2021-03-19T16:10:48-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
mercados hoje

Ibovespa amplia alta com melhora externa, mas pandemia e noticiário político limitam ganhos

O cenário externo opera de maneira mista e, com a agenda fraca, noticiário político deve tomar as atenções dos negócios de hoje

19 de março de 2021
10:29 - atualizado às 16:10
Ibovespa abre em alta, puxado pelo exterior positivo de olho na Super Quarta - Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A sexta-feira (19) tem um prato cheio a ser digerido pelos investidores, com o avanço da covid-19 em diversas regiões do mundo, mudanças no controle de uma estatal e um exterior sem muito fôlego.

Ainda assim o Ibovespa tem conseguido se manter em alta firme, depois de abrir o dia no vermelho, principalmente após uma melhora observada nas bolsas americansa. Por volta das 16h, o principal índice da bolsa brasileira operava em alta de 1,15%, aos 116.155 pontos. O dólar à vista recua 1,51%, a R$ 5,4853, ainda repercutindo a decisão do Copom da última quarta-feira.

Depois do ajuste pós-Copom de ontem, o mercado de juros futuro volta a apresentar um viés de alta em toda a curva. Confira as taxas de hoje:

  • Janeiro/2022: de 4,57% para 4,59%
  • Janeiro/2023: de 6,16% para 6,20%
  • Janeiro/2025: de 7,41% para 7,46%
  • Janeiro/2027: de 7,86% para 7,94%
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Um presidente por ano

Ontem à noite, o presidente do Banco do Brasil, André Brandão, entregou o cargo após meses de pressão de Bolsonaro, que não apoiou o do plano de reorganização da estatal, com demissões e fechamento de agências, para torná-la mais competitiva diante do cenário atual. Essa é a nona baixa na equipe econômica de Guedes.

Pandemia desenfreada

Os números elevados de casos e mortos parecem estar finalmente preocupando Brasília. O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Eduardo Ramos, confirmou que fará uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro na próxima quarta-feira (24). Enquanto isso, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), se viu obrigado a instaurar uma CPI para coordenar a gestão da crise. 

Na cidade de São Paulo, o prefeito Bruno Covas anunciou o adiantamento de feriados e adotou rodízio de carros das 22h até 5h. No Rio de Janeiro, há restrição de circulação nas orlas das praias e outros locais públicos.

No entanto, o presidente Jair Bolsonaro segue mostrando resistência com relação às medidas restritivas no País. Bolsonaro afirmou que o "seu Exército" não irá para a rua cumprir os decretos dos governadores e prefeitos. O presidente também acionou o STF contra as medidas de toque de recolher anunciadas pelos governadores.

Diante do colapso do sistema de saúde e das novas medidas restritivas adotadas pelos estados e municípios, o presidente da república Jair Bolsonaro assinou na quinta-feira (18) a Medida Provisória (MP) que traz de volta o auxílio emergencial. De acordo com a proposta, serão quatro parcelas de R$ 150, R$ 250 e R$ 350, dependendo da configuração familiar.

O objetivo é ajudar famílias que já recebem o Bolsa Família e trabalhadores informais, um total de 45,6 milhões de pessoas. Ao menos 22,6 milhões de pessoas ficaram fora da nova rodada do auxílio. 

Script conhecido

Os títulos do Tesouro americano, os Treasuries, seguem em sua trajetória de alta, com os juros futuros disparando nos EUA, mesmo após as declarações recentes do Federal Reserve sobre a situação da inflação no país.

Com a instabilidade do cenário, as bolsas americanas abriram com sinais mistos - somente o Nasdaq avança, após as quedas expressivas das últimas semanas. 

Sobe e desce

Desde a estreia do Assaí na bolsa, os papéis do Grupo Pão de Açúcar vinham registrando quedas expressivas, mas hoje apresentam uma correção positiva. Segundo fontes do mercado, o movimento pode estar associado a rumores de que a empresa encaminha alguns processos de desinvestimentos, que pode incluir até mesmo o app James Delivery.

Já os papéis da SulAmérica pegam carona na alta da Selic. Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOME VALORVARIAÇÃO
PCAR3GPA ONR$ 28,50 14,00%
SULA11SulAmérica unitsR$ 39,47 8,49%
PRIO3PetroRio ONR$ 94,41 7,04%
BRML3BR Malls ONR$ 9,62 6,65%
CVCB3CVC ONR$ 18,47 6,39%

A queda do minério de ferro no mercado internacional é o principal driver para a queda das empresas ligadas à commodity nesta sexta-feira. Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMER$VARIAÇÃO
CSNA3CSN ON36,62-1,13%
VALE3Vale ON95,40-0,79%
SANB11Santander Brasil units40,56-0,78%
BRAP4Bradespar PN63,35-0,71%
UGPA3Ultrapar ON19,38-0,26%
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

A BOLSA HOJE

Esquenta dos mercados: notícia sobre possível baixa eficácia das vacinas contra ômicron derruba mercados, em dia de discurso de Powell e votação dos precatórios

O investidor local ainda permanece de olho nas falas de Roberto Campos Neto e Paulo Guedes em eventos separados hoje

SÓ NO SAPATINHO

Dividendos: Arezzo (ARZZ3) vai distribuir R$ 60 milhões aos acionistas; veja como participar

Serão R$ 33,78 milhões em JCP e R$ 26,22 milhões em dividendos a serem depositados até 31 de janeiro de 2022

INCERTEZAS NO RADAR

CEO da Moderna levanta dúvidas sobre eficácia de vacinas contra a ômicron e provoca reação negativa nos mercados

Stéphane Bancel disse que cientistas consultados por ele esperam ‘queda significativa’ na eficácia dos imunizantes contra a nova cepa

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Os investidores agora viraram virologistas: os impactos da Ômicron sobre os mercados

Ainda não sabemos o bastante para decidir se esta é uma oportunidade de compra, mas parecemos estar mais preparados como sociedade para enfrentar o problema

VAREJO DECEPCIONADO?

Black Friday supera prévias, mas vendas do fim de semana ainda perdem para os números registrados em 2019

Segundo índice calculado pela Cielo, as vendas cresceram 6,9% em relação ao ano passado, mas foram 3,8% inferiores ao período pré-pandemia