Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-11T11:53:23-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Subiu demais?

Presidente do Itaú diz que ainda não vê bolha na bolsa

Alta das bolsas em todo o mundo é efeito das taxas de juros baixas, mas os resultados das empresas com ações listadas de um modo geral também melhoraram, afirmou Candido Bracher

11 de fevereiro de 2020
11:39 - atualizado às 11:53
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco - Imagem: Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo

A bolsa brasileira vive uma bolha provocada após a forte alta dos últimos anos e a migração dos recursos dos investidores que estavam na renda fixa? Questionado sobre o tema, o presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher, disse que não. Pelo menos por enquanto.

"Esse é um fenômeno mundial e não chamaria de bolha ainda", afirmou, durante teleconferência com jornalistas para comentar os resultados do banco em 2019.

Bracher disse que a alta das bolsas em todo o mundo é consequência das taxas de juros baixas. Por outro lado, os resultados das empresas com ações listadas de um modo geral também melhoraram.

"Os múltiplos de lucro e os índices de preço e valor patrimonial estão em níveis bastante aceitáveis, então não vejo sinais de bolha. Mas vejo razão para estarmos atentos a isso", afirmou.

2021 será melhor

Sobre as perspectivas para os resultados do banco, o presidente do Itaú Unibanco disse que o lucro de 2020 será menor ao que seria em uma situação normal por três efeitos: o aumento da alíquota da CSLL, o limite de taxa de juros na linha do cheque especial e a queda da taxa básica de juros.

"Como em 2021 teremos crescimento economia e não haverá imposição de novas restrições, diria que nosso desempenho será melhor que o de 2020", afirmou.

Com o teto na linha de cheque especial e a Selic menor, o Itaú projeta que a margem com clientes neste ano em uma faixa entre estabilidade e um aumento de 3%. Em 2019, essa linha do balanço cresceu 8,6%.

As ações do Itaú reagem bem ao balanço e eram negociadas em alta de 2,77% no pregão de hoje da B3. Leia também nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies