Menu
2020-12-20T16:37:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
cepa mais infecciosa

França, Alemanha e Itália suspendem voos do Reino Unido, após mutação mais infecciosa do coronavírus

Não há evidências de que mutação seja mais letal do que a sua versão anterior ou que cause sintomas mais fortes, disse premiê britânico, Boris Johnson, ao anunciar medidas de restrição no sábado

20 de dezembro de 2020
13:00 - atualizado às 16:37
Coronavírus
Coronavírus - Imagem: Shutterstock

França, Alemanha, Itália, Bélgica e Holanda estão entre os países que anunciaram a suspensão de voos do Reino Unido, após cientistas reconhecerem uma mutação do coronavírus que permite uma disseminação mais acelerada da covid-19.

O país francês foi o último a decidir, neste domingo, pela suspensão de voos do Reino Unido em função da variante do vírus.

Mais cedo, a agência de notícias AFP já havia informado que a Alemanha também estava considerando "seriamente" limitar os voos do Reino Unido, citando uma pessoa do governo alemão.

Os Estados Unidos, por ora, não devem decidir pela suspensão, segundo o secretário-assistente do Departamento de Saúde do país, Dr. Brett Giroir.

A nova cepa do vírus ainda está sendo investigada por estudiosos britânicos. Até agora, não há evidências de que ela seja mais letal do que a sua versão anterior ou que cause sintomas mais severos, disse o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, no sábado (19).

Mais de mil pessoas foram infectadas pela mutação do Sars-Cov-2 no sul da Inglaterra, o que forçou Johnson a anunciar ontem medidas de restrição de circulação próximas das festas de fim de ano.

Hoje, a Itália e a Áustria já tinham anunciado a suspensão de voos do Reino Unido. O ministro das Relações Exteriores italiano, Luigi Di Maio, escreveu no Twitter que o governo italiano estava preparando uma medida para o bloqueio, sem indicação de quando a ordem entrará em vigor.

Bélgica e Holanda, por sua vez, já haviam cancelado temporariamente a entrada de voos vindos do Reino Unido em seus territórios.

Mutação já foi identificada no Brasil

A mutação não é totalmente nova: ela já foi encontrada, inclusive, no Brasil, no mês de abril, além de ter sido identificada também na Austrália e nos Estados Unidos.

Na sexta de noite, a agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos trouxe uma novidade ao departamento de vacinas contra a covid-19, ao autorizar o uso emergencial da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Moderna.

O FDA deliberou pelo uso do imunizante em pessoas com 18 anos ou mais, uma semana após ter aprovado a vacina da Pfizer em parceria com a BioNTech. Deste modo, o país passa a ter dois imunizantes aprovados contra o coronavírus.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

SERÁ QUE VAI SEXTAR?

Ibovespa busca mais uma alta semanal na cola da Vale e da Petrobras

Apetite por risco lá fora, bons resultados trimestrais e pausa na CPI devem dar uma folga para investidores hoje

cardápio de balanços

CCR, Cyrela Realty, EcoRodovias, IRB, BR Malls, Magalu e Petrobras: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

Resultados das empresas no primeiro trimestre ajudam a movimentar o pregão nesta sexta; veja os principais números

IR 2021

Imposto de Renda: Como declarar compra e venda parcelada de imóvel sem financiamento bancário?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

SEXTOU COM O RUY

O que uma pesquisa no Google diz sobre as ações com maior potencial na reabertura da economia

De maneira geral, as pessoas estão com vontade de sair de casa, até mesmo para fazer coisas que nem gostavam tanto assim — como ir ao teatro, no meu caso

balanço do dia

Covid-19: Brasil tem 430.417 mortes e 74.592 novos casos da doença

O Brasil bateu a marca das 430 mil vidas perdidas para a pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas foram registradas 2.383 novas mortes. Com isso, o total de vítimas que não resistiram à covid-19 chegou a 430.417. Ainda há 3.671 óbitos em investigação. Isso ocorre porque há casos em que um paciente morre, […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies