Menu
2020-02-16T14:05:45-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Aposta na queda

XP deixa de recomendar compra para ações do IRB após nova carta da Squadra

Ações do IRB caem forte após novo documento de gestora, e XP afirma que ainda não obteve esclarecimentos suficientes da companhia para reavaliar os questionamentos levantados pela Squadra

10 de fevereiro de 2020
10:59 - atualizado às 14:05
Bolsa em queda
Imagem: Shutterstock

A XP Investimentos decidiu colocar a recomendação para as ações da resseguradora IRB Brasil em revisão depois da publicação de uma nova carta da gestora Squadra, que possui uma posição relevante vendida em papéis da companhia. A indicação anterior da XP para os papéis era de compra.

A gestora carioca publicou no início do mês uma carta aos investidores na qual argumenta que os resultados da resseguradora não são sustentáveis.

As ações do IRB reagem em forte queda de 12,98% na tarde de hoje, cotadas a R$ 34,40. Desde a publicação do primeiro documento da Squadra, a companhia perdeu 23% do valor de mercado – o equivalente a quase R$ 10 bilhões. Leia também nossa cobertura completa de mercados nesta segunda-feira.

A Squadra aponta uma diferença de R$ 1,5 bilhão entre o resultado contábil registrado pela companhia nos nove primeiros meses de 2019 e o que seria considerado recorrente – sem o efeito de itens que não vão mais se repetir.

O IRB declarou que não poderia comentar o assunto por estar em período de silêncio. Mas a diretoria da companhia promoveu teleconferências com analistas durante a semana passada para rebater os argumentos da Squadra.

A gestora decidiu, então, publicar um novo documento, no qual responde ao IRB e sustenta todos ajustes feitos ao balanço da companhia.

Em relatório a clientes, a XP informa que ainda não obteve esclarecimentos suficientes por parte da companhia para reavaliar os questionamentos levantados pela Squadra.

"Estamos colocando nossa cobertura sob revisão, dada a alta incerteza gerada pela falta de esclarecimentos por parte da empresa", escreveu o analista Marcel Campos.

Eu procurei novamente o IRB, que voltou a informar que não comentaria o assunto por estar em período de silêncio que antecede a divulgação do balanço do quarto trimestre, prevista para o próximo dia 18, após o fechamento dos mercados.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O BC e o coronavírus

Preferimos ter um lado fiscal um pouco pior para que as pessoas possam honrar seus contratos, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, destacou que a instituição se preocupa em dar condições às empresas cumprirem suas obrigações financeiras, evitando um movimento de quebra massiva de contratos

Crise da Covid-19

Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de coronavírus

Em 24 horas, o Brasil notificou mais de mil novos casos de coronavírus e outros 72 casos fatais. A taxa de mortalidade no país está em 4,2%

Em conversa com o setor de varejo

Governo faz o máximo para o dinheiro chegar à ponta final, diz Guedes

O ministro Paulo Guedes, participou de conferência com líderes do setor de varejo neste sábado, detalhando as inciativas do governo na crise do coronavírus

Guerra de preços

Arábia Saudita e Rússia continuam trocando farpas e trazem preocupação ao mercado de petróleo

Arábia Saudita e Rússia voltaram a trocar acusações no âmbito da guerra de preços do petróleo — e já se começa a falar que a reunião emergencial da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) da próxima segunda-feira foi por água abaixo

Impactos

Crise do coronavírus reduz consumo de carne e já paralisa 11 frigoríficos no país

A indústria da carne já começa a sentir os primeiros efeitos da crise do coronavírus, com uma menor demanda por produtos — o que paralisa alguns frigoríficos no país

Seu Dinheiro no Sábado

MAIS LIDAS: Um bilionário na luta contra o coronavírus

A notícia a respeito das iniciativas do bilionário Elon Musk no combate à pandemia de coronavírus foi a mais lida dessa semana no Seu Dinheiro

Ano difícil

Braskem fecha 2019 com prejuízo líquido de R$ 2,8 bilhões, revertendo o lucro de 2018

A Braskem encerrou 2019 com um prejuízo bilionário e contração nas receitas e no Ebitda em relação a 2018

LIÇÕES PARA AVALIAR UM NEGÓCIO

8 formas de saber se é um bom investimento

Na escola, seu boletim é a marca do seu sucesso. Nos negócios, são as demonstrações financeiras. Se você quer ser bem-sucedido, precisa saber como tirar conclusões sobre a saúde da empresa e seu potencial.

Queda do petróleo

Distribuidoras de gás natural pedem à Petrobras antecipação na redução do preço

Associação Brasileira de Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) solicitou à Petrobras uma antecipação para 1 de abril na redução do preço do gás natural que vai ocorrer em maio deste ano, da ordem de 10%

Vendendo aéreas

Warren Buffett vende US$ 390 milhões em ações de companhias aéreas americanas

Buffett reduziu de seu portfólio o número de papéis da Delta Air Lines em 13 milhões, e da Southwest Airlines, em 2,3 milhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements