Menu
2020-03-30T14:20:38-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
período é de crise

GM propõe suspensão temporária de contratos e redução de salários, diz sindicato

Liberação dos funcionários foi uma reivindicação do sindicato, por meio de licença remunerada e sem redução dos salários.

30 de março de 2020
14:19 - atualizado às 14:20
GM, General Motors
GM, General Motors - Imagem: Shutterstock

A General Motors (GM) propôs nesta segunda-feira, 30, aos funcionários da fábrica de São José dos Campos que eles entrem em regime de lay-off (suspensão temporária de contratos), com redução de até 25% no salários, para atravessar o período de crise econômica que resulta da pandemia do coronavírus. A informação é do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região.

O sindicato afirma que negou a proposta, feita pela montadora por videoconferência, mas pretende levá-la aos trabalhadores nesta segunda-feira, às 16 horas, em uma transmissão online.

Uma nova reunião com a direção da empresa está marcada para quarta-feira. Segundo o sindicato, a GM quer que o lay-off comece no dia 14 de abril.

Parte dos salários seriam pagos com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O restante sairia do caixa da própria empresa. Pela proposta, o porcentual de redução salarial iria variar de acordo com a faixa de remuneração do empregado.

"A General Motors não precisa reduzir salários. É a primeira em produção de automóveis no país. Os trabalhadores têm o direito de permanecer em casa e receber o salário na íntegra", afirma o vice-presidente do sindicato, Renato Almeida, em nota.

A GM tem 3,8 mil funcionários em São José dos Campos, onde produz a picape S10. Enquanto a negociação não é concluída, os trabalhadores da GM iniciaram nesta segunda-feira o período de férias coletivas para impedir a proliferação do coronavírus na fábrica.

A liberação dos funcionários foi uma reivindicação do sindicato, por meio de licença remunerada e sem redução dos salários.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Balanço do mês

Bitcoin e dólar são os melhores investimentos de outubro; ativos de risco ficaram para trás de novo

Por pouco o Ibovespa não ficou entre os melhores investimentos do mês, mas segunda onda de coronavírus na Europa derrubou as bolsas; risco fiscal, eleições americanas e indefinição quanto a estímulos fiscais nos EUA também pesaram

seu dinheiro na sua noite

O saci à solta nos mercados

Não sei dizer exatamente quando nem quem tomou a iniciativa de importar dos países anglófonos a celebração do Halloween, o Dia das Bruxas. O fato é que desde que as crianças brasileiras começaram a sair fantasiadas pedindo doces no último dia de outubro houve uma série de tentativas de “tropicalizar” o evento. Embora não seja […]

Disparou

Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB

Endividamento cresceu 20,2 pontos por causa de pandemia.

fechando a conta

Mais um tombo aí? Ibovespa cai 3% e termina outubro no vermelho, com avanço da covid-19

Índice tem novas perdas fortes em semana difícil e fecha mês em queda de 0,7%. Desempenho reflete mau humor de Nova York com coronavírus e a sangria das ‘big techs’, antes das eleições dos Estados Unidos, fator de incerteza adicional. Após intervenção do Banco Central e com a formação da Ptax, dólar tem queda

pandemia

Governo vai comprar vacina desenvolvida na China, diz Mourão

Vice-presidente disse que polêmica em torno da vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan é “briga política” com Doria

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies