Menu
2021-03-10T19:22:57-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
após a confusão...

Governo completa lista de indicados ao conselho da Petrobras com mais dois nomes

União apresenta nome de ex-diretora executiva da Total e de então diretora de recursos humanos da CSN para o colegiado

10 de março de 2021
11:11 - atualizado às 19:22
Edifício Sede da Petrobras
Edifício Sede da Petrobras - Imagem: Shutterstock

O governo enviou à Petrobras (PETR4) mais duas indicações para o conselho de administração da companhia, depois da debandada de antigos membros do colegiado em protesto à intervenção do presidente Jair Bolsonaro no comando da estatal.

A União já tinha apresentado nesta semana três novos nomes para o conselho, além ao do general Joaquim Silva e Luna, escolhido para substituir Roberto Castello Branco na presidência da Petrobras.

Faltavam mais duas indicações para o governo, apresentadas em ofício enviado pelo Ministério de Minas e Energia à Petrobras.

A composição do novo conselho de administração será definida na próxima assembleia geral extraordinária de acionistas.

Os nomes

Para complementar a lista de indicados, o governo indicou as seguintes candidatas para o conselho da Petrobras:

  • Cynthia Santana Silveira: engenheira elétrica formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com mestrados em engenharia mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ) e em engenharia de gás pela École des Mines de Paris. Sua trajetória profissional foi desenvolvida na indústria de óleo e gás, tendo atuado na operadora francesa Total por 17 anos. Entre 2004 e 2015, foi a diretora executiva de gás e eletricidade desta companhia. Também atuou como diretora executiva eleita no Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) entre 2011 e 2015, e desde 2015 exerce a função de consultora independente da Exergia Consultoria e Projetos de onde é sócia.
  • Ana Silvia Corso Matte: advogada formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS), com pós-graduação em recursos humanos pela PUC – IAG – Rio de Janeiro. Foi diretora de recursos humanos no Jornal do Brasil, CSN (CSNA3), Sendas (ASAI3) e Telsul. De 2006 a 2012 foi diretora estatutária de gente no nível de diretoria na Light. Desde 2012 atua como consultora em gestão, sendo sócia-diretora da Ana Silvia Matte Consultoria em Gestão.
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

pandemia

Covid-19: número de mortes sobe para 361,8 mil no Brasil

Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 3.459 mortes no país

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies