⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-01-28T13:53:05-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores

Nunca vi contexto tão favorável para negócios no Brasil, diz CEO do Magazine Luiza

Frederico Trajano afirmou ter planos “extremamente ambiciosos” para a rede varejista nos próximos anos após oferta de ações de quase R$ 5 bilhões

28 de janeiro de 2020
10:34 - atualizado às 13:53
Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza
Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza - Imagem: Divulgação / Credit Suisse

Com a taxa de juros nas mínimas históricas, o contexto para os negócios no Brasil nunca foi tão favorável. A afirmação é de Frederico Trajano, presidente do Magazine Luiza, que disse ter planos “extremamente ambiciosos” para a rede varejista nos próximos anos.

No ano passado, o Magalu captou quase R$ 5 bilhões em uma oferta de ações. Com o caixa reforçado, a rede tem como planos ampliar o marketplace digital, com a venda de produtos de pequenos varejistas pelo site da empresa.

O Brasil conta com 6 milhões de empresas, mas apenas 5% do varejo brasileiro é realizado por canais digitais, segundo o CEO do Magazine Luiza. Na Coreia do Sul, de onde Trajano acabou de voltar, esse percentual é da ordem de 25%.

“Como uma empresa que nasceu no varejo físico e fez essa transição para o digital, queremos passar nossa experiência para essas empresas”, afirmou Trajano, que participou hoje de evento promovido pelo Credit Suisse.

Na discussão sobre o papel do governo desde a eleição de Jair Bolsonaro, o primeiro assumidamente liberal na economia, o mais importante não é o tamanho, mas a eficiência do Estado, segundo o CEO do Magazine Luiza.

Ele citou o exemplo da China, um país com forte presença do Estado e que, segundo ele, foi o que mais gerou e distribuiu riqueza.

Ao defender a eficiência do governo, ele citou uma frase do líder chinês Deng Xiaoping. “Não importa se gato é branco ou pardo, o importante é que cace o rato.”

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Exclusivo Seu Dinheiro

Não perca dinheiro com as eleições: conheça 3 ações que ajudam a proteger sua carteira

30 de setembro de 2022 - 12:00

Guia de sobrevivência mostra tudo o que especialistas indicam para seus investimentos nesta reta final da corrida eleitoral

Fora do ar

App do Itaú passa por segundo dia de instabilidade e clientes reclamam

30 de setembro de 2022 - 11:14

Na quinta-feira, Pix do Itaú e outros bancos já havia ficado fora do ar. Bancos alegaram instabilidade, mas não deram maiores detalhes

ELEIÇÕES 2022

Expectativas frustradas: Debate da Globo termina em 0 x 0 entre Lula e Bolsonaro, mas deixou um perdedor que pode definir a eleição

30 de setembro de 2022 - 11:05

Desempenho fraco de Ciro Gomes pode ser decisivo para definir uma disputa já afunilada há tempos entre Lula e Bolsonaro

CRYPTOSTORM

Como o metaverso deixará de ser o ‘Zoom com avatares’ e se tornará um universo digital? Analistas de criptomoedas e tecnologia respondem

30 de setembro de 2022 - 10:18

“Pra mim só existe o metaverso se a Nvidia for capaz de viabilizar isso. Não tem ninguém que esteja nem sequer perto do que esses caras estão fazendo”, afirma Richard Camargo

Conteúdo especial

Eleições 2022: petroleira privada e mais 3 ações ganham holofotes para 2023, com votação abrindo espaço para Ibovespa subir 25%; entenda

30 de setembro de 2022 - 10:00

Petroleira e ações do setor de saúde, bancário e do ramo de energia se destacam; entenda a fundo no material gratuito que liberamos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies