Menu
2020-10-29T12:28:38-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
Cartada final?

Stone aumenta parcela em dinheiro e retira multa para fechar compra da Linx

Parte em dinheiro da oferta foi aumentada em R$ 0,50 por ação, elevando a parcela em R$ 89,5 milhões

29 de outubro de 2020
9:54 - atualizado às 12:28
maquininha stone
Imagem: Divulgação

Para tentar sacramentar a compra da Linx (LINX3), a Stone apresentou na quarta-feira (28) duas mudanças a sua proposta: aumentou em R$ 0,50 por ação a parcela em dinheiro a ser paga pelas ações da empresa de tecnologia para o varejo e renunciou à multa compensatória de R$ 112,5 milhões caso o acordo não seja aprovado integralmente.

Com o aumento, a Stone pretende pagar R$ 32,06 em dinheiro, mais 0,0126774 ação Classe A, que permanece inalterada. A medida elevou a parcela em dinheiro em R$ 89,5 milhões. A última proposta Stone totalizava R$ 6,3 bilhões.

A Stone também renunciou à multa, a pedido dos conselheiros independentes da Linx. A cobrança foi criticada pela B3, que criticou impor uma punição sobre a manifestação de manter ou não a companhia listada no Novo Mercado “é prejudicial à plena manifestação de vontade do acionista”.

Importante ressaltar que a Stone só abriu mão da multa prevista no caso de os acionistas rejeitarem a sua oferta. Mas manteve a cobrança de R$ 450 milhões prevista no caso de a Linx aceitar uma proposta concorrente. Lembrando que esse pode ser o caso se os acionistas preferirem fechar negócio com a Totvs.

Em carta à Linx, a operadora de máquinas de cartões disse que o objetivo é "afastar controvérsias que poderiam atrapalhar o bom funcionamento da assembleia geral extraordinária da Linx".

Diante destas mudanças, o conselho de administração da Linx autorizou ontem que a diretoria aceitasse os novos termos e votou por manter sua manifestação favorável à operação com a Stone.

A Linx convocou para 17 de novembro a assembleia de acionistas que discutirá a proposta da Stone. A Totvs permanece na briga. Ela convocou uma assembleia de acionistas para aprovar o protocolo e justificação de incorporação da Linx. A reunião foi marcada 27 de novembro.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

fique de olho

Telefônica Brasil paga R$ 630 milhões em juros sobre capital próprio

Valor tem retenção de imposto de renda na fonte, à alíquota de 15%, resultando no montante líquido de R$ 535,5 milhões, com base no balanço patrimonial de 31 de maio de 2021

seu dinheiro na sua noite

A escalada dos juros e o impacto nos seus investimentos

Os horizontes do atual ciclo de escalada dos juros no Brasil já começam a ficar mais claros, assim como os contornos da política monetária americana.  Hoje os investidores trataram de se ajustar aos sinais enviados pelos bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos na “Super Quarta” de ontem. O mercado de juros rumou para […]

ampliando o portfólio

JBS conclui a aquisição de empresa de produtos à base de plantas Vivera na Europa

Transação inclui três unidades produtivas e um centro de pesquisa e desenvolvimento localizados na Holanda.

atenção, acionista

Vale anuncia pagamento de dividendos; confira os valores

Segundo a mineradora, será considerada a posição acionária de 23 de junho de 2021; empresa passa por bom momento

retomada

Produção de aço cresce 20,3% de janeiro a maio

De janeiro a maio, as vendas internas foram de 10 milhões de toneladas, o que representa uma alta de 46,4% quando comparada com o apurado em igual período do ano anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies