Menu
2020-12-19T09:00:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
2º imunizante autorizado no país

Estados Unidos aprovam vacina da Moderna para uso emergencial

Agência reguladora anunciou a decisão na noite de sexta-feira; país já utiliza o imunizante da Pfizer

19 de dezembro de 2020
8:58 - atualizado às 9:00
Moderna
Moderna - Imagem: Shutterstock

A agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos (Foods and Drugs Administration, o FDA) autorizou, na noite da sexta-feira (19), o uso emergencial da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Moderna.

O FDA deliberou pelo uso do imunizante em pessoas com 18 anos ou mais, uma semana após ter aprovado a vacina da Pfizer em parceria com a BioNTech. Deste modo, o país passa a ter dois imunizantes aprovados para uso contra o coronavírus.

Testes da vacina apontaram que ela era capaz de proteger contra o desenvolvimento de covid-19 e era segura, embora alguns participantes do estudo experimentassem efeitos colaterais, incluindo febres e dores musculares.

De acordo com testes da fase 3, o imunizante obteve eficácia de 94,5%. Os testes da Moderna foram realizados com 30 mil pessoas. Dos voluntários, 90 que receberam placebo contraíram coronavírus, enquanto apenas 5 dos que receberam a vacina.

A Moderna é uma empresa de biotecnologia de 10 anos que nunca teve um produto liberado pelo FDA.

A companhia já fez milhões de doses e as autoridades federais americanas agora esperam que a Moderna comece a enviar doses dentro de 24 horas após a autorização. Os hospitais e outros locais de vacinação receberão as vacinas já na segunda-feira.

A vacinação de profissionais de saúde e residentes de lares de idosos e assistência médica domiciliar usando a usando a vacina de Pfizer e BioNTech já começou. A diferença é que a vacina da Pfizer pode ser usada em pessoas a partir de 16 anos.

Atualmente, os Estados Unidos possuem 17,5 milhões de casos de coronavírus e registram 313,7 mil mortes, de acordo com dados da universidade Johns Hopkins.

A notícia poderá, na segunda (21), embalar os mercados acionários ao redor do globo uma vez mais. O Ibovespa, inclusive, está cada vez mais perto do topo histórico, enquanto os índices acionários à vista nos EUA já renovaram máximas de fechamento em 2020.

*Com informações de Wall Street Journal e G1

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Fim de uma era?

Grupo Globo anuncia o fim da revista Época; publicação passará a circular como encarte de jornal

O site da publicação também será integrado ao do jornal em uma decisão que busca enfrentar a transição do conteúdo físico para o online

Explica direito isso aí...

Procon-SP cobra explicações de Gol, Azul, Latam e mais 7 aéreas sobre cancelamentos, remarcações e reembolsos na pandemia

As empresas têm até o dia 10 de maio para responderem questionamentos sobre sua política de comercialização de passagens no período

Melhorias no ar

Azul divulga projeções e aposta em recuperação total no início de 2022

A companhia aérea foi a única das Américas a aumentar seu caixa em 2020 e aposta em um Ebitda de cerca de R$ 4 bilhões no próximo ano

Podcast Tela Azul

CASH3: Conheça a Méliuz, sua estratégia de cashback e saiba por que esta ação tech está bombando

Em entrevista para o Podcast Tela Azul da Empiricus, Lucas Marques, COO da Méliuz, conta sobre a onda da estratégia de cashback e como ela funciona. É falado também do atual foco da companhia em Growth, e dos planos futuros. Entenda o que é o “jabutiCAC”, jargão que surgiu nesta edição.

Desceu redondo

Na Ambev, a venda de cerveja garantiu o happy hour no primeiro trimestre

A Ambev reportou forte crescimento na receita líquida e no lucro no primeiro trimestre, impulsionada pelas vendas de cerveja no Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies