Menu
2020-06-08T06:54:08-03:00
Estadão Conteúdo
efeito coronavírus

Produção industrial alemã sofre queda histórica de 17,9% em abril

Queda, a maior registrada numa série histórica iniciada em janeiro de 1991, foi mas intensa do que o declínio de 16,8% previsto por analistas consultados pelo The Wall Street Journal

8 de junho de 2020
6:53 - atualizado às 6:54
indústria dados ibge
Imagem: Shutterstock

A produção industrial da Alemanha sofreu um tombo histórico de 17,9% em abril ante março, diante do violento impacto econômico da pandemia de coronavírus, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pela Destatis, a agência de estatísticas do país.

A queda, a maior registrada numa série histórica iniciada em janeiro de 1991, foi mas intensa do que o declínio de 16,8% previsto por analistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Apenas a produção manufatureira encolheu 22,1% na comparação mensal de abril, enquanto o setor de construção diminuiu 4,1% no período.

Em relação a igual mês do ano passado, a produção geral da indústria alemã recuou 25,3% em abril no cálculo sem ajustes, informou a Destatis.

Os números da produção industrial de março foram revisados, mostrando queda de 8,9% ante fevereiro e redução de 11,3% no confronto anual.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

NÚMEROS DA PANDEMIA

Brasil registra 209,9 mil mortes e 8,48 milhões de casos de covid-19

Nas últimas 24 horas, foram notificados 551 óbitos e 33.040 novos diagnósticos de covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde

entrevista exclusiva

Para Figueiredo, da Mauá e ex-BC, as ações no Brasil estão baratas

Sócio fundador da Mauá Capital diz que economia deve se recuperar e a Bolsa terá bom desempenho em 2021, desde que não haja descuido do lado fiscal

SD PREMIUM

Segredos da Bolsa: Semana promete ser agitada com Copom, IBC-Br, Biden e mais…

A semana promete ser agitada, com importantes indicadores no radar e a “mudança de guarda” nos Estados Unidos

Temos vacina!

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca

Primeiros profissionais de saúde já foram vacinados em pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria

Mais uma recomendação

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Mais cedo, área técnica havia defendido aprovação da CoronaVac

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies