Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-04-22T17:24:02-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Oferta barulhenta

Oferta frustrada da Eneva pela AES Tietê entra na mira da CVM

A xerife do mercado de capitais abriu um processo administrativo para investigar as “notícias, fatos relevantes e comunicados” da AES Tietê

22 de abril de 2020
11:41 - atualizado às 17:24
aes tietê

A tentativa frustrada de combinação de negócios entre as empresas de geração de energia Eneva e a AES Tietê entrou na mira da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A xerife do mercado de capitais abriu um processo administrativo para investigar as “notícias, fatos relevantes e comunicados” da AES Tietê. Não há mais detalhes sobre o procedimento. Como de praxe, a CVM não comenta casos específicos.

Além do processo desta segunda-feira, existem outros dois procedimentos na autarquia, um deles aberto a pedido da gestora HIX Investimentos, acionista da Eneva.

Leia também:

A Eneva decidiu retirar a proposta depois de a americana AES Corp anunciar que não reconheceria a operação caso fosse aprovada em uma assembleia de acionistas.

Em tese, nenhuma oferta pala Tietê iria adiante sem o aval dos americanos, que possuem 61% das ações com direito a voto. A grande questão é que o controlador possui apenas 24% do capital total da AES Tietê, composto também por ações preferenciais.

Como a companhia é listada no nível 2 de governança corporativa da B3, os titulares de ações preferenciais possuem direito a voto em determinadas circunstâncias. Uma delas seria justamente uma proposta de incorporação como a lançada pela Eneva.

A AES Corp, no entanto, entende que a transação não pode ir à frente sem o aval da maioria dos acionistas com ações ordinárias – no caso, ela própria.

No último domingo, o conselho de administração da empresa – controlado pelos americanos – se posicionou contra a proposta da Eneva. A operação foi tratada como uma oferta hostil (sem negociação prévia com a companhia).

A Eneva propôs a incorporação usando como moeda suas próprias ações mais R$ 2,7 bilhões em dinheiro. Na época do anúncio, o valor total representava um prêmio de 13,3% sobre as cotações das units da empresa (TIET11).

O conselho da AES Tietê deixou em aberto a possibilidade de negociar uma proposta alternativa, que permitisse aos acionistas receberem todo o valor em dinheiro. Mas depois da manifestação dos americanos, a Eneva optou por tirar o time de campo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Portfólio integrado

Vitreo vai permitir importação de investimentos de fundos para aplicativo de consolidação da carteiras e Real Valor

A corretora será a primeira a disponibilizar a integração automática com o aplicativo de sincronização de ativos

NO ÚLTIMO MINUTO

Unidade da Evergrande promete pagar em dia juros devidos para amanhã

Anúncio proporciona alívio em meio a temores de calote, mas ações da incorporadora seguem em queda na bolsa de Hong Kong

AINDA SEM ACORDO COM REPUBLICANOS

Na Câmara, democratas aprovam suspensão de teto de dívida nos EUA

Projeto segue agora para o Senado; aprovação é fundamental para evitar o chamado fechamento do governo, mas impasse coloca medida em risco

nova selic hoje

BC deve manter “plano de voo” e elevar taxa básica de juros em 1 ponto, para 6,25% ao ano; saiba o que esperar do Copom

Declaração recente de Campos Neto conteve apostas maiores que a de um ponto; crise hídrica e desaceleração da China podem aparecer em comunicado de decisão

seu dinheiro na sua noite

Costurando uma saída

Não faz muito tempo que usei este mesmo espaço para lembrá-lo de como o mercado não gosta de incertezas e a falta de uma leitura clara sobre o futuro acaba prejudicando os negócios na B3. O dia de hoje veio para provar que, mesmo em meio às incertezas, ter uma noção mais clara do caminho que […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies