Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-20T22:57:55-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
ampliação dos negócios

Cosan (CSAN3) paga R$ 1,5 bilhão por fatia na Radar, gestora de propriedades agrícolas

Companhia já detinha uma participação na Radar; após a conclusão da operação e uma reorganização societária, a Cosan será dona de mais de 50% do capital social

20 de setembro de 2021
22:02 - atualizado às 22:57
vista aérea do campo, com uma máquina agrícola localizada mais ao lado esquerdo
Imagem: Shutterstock

A Cosan (CSAN3) comprou parte da Radar, uma gestora de propriedades agrícolas definida pela empresa como uma companhia "com capacidade para investir em ativos com alto potencial produtivo no Brasil". A transação movimentou R$ 1,479 bilhão.

A companhia já detinha uma participação na Radar. Após a conclusão da operação e uma reorganização societária, a Cosan será dona de mais de 50% do capital social da empresa.

"Este movimento está alinhado à estratégia de alocação de capital da Cosan, reforçando o compromisso da companhia com o desenvolvimento do agronegócio brasileiro e com a criação de valor para seus stakeholders", disse a empresa nesta segunda-feira (20).

Leia também outras matérias sobre a Cosan:

Por meio de um sistema de geomonitoramento via satélite, a Radar detém e administra cerca de 390 propriedades rurais com um total de 96 mil hectares, dedicados ao cultivo de cana-de-açúcar, soja, algodão, milho e outros nos estados de São Paulo, Maranhão, e Mato Grosso.

O fechamento definitivo da operação está condicionado à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Aquisição é feita por meio da estrutura de fundo de investimentos “Mansilla”.

Reunião de oito análises mostra que o mercado está dividido entre recomendação de compra e neutra para as ações da Cosan (CSAN3), segundo dados da plataforma TradeMap. A mediana das estimativas aponta um preço-alvo de R$ 31.

VÍDEO: Ação da Raízen (RAIZ4) pode se valorizar mais de 50% após o IPO 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Ora, pois

Bradesco deve abrir base em Portugal para ‘seguir’ milionários brasileiros

Movimento de migração de famílias clientes do segmento private do banco após a pandemia levou à retomada dos estudos para entrar no mercado lusitano

De volta aos dois dígitos

Mercado já vê juros de até 11% em 2022

Drible no teto de gastos gerou movimento generalizado nas instituições financeiras para revisar para cima suas projeções para a taxa de juros

Óleo e gás

3R Petroleum (RRRP3) certifica reservas provadas de 185,1 milhões de barris

Companhia divulgou resultado da certificação de reservas do Campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos, cuja participação foi adquirida da Petrobras

Valor intangível

As 10 marcas mais valiosas do mundo em 2021 – a líder vale US$ 408,2 bilhões

Apple lidera ranking da Interbrand, seguida de outras big techs; com alta de 184%, Tesla foi a marca com maior salto no seu valor no último ano

Contrata-se

Fintechs fazem mercado de vagas crescer 466%, com foco em tecnologia

Startups de tecnologia para o mercado financeiro procuram talentos sobretudo na área de TI, e alguns processos seletivos são exclusivos para mulheres

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies