🔴 META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM 2 OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
SOB NOVA DIREÇÃO

Banco do Brasil anuncia novo cancelamento de IPO do Banco BV e saída de dois vice-presidentes

Banco alega que IPO foi cancelado em decorrência da conjuntura atual de mercado, fator que também tem levado outras companhias a adiarem a abertura do capital

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
14 de abril de 2021
7:10 - atualizado às 7:20
Banco do Brasil ações Ibovespa
Banco do Brasil - Imagem: Shutterstock

O noticiário envolvendo o Banco do Brasil (BBAS3) foi movimentado na terça-feira (13) à noite.

A primeira notícia se refere ao Banco Votorantim (Banco BV), controlado pelo banco público em parceria com o Grupo Votorantim, da família Ermírio de Moraes.

Segundo o BB, foi solicitado o cancelamento dos pedidos de registro de companhia aberta e da oferta pública de distribuição primária e secundária (IPO, na sigla em inglês) de "units" do BV junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O banco informou que a decisão foi tomada diante da "conjuntura atual de mercado", uma alegação que motivou muitos outros cancelamentos de IPOs nos últimos tempos.

O BV retomou os planos de IPO em agosto, depois de cancelá-los em março por conta dos efeitos da pandemia de covid-19 nos mercados na ocasião. A expectativa, segundo notícias que circulavam no mercado, é de que a operação levantasse até R$ 3,5 bilhões.

Antes da pandemia, os donos do banco esperavam arrecadar um total de R$ 5 bilhões com o IPO.

Novos vice-presidentes

Não bastasse isso, o Banco do Brasil também anunciou ontem que Carlos André renunciou ao cargo de vice-presidente gestão financeira e de relações com investidores, por motivo de aposentadoria, e Mauro Ribeiro Neto pediu sair do cargo de vice-presidente corporativo por motivos pessoais.

A saída dos executivos será efetivada a partir de 26 de abril, no caso de André, e a partir de 30 de abril, para Ribeiro Neto. A saída de ambos foi antecipada por fontes ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Para o lugar deles, a instituição informou a indicação de José Ricardo Fagonde Forni, atualmente diretor de suprimentos, infraestrutura e patrimônio, e Ênio Mathias Ferreira, atual diretor de governo, para os cargos de vice-presidente de gestão financeira e de relações com investidores e de vice-presidente corporativo, respectivamente.

As mudanças foram anunciadas após Fausto Ribeiro assumir a presidência do Banco do Brasil em 1º de abril.

Ele entrou no lugar de André Brandão, que apresentou seu pedido de renúncia ao cargo de presidente do banco em 18 de março, após meses de atrito com o presidente Jair Bolsonaro. Ele foi o segundo executivo a deixar o comando da instituição no atual governo.

A saída de Brandão era cogitada desde que Bolsonaro expressou descontentamento com o plano de reestruturação do Banco do Brasil – que envolvia a demissão incentivada de mais de 5 mil funcionários, além do fechamento de agências.

A forma como a troca foi feita desagradou parte do conselho de administração, levando inclusive à renúncia do presidente do colegiado, e foi criticada por membros do comitê de pessoas, remuneração e elegibilidade (Corem) da instituição, responsável por analisar indicações para os cargos de comando.

Em carta enviada aos funcionários no dia 5 de abril, o novo presidente do Banco do Brasil prometeu "austeridade" nas despesas e sequência à agenda de venda e de reorganização societária de negócios secundários, mas demonstrou alinhamento com a agenda de Bolsonaro.

* Com informações da Estadão Conteúdo

Compartilhe

ATENÇÃO, ACIONISTA!

Dividendos e JCP: Banco do Brasil (BBAS3) anuncia pagamento de R$ 781 milhões em proventos; confira prazos

26 de agosto de 2022 - 18:54

A distribuição do montante será feita em antecipação ao terceiro trimestre de 2022, de acordo com informações do próprio banco

Market Makers

Banco do Brasil (BBAS3) está ‘ridiculamente barato’, diz Sara Delfim, da Dahlia

25 de agosto de 2022 - 18:00

Analista e sócia-fundadora da Dahlia Capital, Sara Delfim retorna ao Market Makers ao lado de Ciro Aliperti, da SFA Investimentos, para detalhar suas teses de investimento

Hora de comprar

Ação do Banco do Brasil (BBAS3) ainda está barata e Itaú BBA revisa preço-alvo para cima

23 de agosto de 2022 - 11:40

Destaque da temporada de balanços, o Banco do Brasil conta com recomendação de compra de suas ações da ampla maioria dos analistas

MENOS LUCRO

Lula fala em enquadrar Banco do Brasil (BBAS3) e quer lucro menor que concorrentes privados

17 de agosto de 2022 - 17:09

Líder nas pesquisas, Lula disse que, em um eventual novo governo, irá “orientar” o Banco do Brasil; ações BBAS3 fecham em queda

BOMBOU NAS REDES

Banco do Brasil ‘vence’ Bradesco em rentabilidade e ações disparam 53% no ano — estatal ainda pagará R$ 2 bilhões em dividendos e analista alerta: BBAS3 supera Nubank (NUBR33)

15 de agosto de 2022 - 13:49

Após resultados fortíssimos no segundo trimestre, as ações do Banco Brasil estão em disparada. Descubra se vale a pena comprar os papéis

SEXTOU COM O RUY

Investir em estatal vale a pena? Uma reflexão sobre como o Banco do Brasil (BBAS3) subverteu as máximas dos manuais de investimentos

12 de agosto de 2022 - 5:57

Banco do Brasil (BBAS3) negocia com múltiplos baixos demais para a qualidade dos resultados que tem apresentado e ainda guarda um bom potencial de valorização

MISSÃO CUMPRIDA

Banco do Brasil tem lucro de R$ 7,8 bilhões no 2T22 e cumpre promessa de se equiparar a bancos privados em rentabilidade

10 de agosto de 2022 - 19:12

Lucro do Banco do Brasil aumentou 54,8% em relação ao mesmo período de 2021 e rentabilidade sobre o patrimônio líquido superou a do Bradesco

BALANÇO

BB Seguridade tem salto no lucro e anuncia data para pagar dividendos; banco recomenda compra de BBSE3

8 de agosto de 2022 - 12:06

A holding de seguros do Banco do Brasil lucrou R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre e vai distribuir mais de R$ 2 bilhões em dividendos no dia 29 de agosto

A NATA DA B3

Suzano (SUZB3) ou Klabin (KLBN11): veja qual empresa de papel é a ação mais recomendada para julho — e confira as principais indicações das corretoras

5 de julho de 2022 - 7:03

O candidato ideal para substituir o plástico e atrair um mercado que valoriza cada vez mais a agenda ESG é o principal produto da ação mais recomendada para julho

SEGURO AGRO É POP?

Banco do Brasil (BBAS3) e BB Mapfre criam plataforma digital para o agronegócio

27 de junho de 2022 - 10:17

A Broto será focada na cadeia produtiva do setor, aproveitando a proximidade do Banco do Brasil (BBAS3) com o segmento

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar