Menu
2020-04-10T08:14:56-03:00
Após colapso no mercado

Opep confirma acordo para cortar produção de petróleo, mas falta aval de um país

Países vão reduzir produção coletiva em mais 10 milhões de barris por dia após concluírem uma reunião virtual de mais de 11 horas, mas ainda aguardam aprovação do México

10 de abril de 2020
8:14
Barril de petróleo e mapa mundi
Barril de petróleo e mapa mundi - Imagem: Shutterstock

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados que incluem a Rússia confirmaram nesta sexta-feira que chegaram a um acordo para reduzir sua produção coletiva em mais 10 milhões de barris por dia (bpd), após concluírem uma reunião virtual de mais de 11 horas. O México, porém, ainda não endossou o acerto.

O acordo, que vem num momento em que a pandemia do coronavírus tem prejudicado fortemente a demanda por petróleo, prevê que o corte fique em vigor por dois meses, a partir de 1° de maio, segundo comunicado divulgado pela Opep nas primeiras horas de hoje.

A Opep+ (como é conhecido o grupo formado pela Opep e aliados) decidiu ainda que o corte na produção diminuiria para 8 milhões de bpd ao longo do segundo semestre de 2020.

A partir de janeiro de 2021, passaria a valer uma redução de 6 milhões de bpd na oferta, que ficaria em vigor até abril de 2022.

O acerto foi aprovado por todos os participantes da Opep+, com exceção do México. Por esse motivo, a implementação do acordo dependerá do aval mexicano, explica o comunicado.

Em mensagem publicada no Twitter, a ministra de Energia do México, Rocío Nahle, disse que seu país estaria disposto a cortar sua produção em 100 mil bpd nos próximos dois meses.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

inflação de alimentos

Após ouvir cobrança, Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado

Ministra da Agricultura avisou que atual patamar de preços só deve baixar mesmo a partir de 15 de janeiro, quando entrar a safra brasileira.

ranking da forbes

Varejo invade lista de mais ricos do Brasil; saiba mais sobre os bilionários

Luiza Trajano, Ilson Mateus e Luciano Hang chegam entre os 10 mais ricos do país, em um ano marcado por mudanças no setor varejista, alta das ações e IPOs

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

em recuperação judicial

Justiça dos EUA libera empréstimo de US$ 2,4 bi da Latam

Nova proposta retirou cláusula questionada por minoritários

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements