⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-02-11T11:53:23-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Subiu demais?

Presidente do Itaú diz que ainda não vê bolha na bolsa

Alta das bolsas em todo o mundo é efeito das taxas de juros baixas, mas os resultados das empresas com ações listadas de um modo geral também melhoraram, afirmou Candido Bracher

11 de fevereiro de 2020
11:39 - atualizado às 11:53
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco - Imagem: Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo

A bolsa brasileira vive uma bolha provocada após a forte alta dos últimos anos e a migração dos recursos dos investidores que estavam na renda fixa? Questionado sobre o tema, o presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher, disse que não. Pelo menos por enquanto.

"Esse é um fenômeno mundial e não chamaria de bolha ainda", afirmou, durante teleconferência com jornalistas para comentar os resultados do banco em 2019.

Bracher disse que a alta das bolsas em todo o mundo é consequência das taxas de juros baixas. Por outro lado, os resultados das empresas com ações listadas de um modo geral também melhoraram.

"Os múltiplos de lucro e os índices de preço e valor patrimonial estão em níveis bastante aceitáveis, então não vejo sinais de bolha. Mas vejo razão para estarmos atentos a isso", afirmou.

2021 será melhor

Sobre as perspectivas para os resultados do banco, o presidente do Itaú Unibanco disse que o lucro de 2020 será menor ao que seria em uma situação normal por três efeitos: o aumento da alíquota da CSLL, o limite de taxa de juros na linha do cheque especial e a queda da taxa básica de juros.

"Como em 2021 teremos crescimento economia e não haverá imposição de novas restrições, diria que nosso desempenho será melhor que o de 2020", afirmou.

Com o teto na linha de cheque especial e a Selic menor, o Itaú projeta que a margem com clientes neste ano em uma faixa entre estabilidade e um aumento de 3%. Em 2019, essa linha do balanço cresceu 8,6%.

As ações do Itaú reagem bem ao balanço e eram negociadas em alta de 2,77% no pregão de hoje da B3. Leia também nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa fecha setembro no azul, o potencial da Weg (WEGE3) e a semana do bitcoin; confira os destaques do dia

30 de setembro de 2022 - 19:19

O último pregão do mês foi também o último antes da definição do primeiro turno das eleições presidenciais de 2022. Apesar disso, levou um tempo até que a política fosse o principal gatilho para os negócios.  Isso porque o debate final entre os candidatos à chefia do Executivo não trouxe grandes mudanças no cenário-base, já […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa fecha setembro no azul por um triz após nova onda do ‘efeito Meirelles’; dólar vai a R$ 5,39

30 de setembro de 2022 - 18:53

O Ibovespa deixou a política parcialmente de lado no último pregão antes do pleito de domingo

Balanço do mês

Os melhores investimentos de setembro: dólar tem a maior alta do mês, e Brasil vai na contramão do mundo com valorização de quase todos os ativos

30 de setembro de 2022 - 18:42

Títulos prefixados vêm logo em seguida, beneficiados pelo fim do ciclo de alta da Selic no Brasil. Veja o ranking completo dos melhores e piores investimentos do mês

EFEITO MEIRELLES 2.0

Bolsa amplia alta e Magazine Luiza (MGLU3) dispara com novo rumor sobre Henrique Meirelles no governo em caso de vitória do petista

30 de setembro de 2022 - 16:01

Descolando de seus pares internacionais, a bolsa brasileira opera em forte alta, mas o grande destaque fica com a curva de juros e a disparada de ações do setor de consumo

É HORA DE COMPRAR?

Morgan Stanley altera recomendação da Weg (WEGE3) de venda para compra e papel sobe mais de 6%

30 de setembro de 2022 - 15:51

Na avaliação dos analistas, a Weg (WEGE3) tende a se beneficiar das tendências de automação, eletrificação e descarbonização do mercado e pode subir 29,3%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies