Menu
2020-06-05T16:56:07-03:00
Efeito coronavírus

Varejo de SP tem perdas de R$ 16 bilhões durante quarentena, diz Fecomercio

O cálculo é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), levando em consideração 72 dias de quarentena até ontem

5 de junho de 2020
16:56
varejo eua
Imagem: Shutterstock

O comércio varejista de São Paulo já contabiliza prejuízo de R$ 16 bilhões por conta do período de isolamento social, que levou ao fechamento dos estabelecimentos para conter a propagação do novo coronavírus.

O cálculo é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), levando em consideração 72 dias de quarentena até ontem (4). Conforme a FecomercioSP, a perda estimada representa 6% de todo o faturamento esperado para o setor este ano. Já o prejuízo diário calculado é de cerca de R$ 220 milhões, o que significa, em média, 30% do total das vendas esperadas por dia.

Mesmo com a retomada gradual das atividades, o quadro ainda deve continuar complicado para o setor. A federação lembra que o tempo de funcionamento dos estabelecimentos poderá ser reduzido, somando-se ainda a um cenário econômico comprometido, que deve ser retomado lentamente. Diante deste cenário, a FcomercioSP reforça a inviabilidade de os comerciantes arcarem com os custos de testes laboratoriais para covid-19, como apontado no decreto publicado pela Prefeitura de São Paulo.

"A FecomercioSP enviou ofício questionando o ônus da realização de testes laboratoriais para o coronavírus ao setor privado", diz. Conforme a federação, o empresariado já passa por uma crise sem precedentes e tem dificuldade de manter os negócios, principalmente no momento da retomada.

A entidade lembra que assim que o governo local informou que faria a reabertura gradual das atividades, a federação apresentou uma pauta de ações para a Prefeitura de São Paulo para a reabertura do comércio local, com sugestões de protocolos de saúde, higiene, regras de autorregulação, fiscalização, política de comunicação e proteção aos consumidores e funcionários. A proposta construída pela Entidade tomou como base as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

presidente da república

Bolsonaro apresenta sintomas de coronavírus e faz novo exame

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que irá realizar um novo exame da covid-19

novos dados

Brasil tem 65,4 mil mortes causadas pela covid-19

Do total de infectados, 927.292 já se recuperaram

seu dinheiro na sua noite

A joia escondida da Cogna

Caro leitor, Olhar para onde ninguém está olhando e conseguir identificar o “valor oculto” das coisas são alguns dos hábitos do bom investidor. A capacidade de enxergar que algo tem valor antes de todo mundo, que existe uma demanda que não está sendo atendida ou que o preço de um ativo está muito abaixo de […]

vai demorar um pouco

Anfavea prevê que mercado de veículos voltará ao ritmo pré-pandemia em 2025

Previsão foi feita nesta segunda-feira. Projeção da Anfavea para 2020 é de retração de 40% nas vendas

tributação progressiva

Proposta de reforma tributária retira benefícios para IRPJ e IRPF, diz secretário da Receita

Secretário da Receita Federal, José Tostes disse que a proposta de reforma tributária do governo federal passará por retirar benefícios e incentivos no Imposto de Renda

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements