A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-01T17:27:14-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa acompanha melhora em Nova York e se afasta das mínima; dólar sobe mais de 1%

1 de julho de 2022
9:04 - atualizado às 17:27

RESUMO DO DIA: Após dados indicarem que a economia dos Estados Unidos já está apresentando sinais de fraqueza, bolsas internacionais aguardam divulgação de indicadores como inflação da zona do euro e PMI dos EUA; Ibovespa repercute aprovação da PEC dos Auxílios pelo Senado e PMI industrial

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

O Ibovespa encerrou o dia em alta de 0,42%, a 98.95 pontos. Na semana, a alta foi de 0,29%.

O dólar à vista fechou o dia em alta de 1,65%, a R$ 5,3212.

DIAS DE LUTA, DIAS DE GLÓRIA

Depois de subir mais de 15% no dia anterior, as ações da rede de laboratórios Fleury (FLRY3) passam por um movimento de realização de lucros. Na véspera, a companhia anunciou o acordo para uma fusão com a Hermes Pardini (PARD3).

Confira os piores desempenhos desta tarde:

CÓDIGO NOME ULT VAR
MGLU3 Magazine Luiza ON R$ 2,25 -3,85%
AMER3 Americanas S.A R$ 12,92 -3,80%
FLRY3 Fleury ON R$ 15,80 -3,07%
SULA11 SulAmérica units R$ 21,46 -2,90%
NTCO3 Natura ON R$ 13,05 -2,76%

Em uma tentativa de amparar as fortes perdas da semana, as bolsas americanas e o Ibovespa agora operam em alta. Ainda assim, o fôlego é limitado.

No mercado de juros, o dia é de queda. Com dados da economia americana comprovando que alguns setores já demonstram uma fraqueza maior do que a esperada, os investidores reajustam as apostas para os próximos passos do Fed.

CÓDIGO NOME  ULT  FEC
DI1F23 DI jan/23 13,70% 13,76%
DI1F25 DI Jan/25 12,64% 12,75%
DI1F26 DI Jan/26 12,54% 12,63%
DI1F27 DI Jan/27 12,60% 12,65%

A aprovação da PEC que amplia em mais R$ 38 bilhões os gastos fora do teto e dados mistos da economia americana seguem sustentando a cautela no Brasil. O Ibovespa pode renovar o pior fechamento do ano.

SOBE E DESCE

Confira as maiores altas desta manhã:

CÓDIGO NOME ULT VAR
MRVE3 MRV ON R$ 8,19 4,87%
MRFG3 Marfrig ON R$ 12,64 4,38%
IRBR3 IRB ON R$ 2,11 3,94%
BRFS3 BRF ON R$ 14,11 3,83%
CIEL3 Cielo ON R$ 3,88 3,47%

Confira também as maiores quedas do dia:

CÓDIGO NOME ULT VAR
FLRY3 Fleury ON R$ 15,59 -4,36%
SULA11 SulAmérica units R$ 21,33 -3,48%
CSNA3 CSN ON R$ 14,92 -3,37%
CMIN3 CSN Mineração ON R$ 3,75 -2,85%
VALE3 Vale ON R$ 74,38 -2,85%
VAI UM BIFE AÍ?

Com o dólar em alta e notícias positivas para o setor aqui no Brasil, as ações de frigoríficos são destaque de alta no pregão desta sexta-feira. A notícia de redução de 8% na oferta de matrizes suínas na China — o que tende a valorizar a carne no país e reduzir o preço dos grãos — também ajuda o setor, de acordo com a Ativa Investimentos.

Por volta das 11h40, os papéis da Marfrig (MRFG3) avançavam 3,63%, aos R$ 12,55; a empresa ainda anunciou a recompra de até R$ 70 milhões de ações. A BRF é outra companhia que sobe forte hoje — no mesmo horário, os papéis BRFS3 avançavam 3,31%, aos R$ 14,04. A companhia também informou que seu conselho aprovou a emissão de R$ 1,7 bilhão em debêntures.

A Minerva é outra que surfa a onda de otimismo dos frigoríficos, com BEEF3 subindo 2,79%, cotado a R$ 13,64.

Não durou muito o otimismo dos investidores internacionais com a economia americana. Com a inflação forte e a atividade econômica vacilante, Wall Street volta a operar no vermelho.

A preocupação com a possibilidade de uma recessão global tem mantido o clima de cautela elevado nas últimas semanas.

TURBINANDO O CAIXA

A MRV (MRVE3) arrumou uma forma de turbinar o seu caixa em um momento delicado para o setor de construção e juros elevados. A companhia embolsou R$ 349,4 milhões a partir da venda de uma carteira pró-soluto — uma espécie de portfólio de créditos a receber, ligado a empréstimos feitos a clientes.

CONFIRA OS DETALHES DA OPERAÇÃO

Se a primeira bateria de dados americanos agradou o mercado, a segunda deixou a desejar.

Segundo o ISM, o PMI industrial recuou a 53 em junho, bem abaixo da expectativa de 54,3 dos analistas.

As bolsas americanas desaceleram o ritmo de alta após a divulgação.

Um dia após dados da economia americana decepcionarem o mercado, o índice de gerente de compras (PMI) agradou e fortaleceu as bolsas em Nova York.

O PMI industrial caiu para 52,7 em junho, acima do patamar projetado.

TRACK&FIELD (TFCO4) NA ESTEIRA DA RECOMPRA

Mais uma empresa entrou numa rotina pesada de exercícios, tentando deixar suas ações em forma para o verão: a Track&Field (TFCO4) anunciou um programa de recompra que engloba até 4,75% dos papéis em circulação no mercado — a justificativa, como sempre, é “gerar valor ao acionista”.

As ações TFCO4 fecharam o pregão da última quinta (30) cotadas a R$ 8,90 e, com isso, acumulam baixa de 30% no ano. Desde o IPO, precificado a R$ 9,25%, as perdas são de 3,8%.

O Ibovespa renovou as perdas e encerrou o leilões de abertura em queda de 0,75%, aos 97.805 pontos.

Por sua vez, o dólar à vista acelerou a alta após a abertura. No mesmo horário, a moeda norte-americana subia 1,15%, cotada a R$ 5,3138.

PMI DO BRASIL

O índice gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Brasil passou de 54,2 em maio para 54,1 em junho, de acordo com a S&P Global.

Apesar do resultado levemente baixo, o número acima de 50 pontos ainda indica expansão da atividade do setor.

Apesar da cautela no primeiro pregão do semestre, o dólar acelera a rota de alta e registra fortes ganhos nesta sessão.

Por volta das 9h45, a moeda norte-americana à vista avançava 0,77%, cotada a R$ 5,2934.

No mesmo horário, ainda entre ganhos e perdas, o Ibovespa futuro recuava 0,14%, aos 99.185 pontos.

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

O nosso colunista Nilson Marcelo identificou uma oportunidade de swing trade na B3 hoje: a compra dos papéis da Marfrig (MRFG3).

Confira a recomendação na íntegra.

TRACK&FIELD (TFCO4) NA ESTEIRA DA RECOMPRA

Mais uma empresa entrou numa rotina pesada de exercícios, tentando deixar suas ações em forma para o verão: a Track&Field (TFCO4) anunciou um programa de recompra que engloba até 4,75% dos papéis em circulação no mercado — a justificativa, como sempre, é “gerar valor ao acionista”.

As ações TFCO4 fecharam o pregão da última quinta (30) cotadas a R$ 8,90 e, com isso, acumulam baixa de 30% no ano. Desde o IPO, precificado a R$ 9,25%, as perdas são de 3,8%.

O Ibovespa futuro abriu a sessão desta sexta-feira em queda de 0,21%, aos 99.110 pontos.

O dólar à vista começou o dia em alta, negociado em valorização de 0,64% no mesmo horário, cotado a R$ 5,2869.

BOLSAS PELO MUNDO

Com temores crescentes de que a economia mundial está ameaçada, os mercados globais deixaram de lado qualquer otimismo e amargaram fortes perdas na última sessão.

O mau humor de Wall Street contaminou até mesmo as bolsas asiáticas, que estenderam o negativismo para o pregão desta sexta-feira (01) e encerraram o primeiro semestre deste ano em queda.

Hoje, as bolsas europeias ensaiam recuperação após abrir em baixa, à espera dos dados de inflação da Zona do Euro.

Em Nova York, os futuros dos principais índices de Wall Street sugerem uma renovação de perdas antes da abertura dos mercados, com os investidores no aguardo da divulgação do PMI industrial dos Estados Unidos em junho.

Confira aqui:

  • Dow Jones futuro: -0,33%
  • S&P 500 futuro: -0,28%
  • Nasdaq futuro: -0,30%
  • Euro Stoxx 50: -0,35%
  • Xangai (China): -0,32% (fechado)
  • Nikkei (Japão): -1,73% (fechado)
  • Petróleo Brent: US$ 111,82 (+2,56%)
  • Minério de ferro (Dalian, China): US$ 131,95 (-6,85%)
ESQUENTA DOS MERCADOS

Se os investidores esperavam que o início deste novo semestre traria novos ânimos aos mercados internacionais depois de seis meses negativos para os investimentos, esta sexta-feira veio para decepcionar ainda mais.

A palavra ideal para definir a sessão de hoje é novamente “cautela”.

Após dados indicarem que a economia dos Estados Unidos já está apresentando sinais de fraqueza, os investidores devem manter no radar hoje a divulgação de novos indicadores econômicos importantes no mundo inteiro.

Por aqui, a agenda interna reserva a publicação da confiança empresarial, do indicador de preços aos produtores e do índice gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial de junho agora pela manhã.

Os investidores ainda devem repercutir no cenário interno a aprovação da PEC dos Auxílios pelo Senado.

Já no exterior, o foco está para a divulgação do PMI industrial dos Estados Unidos e para a inflação ao consumidor da Zona do Euro de junho.

Prepare-se para o dia e saiba o que movimenta a bolsa, o dólar e o Ibovespa hoje.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

INDO ÀS COMPRAS

XP (XPBR31) amplia presença no ramo de previdência e seguros e compra a BTR Benefícios

15 de agosto de 2022 - 16:11

As empresas tornaram-se parceiras em setembro do ano passado; o valor da operação não foi divulgado

CRYPTOSTORM

‘Nenhuma criptomoeda vai conseguir bater de frente depois dessa atualização’: analistas comentam como The Merge mudará o ethereum (ETH)

15 de agosto de 2022 - 15:35

Para Valter Rebelo, analista de cripto da Empiricus, a resposta é clara: “não vejo nenhum protocolo que consiga bater de frente com o ethereum”

BOMBOU NAS REDES

Banco do Brasil ‘vence’ Bradesco em rentabilidade e ações disparam 53% no ano — estatal ainda pagará R$ 2 bilhões em dividendos e analista alerta: BBAS3 supera Nubank (NUBR33)

15 de agosto de 2022 - 13:49

Após resultados fortíssimos no segundo trimestre, as ações do Banco Brasil estão em disparada. Descubra se vale a pena comprar os papéis

ESTÁGIO E TRAINEE

Santander e Braskem abrem vagas para estágio; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até R$ 8 mil

15 de agosto de 2022 - 13:31

Os processos seletivos aceitam candidaturas até setembro, com início previsto em janeiro de 2023; as inscrições para trainee no Itaú continuam abertas

BOMBOU NAS REDES

Adeus, Nubank: após causar a ira de clientes e com “saída” de Anitta, roxinho deve dar prejuízo de novo — analista revela ação de “bancão” barata que vence a fintech

15 de agosto de 2022 - 12:45

Depois de a NuConta virar quase uma poupança e Anitta ‘abandonar’ o conselho, o Nubank deve reportar mais um trimestre de prejuízo; veja o que esperar e qual é o bancão que pode colocar o roxinho para comer poeira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies