Menu
2021-04-16T08:44:42-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Taxa zero pra todo o lado

Easynvest zera taxa de corretagem para maioria das operações com ações, BDRs e opções

A corretora digital já não cobrava por investimentos em renda fixa e agora quer expandir essa ideia para ações, BDRs e opções do aplicativo

15 de abril de 2021
10:04 - atualizado às 8:44
White,Zero,Percentage,Symbol,In,Front,Of,Businessperson’s,Hand

A Easynvest anunciou que irá zerar a taxa de corretagem de 99% das operações de renda variável mais executadas na plataforma. A corretora digital já não cobrava por investimentos em renda fixa e agora quer expandir essa ideia para ações, BDRs e opções do aplicativo. 

A corretora já conta com uma base de 1,5 milhão de clientes e foi comprada pelo banco digital Nubank no ano passado. O movimento entre as empresas recebeu a aprovação da Superintendência do Cade e a concretização do negócio ainda está sob análise do Banco Central (BC).

“Queremos oferecer para ainda mais investidores as possibilidades do mercado de renda variável. Ainda há milhões de pessoas que deixam seu dinheiro na poupança, com rendimento muito baixo, às vezes, com valorização menor inclusive que a inflação. Há muito potencial de melhora de vida para estas pessoas”, afirma Fernando Miranda, CEO da Easynvest.

A Easynvest segue um movimento das corretoras digitais de zerar a taxa de corretagem. Em sua grande maioria, plataformas de investimentos tem a abertura de contas gratuita e investimentos em títulos públicos, LCIs, LCAs, CDBs e etc, bem como a custódia da conta corrente, à taxa zero. 

“Este era um movimento que desejávamos fazer há bastante tempo; porém não queríamos prejudicar a qualidade. Fomos, então, testando aos poucos e hoje estamos seguros e confiantes para dar este passo. Os prêmios e resultados de qualidade que temos recebido mostram que estamos no caminho certo”, reforça Miranda.

Onde a taxa pega

A cobrança, no mercado em geral, fica para operações menos comuns, como investimentos no exterior em BDRs, aplicação em ETFs, day trade e mercado de opções, apesar de existirem algumas corretoras que cobram taxas em investimentos em fundos multimercados e imobiliários. Isso representa uma diminuição de custos para o investidor, o que influencia diretamente na rentabilidade.

Atualmente, a Easynvest, possui R$ 26 bilhões de ativos sob custódia e foi apontada como a melhor do Brasil no prêmio iBest! 2020, na categoria eleita pelo público. Em 2019, foi também a única corretora a conquistar o selo Reclame Aqui 1000.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

uma bolada

Bradesco paga R$ 5 bilhões em juros sobre capital próprio

Valor representa R$ 0,416 por ação ordinária e R$ 0,458 por ação preferencial, após o desconto do Imposto de Renda

seu dinheiro na sua noite

Dólar abaixo de R$ 5, Selic de volta aos 7% e o investimento da Petz em página de gatinhos

Apesar dos avanços na vacinação e do relaxamento nas medidas de distanciamento social, o fato de ainda estarmos convivendo com o coronavírus e uma elevada mortalidade pela covid-19 faz com que 2021 tenha um sabor de 2020 – parte 2. Assim tem sido, pelo menos para mim. Imagino que também seja assim para todas as […]

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies