Menu
2020-12-04T06:43:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
na briga

Em meio a IPO da Rede D’Or, Dasa adquire rede de hospitais em SP por R$ 1,77 bi

Com Leforte, companhia passa a ter cinco hospitais na região metropolitana de São Paulo e expande número de leitos de internação para 2,6 mil

4 de dezembro de 2020
6:43
Saúde
Imagem: Shutterstock

O Grupo Dasa, que atua no segmento de diagnósticos e análises clínicas, anunciou nesta quinta-feira (3) a aquisição da rede de hospitais Leforte, em São Paulo. O valor da transação foi de R$ 1,77 bilhão.

A operação compreende oito ativos, incluindo os hospitais Leforte Morumbi, Leforte Liberdade e Hospital e Maternidade Christovão da Gama, além de clínicas gerais e uma especializada em pediatria.

Após a compra, a companhia passará de dois para cinco hospitais na região metropolitana de São Paulo, e expandirá os leitos de internação de 2,1 mil para 2,6 mil. O faturamento combinado dos negócios soma quase R$ 9 bilhões, e a fusão fará com que o grupo tenha mais de 40 mil funcionários.

Agregando elos à cadeia

Para Pedro Bueno, presidente do grupo Dasa, a aquisição é estratégica e fortalece o posicionamento da empresa entre as unidades hospitalares, já que o Leforte é a maior rede regional.

Ela também ocorre no momento em que a Rede D'Or São Luiz, maior grupo hospitalar do País, se prepara para abrir capital visando consolidar o mercado. O Dasa não quer ficar para trás.

"É importante ter capilaridade hospitalar porque conseguimos trazer soluções mais resolutivas e trazer uma rede estrategicamente localizada", afirma Bueno.

De acordo com o executivo, após a aquisição, a Dasa passará a ser o maior grupo de prestação de serviços em todos os elos da cadeia de saúde, sem contar com redes que possuem sua própria operadora de saúde.

"É um diferencial muito grande, e com esse movimento estamos dobrando nossa rede hospitalar. Já somos a segunda maior rede de hospitais independentes do País, dentro do nosso ecossistema de saúde", aponta.

Crescer e engajar

Nos últimos seis meses, a Dasa duplicou a quantidade de hospitais em todo o País, passando de seis para doze unidades. Além da aquisição do Leforte, o grupo anunciou a inauguração do Hospital Águas Claras, em Brasília, e o acordo para aquisição do Grupo Carmo, que reúne dois hospitais na cidade do Rio de Janeiro.

Bueno também destaca que a operação faz parte da estratégia de maior engajamento dos pacientes do grupo, e que está relacionado ao foco na prevenção e cuidado da saúde.

"Nosso objetivo é olhar para a jornada do usuário de ponta a ponta, para agregar mais valor aos médicos e aos pacientes. Queremos antecipar as necessidades de saúde e coordenar para que tenham um desfecho muito melhor", diz.

A aquisição da rede Leforte ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e por outras entidades regulatórias. A composição acionária do grupo não sofrerá alterações. De acordo com a Dasa, um plano de integração será elaborado nos próximos meses.

* Com informações da Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Tamanho menor

Zara fecha sete lojas no Brasil em plano de reorganização

O plano da empresa foi traçado em 2020 e, no Brasil, começou ainda no ano passado, com o fechamento de lojas nas cidades de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP)

Seu Dinheiro no sábado

A única coisa que Bill Gates não pode comprar

Troca de presidente nos Estados Unidos, início da vacinação para covid no Brasil e comunicado do Banco Central com vocabulário novo. A semana que se encerra trouxe novidades importantes. É bem verdade que também teve notícia velha, daquelas que encontramos todos os dias: disputas políticas entre Jair Bolsonaro e João Dória, caos nos hospitais públicos […]

Sem dieta

McDonald’s tem planos de abrir 50 novos restaurantes na América Latina, 80% deles no Brasil

Rede pretende investir até US$ 130 milhões (R$ 690 milhões) na região e também quer reforçar o drive-thru, delivery e o aplicativo

Bilionário imunizado

Adivinha quem já foi vacinado? Bill Gates compartilha foto e diz como se sente após tomar 1ª dose

Fundador da Microsoft compartilhou foto do momento em que era vacinado e enalteceu o trabalho dos cientistas, voluntários e profissionais da saúde que trabalham no combate à pandemia

Início de cobertura

Após queda de 56%, XP revela o que espera das ações da dona da rede de restaurantes Frango Assado e Pizza Hut no Brasil

Os analistas da corretora iniciaram a cobertura das ações da IMC com recomendação neutra e preço-alvo de R$ 4,00, o que indica um potencial de alta de 8%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies