Menu
2021-05-06T15:15:30-03:00
Larissa Vitória
Explica direito isso aí...

Procon-SP cobra explicações de Gol, Azul, Latam e mais 7 aéreas sobre cancelamentos, remarcações e reembolsos na pandemia

As empresas têm até o dia 10 de maio para responderem questionamentos sobre sua política de comercialização de passagens no período

6 de maio de 2021
15:15
Passagem de avião
Imagem: Shutterstock

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP) quer que dez empresas aéreas, entre elas as líderes do setor Gol, Azul e Latam, expliquem detalhes sobre sua política de comercialização de passagens durante a pandemia da covid-19.

"O Procon-SP quer que as empresas tornem mais claras as políticas que estão sendo adotadas quanto aos cancelamentos, reagendamentos e reembolsos, a fim de verificar se as regras vigentes estão sendo realmente aplicadas", afirma Fernando Capez, diretor executivo do órgão.

Além das gigantes brasileiras, TAP Air Portugal, Air France, Iberia, Lufthansa, American Airlines, Alitalia e Air Europa também estão entre as citadas na notificação e têm até a próxima segunda-feira (10) para apresentar suas respostas.

Tudo preto no branco

A fundação questiona, entre outros pontos, quais são os termos e condições gerais de contratação dos bilhetes para embarque e desembarque em 2020/2021 e a política de remarcação, cancelamento e desistência de reservas de voos no período.

As empresas também deverão comprovar o funcionamento de seus canais de atendimento aos consumidores para recebimento e tratamento de demandas relacionadas à pandemia da Covid-19.

Além disso, o Procon-SP cobra a apresentação de processos integrais de reembolso em razão de cancelamento de voos pela companhia e documentos que comprovem os índices de atualização monetária aplicados aos montantes devolvidos aos consumidores no período.


Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Maquininhas internacionais

De malas prontas: presidente da Getnet revela planos para o início das operações na Europa em 2022

A empresa se tornou peça-chave nos planos do espanhol Santander de criar uma plataforma global de pagamentos

Renda variável

Na batalha das corretoras, Rico vai zerar taxa em operações com opções

A medida busca tornar a corretora mais competitiva e reforçar a atuação do grupo no ramo da renda variável

Concursos públicos

De olho nos concurseiros, Yduqs anuncia aquisição da plataforma de EaD Qconcursos

Plataforma de cursos preparatórios para concursos públicos tem 412 mil alunos pagantes e mira mercado potencial de 17 milhões de pessoas; valor da operação não foi divulgado

Mostrando as garras

Dirigente do Fed fala em alta de juros em 2022 e admite postura mais agressiva contra inflação

Em entrevista à CNBC, Bullard disse que o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) adotou uma posição mais dura no encontro deste mês

Entrando no pet shop

O plano da BRF: colocar comida na sua mesa e ração no potinho do seu pet

A BRF comprou o grupo Hercosul, produtor e distribuidor de ração para cães e gatos, entrando no mercado pet. Entenda o racional da operação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies