Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-28T14:26:15-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
De olho na estatal

Após novas falas de Bolsonaro sobre privatização, CVM vai investigar a Petrobras (PETR4)

A autarquia abre processo administrativos quando entende que precisa acompanhar os desdobramentos de algum assunto

28 de outubro de 2021
14:26
Fachada de prédio da Petrobras (PETR3 e PETR4)
Imagem: Shutterstock

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu na quarta-feira (27) um processo administrativo envolvendo a Petrobras (PETR4). O objetivo da investigação não é mencionado pela autarquia, mas pode estar relacionada as últimas declarações de Jair Bolsonaro sobre a estatal.

O presidente pediu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, um estudo sobre a possível privatização da petroleira por meio da venda das ações da União. Na segunda-feira (25) Bolsonaro voltou a dizer que a privatização "entrou no radar" após um novo reajuste de preços de combustíveis.

No mesmo dia, a Petrobras divulgou um comunicado informando ter questionado o governo, por meio do Ministério da Economia, sobre a existência ou não de estudos para a privatização da companhia. A companhia também informou que manteria o mercado atualizado sobre eventuais fatos relevantes indicados pelo governo.

A CVM pode abrir processo administrativos, por exemplo, quando entende que precisa acompanhar os desdobramentos de algum assunto ou também quando emite ofícios solicitando esclarecimentos sobre notícias veiculadas na imprensa.

Alta dos combustíveis no radar

Em entrevista na quarta-feira, 27, à Jovem Pan News, Bolsonaro voltou a falar da privatização. "Eu posso interferir na Petrobras? Eu vou responder a processo. O presidente da Petrobras vai acabar sendo preso. É uma estatal, que, com todo respeito, só me dá dor de cabeça. Nós vamos partir para a maneira de nós quebrarmos mais monopólio. Quem sabe até botar no radar da privatização", disse o presidente.

Além da investigação sobre a privatização, a CVM abriu um processo administrativo na terça-feira envolvendo o reajuste dos preços dos combustíveis da companhia.

A motivação também está em declarações de Bolsonaro, no domingo (24), de que os combustíveis deveriam ter novo reajuste devido à alta recente do petróleo. A companhia divulgou o reajuste no dia seguinte, na segunda-feira.

Vale destacar que os processos podem evoluir para uma apuração mais aprofundada ou serem encerrados, caso a caso. Procurada, a CVM informou que não comenta casos específicos. E que "acompanha e analisa informações e movimentações no âmbito do mercado de capitais brasileiro, tomando medidas cabíveis, sempre que necessário".

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin e ethereum despencam hoje, e principal criptomoeda do mundo se afunda ainda mais no ‘bear market’

Após uma semana que terminou com ganhos, as duas maiores moedas digitais do mercado sofreram na virada de sexta-feira para sábado

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

IPO do Nubank, como driblar os impostos e onde investir o 13º salário: confira os destaques da semana

Nada é pior para um ansioso do que a incerteza. E o mercado, ultimamente, vem sendo marcado por uma forte onda de incertezas, vindas de todos os lados. Os preços dos ativos respondem a isso com volatilidade, e não há muito o que fazer a não ser manter a calma, focar nos fundamentos e aguardar […]

Clube anti-cripto

China acertou ao banir o bitcoin? Braço direito de Warren Buffett diz que as criptomoedas nunca deveriam ter sido inventadas

A aversão de Charlie Munger pelo bitcoin cresceu ainda mais durante a pandemia; para o bilionário, o criptoativo é “repugnante”

COMEÇAR TUDO DE NOVO

‘Um dos textos mais horríveis que já tramitaram’: relator da reforma do Imposto de Renda defende arquivamento da proposta

Angelo Coronel (PSD-BA) defende a criação de um novo texto para votação no Senado após ampla discussão com os setores que mais pagam impostos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies