Menu
2021-03-25T12:35:57-03:00
Estadão Conteúdo
Dragão a solta

Apesar da pressão mais forte de inflação, choques devem ser temporários, diz BC

Ele citou que as projeções do mercado para o crescimento mundial em 2021 e 2022 têm sido revisadas para cima, algumas com avanço maior que de 7,00%

25 de março de 2021
12:35
Fábio Kanczuk
Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) sabatina Fábio Kanczuk indicado para diretoria de Política Econômica do BC - Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado

O diretor de Política Econômica do Banco Central, Fabio Kanczuk, reiterou nesta quinta-feira, 25, a avaliação do Comitê de Política Monetária (Copom) de que, apesar da pressão mais forte da inflação de curto prazo, os choques sobre os preços devem ser temporários.

Ainda assim, o diretor citou o aumento expressivo na inflação importada desde o Relatório de Trimestral de Inflação (RTI) de dezembro, devido aos preços da commodities e a depreciação do real frente ao dólar.

Ele citou que as projeções do mercado para o crescimento mundial em 2021 e 2022 têm sido revisadas para cima, inclusive com alguns analistas já prevendo um avanço maior que de 7,00% para a economia dos Estados Unidos neste ano.

Os dados citados por Kanczuk mostram que o hiato do produto nos EUA se torna bastante positivo em 2021, graças ao pacote ao fiscal de US$ 1,9 trilhão do governo americano.

O problema, é que esse crescimento vem acompanhado de pressões inflacionárias nos EUA. "Há questionamento sobre se inflação americana seguirá comportada. O mercado tem colocado um prêmio considerando que há uma chance importante de haver uma inflação nos EUA acima do que os modelos estão indicando", completou.

Essa chance de inflação mais alta já tem contaminado a curva de juros nos EUA e, por isso, o Copom avalia que essa reprecificação dos ativos pode ter um efeito considerável para os países emergentes, incluindo o Brasil.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies