⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-02-05T16:58:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Na conta do dólar

Posição cambial líquida do Banco Central encerra janeiro em US$ 329,850 bilhões

No fim de dezembro, a posição cambial da autoridade monetária estava em US$ 327,801 bilhões

5 de fevereiro de 2020
16:58
Notas de dólares
Dólar - Imagem: Shutterstock

A posição cambial líquida do Banco Central atingiu US$ 329,850 bilhões no encerramento de janeiro, conforme dados divulgados nesta quarta-feira, 5, pela instituição. No fim de dezembro, essa posição estava em US$ 327,801 bilhões.

A posição traduz o que está disponível para que o BC faça frente a alguma necessidade de moeda estrangeira - como fornecer liquidez ao mercado em momentos de crise, por exemplo.

A posição leva em conta as reservas internacionais, o estoque de operações de linha do BC (venda de dólares com compromisso de recompra), a posição da instituição em swap cambial e os Direitos Especiais de Saque (DES) do Brasil no Fundo Monetário Internacional (FMI).

Base monetária

O saldo da base monetária atingiu R$ 317,959 bilhões em janeiro, pelo conceito de fim de período, informou o Banco Central. Em dezembro, a base monetária estava em R$ 316,587 bilhões.

A base monetária é a soma do total de papel moeda emitido com as reservas bancárias registradas pelas instituições financeiras.

Situação dos bancos

O BC também divulgou que os bancos fecharam janeiro com posição vendida no câmbio à vista de US$ 34,261 bilhões. Trata-se da maior posição vendida desde setembro de 2016, quando estava em US$ 35,936 bilhões.

No fim de 2019, essa posição estava vendida em US$ 33,931 bilhões.

As instituições financeiras atuam como contrapartes em operações cambiais. Assim, quando há remessas de moeda estrangeira ao exterior, elas fornecem dólares a empresas e fundos, por exemplo, para envio. Neste caso, a "posição vendida" das instituições tende a aumentar.

Em movimento contrário, quando há entrada de recursos no Brasil, as instituições financeiras recebem os dólares, o que reduz a "posição vendida" ou eleva a "posição comprada".

A posição dos bancos no mercado à vista também é alterada sempre que o BC realiza leilões de dólares. Assim, quando o BC vende moeda aos bancos, a posição vendida à vista tende a diminuir.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa futuro perde o fôlego após abertura e e segue na contramão do exterior; dólar cai

30 de setembro de 2022 - 9:05

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam sem direção definida nesta sexta-feira (29). No exterior, os investidores repercutem o recorde de inflação na Zona do Euro e aguardam o índice de consumo dos EUA, o PCE, dado preferido de atividade econômica do Federal Reserve (Fed). No Brasil, o dia deve ser de cautela devido a […]

CAÇADOR DE TEDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 4% com ações da BrasilAgro (AGRO3); confira a recomendação

30 de setembro de 2022 - 8:15

Identifiquei uma oportunidade de swing trade baseada na análise quant – compra dos papéis de BrasilAgro (AGRO3). Veja os detalhes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Está chegando a hora: Primeiro turno das eleições, ações de petroleiras, Vale (VALE3) e as notícias que mexem com seus investimentos

30 de setembro de 2022 - 8:14

Nem só da expectativa com a eleição vai se alimentar o mercado hoje. Investidores também estarão de olho nos indicadores, com a divulgação da taxa de desemprego e os números da relação dívida/PIB

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Ibovespa digere debate quente da Globo, mas deve embarcar na alta das bolsas internacionais hoje

30 de setembro de 2022 - 7:46

O índice de inflação dos Estados Unidos é o número mais importante do dia e pode azedar a alta das bolsas nesta manhã

AUTOMÓVEIS

Novo Citroën C3 acirra a disputa pelos compactos. Mas qual é o melhor carro 1.0?

30 de setembro de 2022 - 7:12

Com o lançamento do novo Citroën C3, fizemos um raio-x dos seus principais concorrentes, que se posicionam nos segmentos de entrada e de hatches compactos, conforme a versão. Os resultados podem te surpreender

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies