Menu
2020-10-27T18:56:22-03:00
Rafael Lara
Rafael Lara
Estudante de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Trabalhou em empresas como: TV Gazeta, Suno Research e Portal iG.
Vai comprar?

BB Investimentos eleva preço-alvo da Unidas após resultados positivos no trimestre

A companhia teve um volume recorde na venda de carros e uma alta de 65,4% na receita líquida de seminovos, comparando com 2019

27 de outubro de 2020
16:14 - atualizado às 18:56
o BB Investimentos comunicou que decidiu elevar o preço-alvo das ações da Unidas (LCAM3)o BB Investimentos comunicou que decidiu elevar o preço-alvo das ações da Unidas (LCAM3)
o BB Investimentos comunicou que decidiu elevar o preço-alvo das ações da Unidas (LCAM3) - Imagem: Shutterstock

Após o lucro recorde anunciado pela Unidas no terceiro trimestre deste ano, a BB Investimentos decidiu elevar o preço-alvo das ações da locadora de veículos (LCAM3) de R$ 21,00 para R$ 30,00 para o final de 2021. Ao mesmo tempo, os analistas reiteraram a recomendação de compra para os papéis.

Leia também:

As ações da Unidas fecharam em alta de 3,24% nesta terça-feira (27), a R$ 26,73 - no ano os papéis acumulam avanço de cerca de 19%. Leia também nossa cobertura completa de mercados.

O grande destaque do balanço da Unidas foi o volume de venda de carros, segundo os analistas. A empresa registrou uma alta de 65,4% na receita líquida de seminovos em relação ao mesmo período de 2019.

Além disso, a Unidas teve um aumento de 3,1 p.p (pontos percentuais) em sua margem Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização).

Em relatório, a BB Investimentos também destaca o segmento de aluguel de carros (RAC), que adotou a redução de tarifas (-10,6% em comparação a 2019) e cresceu 14,3% no volume de diárias ao ano.

"Em suma, a Unidas demonstrou que sua estratégia e seu modelo de negócio permitem operar com flexibilidade", afirma a BB Investimentos.

Ainda segundo os analistas, a Unidas deve se beneficiar da tendência de crescimento na locação de veículos, sustentada pela mudança de comportamento em alugar o veículo mensalmente e na maior utilização dos aplicativos de compartilhamento de veículos, como o Uber, em substituição ao transporte público de massa.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

pandemia

Estudo aponta relação entre negacionismo de Bolsonaro e evolução da pandemia no Brasil

Segundo o levantamento, em cidades onde o presidente obteve mais de 50% dos votos no segundo turno das eleições de 2018, número de mortes foi 415% maior do que nos municípios onde ele perdeu o pleito

Insistência incomoda

Ex-presidente do BC Affonso Pastore acredita que ajuste parcial da Selic é insustentável

O economista defende o reconhecimento explícito de que a instituição perseguirá o ajuste integral da taxa básica de juros

Turbulência

Latam reduz prejuízo em 79% e anota perda de US$ 430,8 milhões no 1º trimestre

A receita operacional total da aérea foi de US$ 913,1 milhões no primeiro trimestre, queda de 61,2% sobre o mesmo período de 2020

Bitcoin popular

Goldman Sachs e Citibank anunciam novos investimentos em bitcoin

A ideia é tentar oferecer a maior variedade de serviços e evitar as oscilações, típicas e comuns no mundo das criptomoedas

Movimentação societária

CCR em disparada: por que a saída da Andrade Gutierrez do bloco de controle ajuda as ações?

As ações ON da CCR lideram os ganhos no Ibovespa após a Andrade Gutierrez receber proposta para a venda de sua fatia na companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies