Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-03-03T08:27:33-03:00
Estadão Conteúdo
alerta

Lockdown maior do que esperado pode gerar 1º semestre um pouco pior, diz presidente do BC

Com a vacina, o segundo semestre deverá registar uma taxa de crescimento econômico melhor, disse Roberto Campos Neto

3 de março de 2021
8:27
_banco_central_roberto_campos_neto_covid-19_no_pais_0407201788_0
O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto falam à imprensa no Palácio do Planalto, sobre as ações de enfrentamento ao covid-19 no país. - Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil Local: Brasília-DF

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, alertou nesta terça-feira (2) para o risco de um eventual lockdown para além do esperado imprimir piora na economia no primeiro semestre.

Devido ao aumento de contágio pela a variante do coronavírus, governadores e prefeitos têm editado decretos restringindo a circulação de suas populações.

"Um lockdown maior que o esperado pode gerar um primeiro semestre um pouco pior", disse Campos Neto durante participação no Webinar "Cenários Brasil 2021", promovido pela Arko Advice e Empiricus.

Mas com a vacina, disse Campos Neto, o segundo semestre deverá registar uma taxa de crescimento melhor.

Por enquanto, de acordo com ele, o Brasil registra uma melhora gradual no mercado de trabalho com o emprego formal mostrando uma recuperação robusta com o hiato do mercado de trabalho se fechando.

Recentemente, disse o presidente do BC, houve uma pequena desaceleração no crédito com a perspectiva do lockdown.

Alta das commodities

Campos Neto, disse nesta terça-feira, 2, que o banco tem acompanhado a economia internacional e o que tem sido visto é que os países desenvolvidos têm aumentado juros e que os preços das commodities também subiram bastante.

Contudo, de acordo com Campos Neto, se por um lado os preços das commodities têm subido bastante no mercado internacional, por outro as moedas das economias emergentes não tem se apreciado como o usual.

"As moedas dos países produtores de commodities não se apreciaram", disse e emendou que o descolamento de moedas é explicado, em parte, pela pior percepção fiscal.

O presidente do BC também disse que há muita liquidez no mundo e que muitos se perguntam se "estamos vivendo o fim da liquidez mundial". "Não se sabe. O que se sabe é que os mercados estão reavaliando a liquidez mundial", disse.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

seu dinheiro na sua noite

Ibovespa recupera mais um degrau – e outros destaques do dia

Os monstros que assombravam o mercado financeiro no começo da semana foram ficando mais dóceis e domesticados com o passar dos dias. E isso graças à atuação dos bancos centrais ao redor do mundo. O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) segue injetando bilhões de dólares na economia para minimizar os impactos […]

RH do governo

Reforma administrativa deslanchou? Confira destaques do texto-base aprovado em comissão da Câmara

A proposta traz alguns pontos polêmicos, como a possibilidade de parcerias entre governo e iniciativa privada para a execução de serviços públicos

fique de olho

Dividendos: Equatorial Pará (EQPA3) define data e Marfrig (MRFG3) altera valor

Além disso, Equatorial Maranhão definiu data do pagamento dos proventos e Banco Modal definiu valores para juros sobre capital próprio; confira

Eletrobras, Correios e mais

Ativos na mesa: nova proposta para precatórios pode incluir ações de estatais em acordos de pagamento

Além das estatais, na lista de ativos que poderiam entrar na negociação estão imóveis, barris de petróleo do pré-sal e concessões de rodovias e ferrovias, por exemplo

fala, vale

Vale (VALE3): a receita para a queda das ações, segundo a própria empresa

Empresa teve de emitir um comunicado em resposta a um ofício da B3 que solicitava justificativas para a oscilação das ações da mineradora entre os dias 6 e 20 de setembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies