais de 20% em uma semana. E pode ser apenas o começo

7 de outubro de 2022 - 6:09

Apesar dos maiores riscos, o potencial de valorização das ações da 3R Petroleum (RRRP3) também é enorme com a expectativa de demanda forte pelo petróleo por mais algumas décadas

A FORÇA DO VENTO

Copel (CPLE6) desembolsa R$ 1,8 bilhão por complexos eólicos no Rio Grande do Norte; veja detalhes

6 de outubro de 2022 - 19:49

A companhia destaca que os dois complexos estão um região que é considerada como “uma das melhores do mundo para a geração de energia de fonte eólica”

ELEIÇÕES 2022

Lula cede espaço para Bolsonaro no Nordeste e perde 9 pontos, segundo pesquisa Genial/Quaest

6 de outubro de 2022 - 19:25

O petista ainda segue liderando as intenções de voto na região onde sempre foi líder absoluto nas pesquisas, mas avanço do rival é um movimento significativo

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa emplaca mais uma alta, a disparada da Mobly (MBLY3) e o Nobel de Literatura; confira os destaques do dia

6 de outubro de 2022 - 18:51

Ao longo desta semana, o Ibovespa e os principais índices de Wall Street estão seguindo caminhos distintos.  Enquanto na B3 a alta do petróleo e a repercussão positiva do primeiro turno das eleições seguem levando a bolsa a patamares cada vez mais próximos dos 120 mil pontos, Nova York continua de olho na inflação e […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa pega carona com o petróleo mais uma vez e vai na contramão de NY; dólar também avança

6 de outubro de 2022 - 18:35

Embora o dólar tenha acompanhado a tensão internacional, o Ibovespa voltou a ir na contramão de Nova York com a ajuda do petróleo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies