Menu
2020-09-07T11:41:56-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
negócio feito

Magazine Luiza fecha compra da AiQFome, plataforma de delivery, de olho em digitalização

Segundo a empresa, a aquisição representa mais um passo na estratégia da companhia rumo à digitalização do varejo brasileiro

3 de setembro de 2020
19:09 - atualizado às 11:41
Fila de consumidores em frente à loja Magazine Luiza na Avenida Senador Teotônio Vilela, Cidade Dutra
Imagem: Estadão Conteúdo/Sérgio Neves

O Magazine Luiza divulgou na noite desta quinta-feira (3) a aquisição da startup AiQFome, segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A AiQFome possui mais de 2 milhões de clientes cadastrados e processa 20 milhões de pedidos em termos anualizados, preparados por 17 mil restaurantes, diz o Magalu. Segundo a varejista, a startup cresceu com foco em cidades pequenas e no interior do país.

Hoje, plataforma de delivery está disponível em 350 municípios do país em 21 estados. Segundo informações do site da startup, a trata-se da terceira maior plataforma de delivery do Brasil.

Com base no último mês, a AiQFome movimentou mais de 700 milhões de reais em termos anualizados, crescendo 264% em relação ao mesmo período de 2019.

De acordo com o Magalu, a aquisição representa mais um passo na estratégia da companhia rumo à digitalização do varejo brasileiro.

O negócio ajudará a gigante do varejo a reforçar a expansão dos serviços oferecidos no seu Super App, um conceito de unificação de serviços em um mesmo ambiente. Isso, segundo a companhia, ajudaria a aumentar a frequência de compra dentro do seu ecossistema.

"Adicionalmente, com a AiQFome, o Magalu poderá oferecer sua tecnologia a milhares de restaurantes, bem como serviços como o Magalu Pagamentos e o Magalu Entregas", diz o comunicado.

Na sessão de hoje do Ibovespa, as ações ordinárias do Magazine Luiza despencaram 5,36%, para R$ 88,50. Leia a cobertura completa de mercados do Seu Dinheiro.

Magalu às compras

Este não é o primeiro negócio da companhia em meio à crise gerada pela pandemia de coronavírus.

Há menos de duas semanas, o Magazine Luiza anunciou a aquisição da Stoq, com um olho na digitalização do médio varejista.

No começo de agosto, o Magalu informou as compras das empresas Canaltech e Inloco Media, marcando a entrada da empresa no segmento de publicidade online.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies