Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-16T18:48:16-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
CASAMENTO ANIMADO

Lua de mel na bolsa: Hapvida (HAPV3) e Intermédica (GNDI3) disparam com aprovação do Cade; veja o que os analistas pensam sobre o casamento

O sinal verde já é bom, mas o fato de a fusão ter sido aceita sem restrições pelo órgão animou ainda mais os investidores hoje

16 de dezembro de 2021
12:19 - atualizado às 18:48
Estátua de noivos no topo de um bolo de casamento | Hapvida e Intermédica
Imagem: Envato

Com o casamento aprovado pela Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Hapvida (HAPV3) e NotreDame Intermédica (GNDI3) viveram uma lua de mel na bolsa de valores nesta quinta-feira (16).

Em dia de alta do Ibovespa, as ações HAPV3 fecharam em alta de 1,58%, a R$ 11,54. Os papéis GNDI3 exibiram ainda mais fôlego, avançando 3,17%, a R$ 66,03.

O sinal verde já é bom, mas o fato de a fusão - que ocorrerá por meio da incorporação das ações da Intermédica pela Hapvida e dará origem a uma gigante mundial entre as provedoras de saúde - ter sido aceita sem restrições pelo órgão animou ainda mais os investidores.

Falta de ‘remédios’ anima

Os analistas também foram positivamente surpreendidos com a notícia. Em relatório divulgado hoje, o BTG Pactual destaca que a prescrição dos chamados “remédios”, restrições para as companhias que diminuem a concentração de mercado no setor, era esperada.

Isso porque, antes de aprovar a operação, o próprio Cade sinalizou que a fusão de Hapvida e Intermédica era “complexa” e exigia uma análise profunda dos possíveis desdobramentos.

Além da NotreDame Intermédica Saúde, o grupo NotreDame inclui ainda as empresas Mediplan Assistencial, Climepe Total, Lifeday Planos de Saúde, São Lucas Saúde e Clinipam Clínica Paranaense de Assistência Médica 

Entre os pontos de atenção, a Superintendência do Cade citava a redução no número de concorrentes no mercado de planos de saúde médico-hospitalares, o potencial incremento de barreiras à entrada de novos players no setor e a eventual redução de leitos disponibilizados.

Agilidade na decisão

O banco de investimentos também salienta que, em termos de tempo, o veredito foi uma grata surpresa. “A maioria dos investidores otimistas, incluindo nós, acreditava que o veredito final do Cade viria apenas em fevereiro ou março”, escrevem os analistas.

Mas é importante apontar que o Tribunal do órgão ainda tem um prazo de 15 dias para se manifestar antes que a aprovação se torne definitiva.

Passado o prazo, Hapvida e Intermédica podem dar início à integração que, na visão do BTG, “gera grandes sinergias que estão longe de ser precificadas” pelo mercado. Entre elas, o relatório cita as consonâncias fiscais, que podem chegar a R$ 5 bilhões, e de custos, despesas e receitas.

Tendo em vista esse cenário, o banco reforça sua recomendação para as ações: “ambos os nomes permanecem bons para compra e manutenção, especialmente considerando as principais sinergias a serem capturadas assim que os ativos estiverem finalmente integrados”.

Ação da Hapvida (HAPV3) pode proteger o seu dinheiro, mas vale a pena comprar? Confira no vídeo abaixo e inscreva-se no canal do Seu Dinheiro no Youtube para mais conteúdos exclusivos sobre investimentos:

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Sinal amarelo

Marfrig (MRFG3) confirma participação em oferta da BRF (BRFS3), mas não poderá assumir o controle da empresa; entenda

Segundo um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários hoje, as compras da Marfrig estarão limitadas a sua participação acionária atual

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa no azul apesar da volatilidade, bitcoin no vermelho e imbróglios com FII e Oi: o que marcou o mercado nesta sexta

Numa semana marcada pela escalada das tensões entre Rússia e Ucrânia, decisão de juros nos Estados Unidos e um discurso mais hawkish (duro contra a inflação) por parte do presidente do banco central americano, Jerome Powell, o Ibovespa conseguiu, mais uma vez, acumular alta. E as bolsas americanas – pasme – também. A sexta-feira (28) […]

DESINVESTIMENTOS

Em negócio bilionário, Petrobras (PETR4) vende ativos na Bacia Potiguar para subsidiária da 3R Petroleum (RRRP3); saiba quanto entrou nos cofres da estatal

A bola da vez é um conjunto de 22 concessões de campos de produção terrestre e de águas rasas, juntamente à sua infraestrutura de processamento, refino, logística, armazenamento, transporte e escoamento

SACO DE PANCADAS PRESIDENCIAL

Petrobras (PETR4) recua quase 4% após críticas de Lula; petista condenou pagamento de dividendos e política de preços da estatal

Embalados pela alta do petróleo, os papéis operavam em alta mais cedo, mas, após a nova rajada de críticas, passaram a registrar uma queda brusca

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia de realização de lucros e fecha em queda, mas acumula alta de 2,72% na semana; dólar fecha em R$ 5,39

Semana foi marcada pela volatilidade nas bolsas internacionais, mas estrangeiro continuou buscando ações brasileiras

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies