Menu
2020-10-27T11:26:44-03:00
Estadão Conteúdo
CRESCENDO

Superintendência do Cade aprova compra da Easynvest pelo Nubank

Compra da Easynvest é a terceira feita pelo Nubank em 2020 e visa atingir desbancarizados

27 de outubro de 2020
11:26
Cartão da fintech Nubank
Imagem: Divulgação

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra da Easynvest pelo Nubank. A decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (27).

Como resultado da operação, o Nubank passará a deter 100% do capital social da Easynvest, corretora líder no segmento de plataformas digitais de investimento.



Conforme o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) noticiou, com a aquisição da Easynvest, anunciada em setembro, o Nubank pretende apostar em uma estratégia similar à que foi utilizada quando começou em 2013 com o cartão de crédito: atingir um público que até então é deixado de lado pelas instituições que já estão consolidadas no mercado, os chamados desbancarizados.

A compra da Easynvest ocorre após o Nubank receber um aporte de R$ 400 milhões. Trata-se da terceira compra feita em 2020 pela maior fintech do Brasil, que já abocanhou a consultoria de tecnologia Plataformatec e a empresa americana de engenharia de software Cognitect.

De acordo com o Nubank, um grupo de trabalho será formado para planejar os próximos passos de integração dos serviços, o que terá início após as aprovações dos reguladores - além do Cade, o Banco Central também.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies