2021-10-14T19:06:36-03:00
Sinal verde

Cade aprova compra de fatia na Radar pela Cosan (CSAN3); conheça a gestora de propriedades agrícolas

A companhia já detinha uma participação na Radar e, com a conclusão da operação e uma reorganização societária, será dona de mais de 50% do capital social da empresa

14 de outubro de 2021
14:11 - atualizado às 19:06
Agro - Imagem: Shutterstock

Menos de um mês após o anúncio, a compra de parte da gestora de propriedades agrícolas Radar pela Cosan (CSAN3) foi aprovada sem restrições pela Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A decisão do órgão sobre o negócio, que movimentou R$ 1,479 bilhão, consta em despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (14).

A companhia já detinha uma participação na Radar e, com a conclusão da operação e uma reorganização societária, será dona de mais de 50% do capital social da empresa - que, segundo o fato relevante, possui ativos com alto potencial produtivo no Brasil.

De acordo com a empresa, o movimento está alinhado à estratégia de alocação de capital da Cosan, reforçando o compromisso da companhia com o desenvolvimento do agronegócio brasileiro e com a criação de valor para seus acionistas.

Conheça a Radar

Por meio de um sistema de geomonitoramento via satélite, a Radar detém e administra cerca de 390 propriedades rurais com um total de 96 mil hectares, dedicados ao cultivo de cana-de-açúcar, soja, algodão, milho e outros nos estados de São Paulo, Maranhão e Mato Grosso.

A aquisição, feita por meio da estrutura de fundo de investimentos “Mansilla”, dividiu a opinião dos analistas. Segundo dados reunidos pela plataforma TradeMap, o mercado está mais inclinado à recomendação neutra para as ações da Cosan (CSAN3). A mediana das estimativas aponta para um preço-alvo de R$ 33.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

CRIPTO INSTITUCIONAL

Real digital vem aí! Banco Central prepara versão virtual da moeda brasileira para 2022

A instituição lançou um laboratório para estudar as possibilidades de uso e de execução de projetos com a versão virtual da moeda brasileira

Clube do Livro

Para ter sucesso nos investimentos, é preciso fugir das armadilhas da mente – É o que mostra o livro “A arte de pensar claramente”, de Rolf Dobelli

Compreender como o nosso cérebro funciona no processo de tomada de decisões é essencial para ter mais assertividade na vida financeira e nos investimentos.

Trilhas de Carreira

O que os cursos sobre liderança profissional não contam para você

Já vi e participei de muitas capacitações, mas poucas me transformaram genuinamente. Isso me faz refletir bastante sobre a essência dos líderes, e observo que há um padrão bem recorrente

PLANEJAMENTO FINANCEIRO

Reserva de emergência é para todo mundo? Não segundo este planejador financeiro; entenda

Separar uma quantia para imprevistos não importa a sua situação é uma recomendação quase unânime entre os planejadores financeiros, mas esse profissional acredita no contrário

EMISSÃO DE AÇÕES

Marisa (AMAR3) vai aumentar o capital social — o que isso significa para os acionistas?

A varejista de moda emitirá até 81 milhões ações a R$ 3,08 cada, um desconto de cerca de 17,5% em relação ao fechamento dos papéis ontem.