Menu
2020-03-13T10:48:54-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
nos eua

Trump volta a defender corte de imposto sobre folha de pagamentos

Segundo o presidente dos EUA, o corte ajudaria a direcionar “dinheiro para as pessoas de forma rápida e eficiente”

13 de março de 2020
10:40 - atualizado às 10:48
Donald Trump
Imagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou nesta sexta-feira (13) a defender a aprovação de uma medida para reduzir o imposto sobre folhas de pagamento até o fim deste ano.

Trump disse que só uma medida do tipo faria "grande diferença" e seria "realmente significativa". Segundo o presidente dos EUA, o corte ajudaria a direcionar "dinheiro para as pessoas de forma rápida e eficiente".

Nesta sexta-feira, os futuros dos índices de Nova York avançam mais de 5% — um desempenho que disparou o limite de alta do mercado e interrompeu as negociações desses ativos. Acompanhe nossa cobertura de mercados.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

sob pressão

Inflação e redução do auxílio emergencial já derrubam vendas nos supermercados

Em outubro, a prévia da inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor-15 (IPCA-15) atingiu 0,94%. O resultado é mais que o dobro da inflação registrada em setembro e a maior alta para o mês em 25 anos

efeito pandemia

Setor público tem déficit primário de R$ 64,559 bi em setembro, diz BC

Em função da pandemia, cujos efeitos econômicos se intensificaram em março, o governo federal e os governos regionais passaram a enfrentar um cenário de forte retração das receitas e aumento dos gastos públicos.

AINDA RUIM

Taxa de desemprego atinge 14,4% no trimestre até agosto, a maior desde 2012

País registrou 13,794 milhões de desempregados no período, aumento de 8,5%

VAREJO COMPETITIVO

Fast Shop aposta em conceito ‘luxo’ contra gigantes

Segundo presidente da empresa, expansão em 2020 deve ser de 15% a 20%, elevando a receita do negócio para próximo (ou além) de R$ 5 bilhões

Exile on Wall Street

Tempos modernos, vícios antigos

A indústria ainda tem muito a evoluir no sentido de democratizar produtos eficientes e boas práticas que permitam ao investidor comum internacionalizar sua carteira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies