O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-02T11:59:57-03:00
Carolina Gama
SOBE E DESCE

Cielo (CIEL3) sobe mais de 16%; papeleiras figuram entre as perdas: veja o que foi destaque na bolsa na última semana

Confira as maiores altas e baixas do Ibovespa no decorrer da última semana, período no qual o índice acumulou alta de 2,09%

2 de abril de 2022
8:42 - atualizado às 11:59
Cielo (ciel3)
Cielo -

O Brasil segue reluzindo aos olhos dos investidores estrangeiros, ainda que em um ritmo menos acelerado do que se acreditava —  na sexta-feira (01), a bolsa brasileira anunciou uma correção na metodologia que fez “sumir” R$ 27 bilhões do saldo positivo da entrada de dinheiro gringo no país. 

Ainda assim, o Ibovespa, principal índice da B3, encerrou o primeiro pregão do segundo trimestre com alta de 1,31%, aos 121.570 pontos e acumulou um ganho de 2,09% na semana.

Vale lembrar que no mês de março o saldo seguiu positivo: o Ibovespa acumulou um avanço de 6,06%.

Quem ganhou na semana

Já que o Ibovespa acumulou ganho na semana e no mês, nada mais justo do que começar com as ações que lideraram as altas no índice: a Cielo (CIEL3). 

A empresa fechou a sexta-feira (01) como a segunda maior alta do dia (+8,04%), ficando atrás apenas da Méliuz (CASH 3), que subiu 9,38%. 

Analistas acreditam que a Cielo foi beneficiada na bolsa pelo receio dos investidores com a greve dos servidores do Banco Central, com potencial para afetar o Pix. 

Os ganhos semanais da CIEL3 na bolsa foram de 16,26%. 

Para o mês de abril, o BTG Pactual colocou a Cielo (CIEL3) no lugar da GetNet (GETT11). A mudança foi motivada por um fator comum a ambas: o aumento das taxas de antecipação de recebíveis. 

De acordo com o BTG, o reajuste é uma boa notícia para a recuperação da margem de lucro da Cielo.

CódigoNomeULTVAR SEM
CIEL3CieloR$ 3,36+16,26%
SBSP3SabespR$ 51,27+14,34%
CASH3MéliuzR$ 2,80+12,45%
MGLU3MagaluR$ 7,35+12,39%
BRFS3BRFR$ 18,84+10,82%

Quem perdeu na bolsa

A fabricantes de papel de celulose apareceram entre as perdedoras do Ibovespa na semana. O motivo: o dólar. 

Essas empresas, que além de grandes produtoras, são exportadoras de celulose e papel, têm as receitas altamente expostas à variação da moeda norte-americana.

Por isso, a Klabin (KLBN11) amargou perdas tanto na sexta-feira (-1,62%) como na semana (-4,97%). A empresa teve a companhia da Suzano (SUZB3), que ocupou o terceiro lugar com a maior baixa semanal (-4,48%). 

CódigoNomeULTVAR SEM
KLBN11KlabinR$ 23,67-4,97%
CYRE3CyrelaR$ 17,94-4,68%
SUZB3SuzanoR$ 54,21-4,48%
RDOR3Rede D´orR$ 50,53-3,31%
CSAN3CNSR$ 23,80-3,05%

Touros e Ursos #102 — terceira via nas eleições

A chamada terceira via ainda tem chances nas eleições depois da saída de Sergio Moro e a polêmica sobre a candidatura de João Doria? Aperte o play e ouça o comentário dos repórteres do Seu Dinheiro:

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies