🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
NOVELÃO FII

Maxi Renda (MXRF11) entra com pedido oficial para que CVM reconsidere decisão sobre distribuição de dividendos

O fundo também destaca que provavelmente encerrou o ano com lucros acumulados, mas os números de 2021 ainda precisam passar por auditoria

Larissa Vitória
Larissa Vitória
22 de fevereiro de 2022
15:53
Imóveis, vista aérea de prédios na cidade
Imóveis, vista aérea de prédios na cidade - Imagem: Shutterstock

O tema que domina as conversas sobre fundos de investimento imobiliário há quase dois meses ganhou recentemente novo fôlego para se manter no topo das discussões.

O FII Maxi Renda (MXRF11), que está no centro da polêmica decisão da Comissão de Valores Mobiliários sobre distribuição de dividendos, confirmou que protocolou oficialmente um pedido de reconsideração do entendimento do Colegiado da CVM.

Em relatório gerencial divulgado na última segunda-feira (21), o MXRF11 também destaca que, embora os números de 2021 ainda precisem passar por auditoria independente, “a indicação mais atual é a de que o fundo tenha encerrado o ano com lucros acumulados”.

Relembre a polêmica

Para quem não sabe do que se trata, a CVM determinou, no final de janeiro, que o Maxi Renda —  um dos maiores FIIs da indústria — precisa pagar rendimentos aos cotistas com base no resultado contábil, e não no regime de caixa.

Na prática, a mudança no entendimento pode afetar justamente a previsibilidade do pagamento de proventos — o que exceder o resultado contábil deverá ser considerado amortização, forma de distribuição sujeita à tributação — e não caiu nada bem entre gestores, influenciadores e investidores.

Com a mobilização do setor, a xerife do mercado de capitais deu sinais de que pode voltar atrás no tema e suspendeu temporariamente a decisão.

Dividendos em dia

Além da atualização sobre o impasse com a CVM, o relatório do MXRF11 também traz novidades a respeito da situação do caixa e dos dividendos do fundo em janeiro.

Foram auferidos no período rendimentos de R$ 20,63 milhões, ou R$ 0,091 por cota. O FII destaca que essa apuração é feita segundo o regime de caixa.

Conforme explica a gestora, no regime de caixa, os rendimentos são distribuídos quando passam, de fato, pelo caixa do fundo, “então pode haver um descasamento temporal entre os índices/taxas que remuneram os papéis e o efetivo pagamento”.

Esse desencontro entre taxas e pagamentos ocorreu recentemente, por exemplo, quando a cota patrimonial do Maxi Renda teve uma “pequena desvalorização” com as aberturas da curva de juros e seu impacto na marcação à mercado dos Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) que compõem o portfólio.

Alerta de pagamento

Por falar em dividendos, enquanto a CVM analisa o recurso do Maxi Renda e define os próximos passos, os fundos imobiliários seguem distribuindo os dividendos apurados em janeiro.

Nesta terça-feira (22) três FIIs depositam dinheiro na conta dos investidores. Os proventos variam de R$ 0,05 a R$ 1,30 por cota e têm como data base 15 de fevereiro.

Confira abaixo quais FIIs distribuem dividendos hoje. Os dados são do site Clube FII.

Fundo Valor por cota
Mauá High Yield (MCHY11)R$ 1,30
SIG Capital Recebíveis Pulverizados (SIGR11)R$ 1,13
SIG Capital Recebíveis Pulverizados (SIGR11)R$ 0,05
More Gestão Ativa de Recebíveis (MATV11)R$ 1,10

IFIX desanimado

Se a novidade a respeito do embate entre Maxi Renda e CVM deu gás para as conversas de investidores, gestores e analistas do setor, o mesmo não pode ser dito do IFIX.

O principal índice de fundos imobiliários da B3 não consegue se segurar no azul desde a última sexta-feira (18) e, por volta das 15h50, recua 0,07%, aos 2739,66 pontos.

Confira quais fundos registram as maiores quedas do dia:

TickerFundoVariação
DAMT11BDiamante-20,80%
PRSN11BPersonale I-11,80%
EGYR11Energy Resort-10,10%
BLCA11BlueMacaw Catuaí Triple A-10,00%
XPHT12XP Hotéis (Cota Ordinária)-7,01%

Veja também as maiores altas:

TickerFundoVariação
FIVN11Vida Nova+26,90%
FPNG11Pedra Negra Renda Imobiliária+15,00%
KINP11Even Permuta Kinea+6,00%
PEMA11Performa Real Estate+5,92%
CORM11Core Metropolis+5,38%

Compartilhe

A XERIFE ESTÁ DE OLHO

Fintwit sob investigação: CVM aumenta fiscalização sobre influenciadores de investimentos nas redes sociais

2 de setembro de 2022 - 10:48

Com um aumento intenso de postagens de dicas relativas a investimentos na bolsa de valores no Twitter, a CVM abriu uma investigação acerca do universo da Fintwit

O XERIFE TÁ DE OLHO

Petrobras (PETR4) diz que recebeu ofício da CVM sobre anulação de assembleia que elegerá novo conselho; entenda

10 de agosto de 2022 - 20:22

A solicitação foi formulada pela Associação Nacional dos Petroleiros Acionistas Minoritários da Petrobras (Anapetro) para suspender AGE da próxima semana

RESUMO DA ÓPERA

CVM edita regra que cria lâmina com informações resumidas para o investidor de IPOs e ofertas públicas

13 de julho de 2022 - 15:50

Xerife do mercado de capitais resolveu facilitar a vida das empresas com planos de captar recursos de investidores com um novo conjunto de regras para ofertas públicas; confira o que mudou

SOB NOVA DIREÇÃO

Xerife novo no mercado: João Pedro Barroso do Nascimento é nomeado presidente da CVM

6 de junho de 2022 - 17:08

Ele teve a indicação ao cargo aprovada em abril pelo Senado e deve ocupar o posto até 14 de julho de 2027

RENEGOCIAÇÃO CONCLUÍDA

Oi (OIBR3) renegocia dívida multibilionária com a Anatel, alonga prazo e consegue um descontão

1 de junho de 2022 - 7:23

Além de repactuar dívida com a Anatel, Oi foi autorizada pela CVM a continuar operando abaixo de R$ 1 por mais 30 pregões a partir de 1º de julho

Maxi Renda (MXRF11) sobe após CVM recuar e encerrar polêmica sobre a distribuição de dividendos do fundo imobiliário

18 de maio de 2022 - 12:39

O FII é um dos destaques da indústria, que respira aliviada após a xerife do mercado de capitais reconhecer a regularidade do pagamento de proventos com base no “lucro caixa”

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

17 de maio de 2022 - 20:24

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

FAMÍLIA POLÊMICA

CVM rejeita oferta milionária dos irmãos Batista para encerrar processo envolvendo as contas da JBS (JBSS3); entenda

3 de maio de 2022 - 20:14

Acusados de abusarem do direito de seus cargos para aprovarem as próprias contas, os empresários ofereceram um total de R$ 6 milhões

INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS

Nelson Tanure entra na mira de investigação da CVM por suposto insider trading na compra da Alliar (AALR3)

30 de março de 2022 - 20:29

Vale lembrar que o empresário, que já detinha cerca de 36% das ações da Alliar, tratou a compra diretamente com um grupo de 50 acionistas donos de 53% do capital social da empresa

PRESTAÇÃO DE CONTAS

E agora, Petrobras (PETR4)? CVM abre processo após demissão do general Silva e Luna; saiba o motivo da ação

29 de março de 2022 - 19:24

Há cerca de um ano, a xerife do mercado abriu processo semelhante após o presidente Jair Bolsonaro anunciar, pelo Facebook, o substituto do economista Roberto Castello Branco, então comandante da empresa

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar