Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-21T19:51:13-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Fechamento do dia

Ibovespa fecha o dia longe das mínimas, mas com queda de mais de 2%; cabo de guerra entre ala política e Economia também fere dólar e juros

A leitura do texto da PEC dos precatórios trouxe algum alívio para o Ibovespa, mas baixas na equipe econômica e alteração nas regras do teto de gastos incomodam

21 de outubro de 2021
19:02 - atualizado às 19:51
Cabo-de-Guerra-Ilustra_4_SeuDinheiro
Imagem: Pomp

O mal estar visto hoje no Ibovespa não nasceu das falas indigestas ao cenário fiscal dadas pelo ministro Paulo Guedes na noite de ontem, mas ele certamente se alimentou delas. É que antes, os discursos e promessas do presidente Jair Bolsonaro eram, de fato, apenas promessas, sem o crivo do chefe do ministério da Economia. 

Mas Paulo Guedes jogou a toalha e admitiu a possibilidade de furar o teto de gastos para pagar o valor de R$ 400 imposto pela ala política do governo. A "licença para gastar" era a última coisa que o mercado financeiro gostaria de ouvir e parece ter sido uma grande divisora de águas. 

Para muitos, o caráter eleitoreiro das decisões fica cada vez mais escancarado, o que prejudica a previsibilidade do governo com relação à austeridade fiscal. Sem o compromisso com as contas públicas, já muito castigadas durante a pandemia, problemas como a inflação e a desaceleração econômica podem ficar ainda maiores. 

Durante a tarde, o presidente Jair Bolsonaro voltou a confirmar essa tendência, ao falar que irá ajudar a "compensar" a alta do preço do diesel para evitar uma possível paralisação dos caminhoneiros.

Talvez o ponto mais delicado para o mercado financeiro nesta tarde tenha sido o claro enfraquecimento de Paulo Guedes. A perda de autoridade do ministro não é novidade, porém Guedes parecia controlar os impulsos populistas do presidente, o que dava certa tranquilidade ao mercado. 

A derrota para a ala política do governo deixou o Ministério da Economia ferido. As baixas vieram logo após o encerramento do pregão: pediram exoneração no fim da noite Bruno Funchal, secretário especial do Tesouro e Orçamento; Gildenora Dantas, sua adjunta; Jeferson Bittencourt, secretário do Tesouro Nacional; e seu adjunto, Rafael Araujo. 

Mas esse é um acontecimento que deve ser digerido amanhã. Hoje, a leitura do texto da PEC do precatórios aliviou um pouco o cenário e afastou o Ibovespa da queda de mais de 4% vista no meio da tarde. 

O relator Hugo Motta confirmou a intenção de adiantar a correção do teto de gastos (que antes aconteceria em 2026) pela inflação para encaixar o auxílio de R$ 400 para 17 milhões de famílias até dezembro de 2022. Houve discussão para que o texto não fosse votado hoje, mas o pedido para a retirada da pauta foi rejeitado e a Câmara segue analisando o tema. 

Foi o suficiente para que o Ibovespa fechasse o dia em uma queda de 2,75%, aos 107.735 pontos, mas analistas acreditam que esse efeito não será duradouro. O dólar à vista, que chegou a encostar em R$ 5,70, encerrou a sessão em alta de 2,16%, a R$ 5,6676.

O retrato perfeito do estresse dos investidores e da elevação do risco-Brasil foi visto na curva de juros. Para Rafael Passos, sócio da Ajax Capital, o Banco Central deve seguir com a já contratada elevação de 1 ponto percentual, mas com o Orçamento fechado, deve acelerar o ciclo de alta da Selic. O tom dos próximos comunicados também deve ser mais duro, refletindo a piora do cenário fiscal. 

  • Janeiro de 2022: de 7,74% para 7,89%
  • Janeiro de 2023: de 10,16% para 10,58%
  • Janeiro de 2025: de 11,14% para 11,50%
  • Janeiro de 2027: de 11,48% para 11,78%

Enrosco atrás de enrosco

A fala do ministro da Economia Paulo Guedes, de que existe uma necessidade de se gastar R$ 30 bilhões fora do teto de gastos, gera ainda mais desconforto em um cenário já desfavorável. Com a fala, o ministro admitiu a vitória da ala política, que exige um auxílio de pelo menos R$ 400 mensais para as famílias que serão atendidas pelo novo programa social. 

As saídas para não sobrecarregar o teto de gastos são indigestas. Uma delas seria a antecipação da revisão do valor limite, que só deveria ocorrer em 2026, e que foi confirmada pelo texto da PEC dos Precatórios, que ainda será votado. 

Para Bruno Madruga, head de renda variável da Monte Bravo Investimentos, o governo perdeu a credibilidade que ainda tinha com o mercado. "Se as rédeas não forem retomadas, o governo perderá todo o empresariado, se já não o perdeu". 

Gustavo Bertotti, da Messem Investimentos, acrescenta outro ponto de preocupação: o problema de comunicação do governo. “O ministro João Roma, da Cidadania, fala que o auxílio seria dado com responsabilidade fiscal, e o ministro Paulo Guedes diz que os gastos podem ser feitos fora do teto. São ruídos que não ajudam”

Balanço dos balanços

Enquanto isso, a temporada de balanços no exterior segue a todo vapor, com importantes empresas como AT&T, American Airlines, Intel e Whirlpool divulgando seus resultados hoje. 

De acordo com a Bloomberg, 79% das empresas do S&P 500 que reportaram os seus números mostraram um resultado acima do esperado até agora. No Nasdaq, esse índice é de 72%. 

O saldo é positivo, mas os investidores seguem de olho nos desdobramentos do caso Evergrande, que fracassou em vender a fatia de uma de suas subsidiárias, a Evergrande Property Services. Os problemas financeiros da gigante chinesa seguem jogando uma enorme sombra sobre os negócios globais. Nos Estados Unidos, os principais índices fecharam mistos, mas o S&P 500 conseguiu fechar o dia em alta.

  • Nasdaq: 0,62% - 15.215 pontos
  • S&P 500: 0,30% - 4.549 pontos
  • Dow Jones: - 0,02% - 35.603 pontos

Sobe e desce do Ibovespa

Ao longo do dia, houve muita rotação entre as empresas que conseguiram ficar no azul, mas nenhuma delas teve ímpeto suficiente para seguir no campo positivo até o fim do pregão. Apenas Suzano e BB Seguridade fecharam o dia em alta.

CÓDIGONOMEVALORVAR
SUZB3Suzano ONR$ 49,201,65%
BBSE3BB Seguridade ONR$ 21,500,80%

Depois de dois dias de ganhos expressivos, Getnet conheceu o lado de baixo da tabela. Em dia amplamente negativo para os negócios, a empresa de maquininhas devolveu parte dos ganhos dos últimos dias. Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMEVALORVAR
GETT11Getnet unitsR$ 6,75-19,16%
AMER3Americanas S.AR$ 35,40-10,81%
BIDI4Banco Inter PNR$ 14,56-10,51%
BIDI11Banco Inter unitR$ 43,20-10,28%
LAME4Lojas Americanas PNR$ 5,66-10,16%

*Também colaboraram Gian Montebro, assessor na iHUB Investimentos, e Leonardo Milane, sócio e economista da VLG Investimentos

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

EMISSÃO DE AÇÕES

Marisa (AMAR3) vai aumentar o capital social — o que isso significa para os acionistas?

A varejista de moda emitirá até 81 milhões ações a R$ 3,08 cada, um desconto de cerca de 17,5% em relação ao fechamento dos papéis ontem.

TURISMO DO FUTURO

Embraer (EMBR3) fecha mais uma parceria e vai levar seu ‘carro voador’ para a Grande Barreira de Corais, na Austrália

Em conjunto com a Nautilus Aviation, a empresa irá operar em algumas das atrações turísticas mais icônicas de do estado de Queensland

DOR NO BOLSO

IPVA 2022 encarecerá 30%, em média, em São Paulo; descubra quanto você vai pagar de imposto

E a notícia doí ainda mais no bolso porque a data de pagamento do IPVA está bem próxima: quem quiser desconto tem de quitar a soma já no próximo mês

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin e ethereum despencam hoje, e principal criptomoeda do mundo se afunda ainda mais no ‘bear market’

Após uma semana que terminou com ganhos, as duas maiores moedas digitais do mercado sofreram na virada de sexta-feira para sábado

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies