Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-18T17:31:07-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Disputa de gigantes

1×0 para o Magalu: varejista vence Mercado Livre em queda de braço no Cade

A companhia argentina havia apresentado um recurso para impedir a aprovação de uma das recentes aquisições da Magazine Luiza

15 de abril de 2021
16:04 - atualizado às 17:31
Mercado Livre Magalu
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Um recurso apresentado pelo Mercado Pago - empresa de pagamentos do Mercado Livre - contra a compra da fintech Hub Prepaid pela Magazine Luiza, foi negado pelo tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) na última quarta-feira (14).

A operação já havia sido aprovada pela Superintendência-Geral do órgão no mês passado, mas foi levada ao tribunal após a contestação. Segundo o Mercado Livre, a Hub prestava serviços financeiros para a empresa e detém informações sensíveis sobre sua operação.

A companhia argentina alegou que os dados poderiam estar sujeitos a um possível repasse para a concorrente que não teria sido devidamente investigado pelo Cade. 

Os conselheiros, no entanto, entenderam que a questão da troca de informações não cabe ao órgão e que a operação não traz prejuízos à concorrência. "Não há, do ponto de vista concorrencial, quaisquer fundamentos sólidos capazes de obstar o presente ato de concentração", afirmou a conselheira relatora, Paula Azevedo.

Saiba mais sobre a aquisição

O Magazine Luiza, por meio de sua subsidiária Magalu Pagamentos, anunciou, em dezembro, a compra de 100% da instituição de pagamentos Hub Prepaid por R$ 290 milhões. A fintech, que comecou a operar em 2012 e já conta com cerca de 4 milhões de contas digitais e cartões pré-pago ativos, movimentou R$ 6,6 bilhões em 2020.

Na época, o Magalu disse que, após a integração com a Hub, os clientes do MagaluPay poderiam contar com a plataforma de produtos e serviços financeiros, de forma gratuita, integrada ao aplicativo da varejista. 

Um dos futuros serviços ofertados pelo Magalu será a abertura de conta digital para compras, depósitos, transferências, pagamentos e saques. Além disso, os clientes também terão acesso a um cartão pré-pago para uso em compras físicas.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Petróleo na Amazônia

Petrobras quer operar na foz do Rio Amazonas

Estatal apresentou ao Ibama pedido de licença para explorar petróleo na região, que é uma área de sensibilidade ambiental

Juros para cima

Prepare-se para crescimento baixo e inflação alta em 2022: manobra no teto reforça cenário de estagflação

Drible no teto de gastos pode pressionar ainda mais os preços e obrigar a uma alta de juros mais intensa, dizem especialistas

Great Places to Work

As melhores empresas para se trabalhar em 2021: Magazine Luiza é eleito melhor empregador do país entre as grandes companhias; veja ranking completo

Consultoria Great Places to Work Brasil realizou, na última semana, a 25ª premiação das melhores empresas para se trabalhar no país

Setor imobiliário na mira

China testará imposto imobiliário em parte do país para conter especulação

Projeto-piloto será conduzido por cinco anos em algumas regiões do país. Objetivo é distribuir riqueza de modo menos desigual

Clube do livro

Um passeio entre chás, sementes e cerveja: como ‘Uma Senhora Toma Chá…’ conta a história da estatística moderna de maneira descomplicada

O livro de David Salsburg te convida a conhecer o pouco mais de um dos campos mais necessários para o melhor entendimento do mundo das finanças, e claro, da ciência

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies