Menu
2020-08-25T11:21:30-03:00
Estadão Conteúdo
Em meio à crise

Investimento direto no país soma US$ 2,685 bi em julho, revela BC

No acumulado do ano até julho, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo somou US$ 25,527 bilhões. A estimativa do BC para este ano é de IDP de US$ 55,0 bilhões.

25 de agosto de 2020
11:21
dinheiro dólar
Imagem: Shutterstock

Em um ambiente de incertezas sobre o futuro do Brasil, na esteira da pandemia do novo coronavírus, os Investimentos Diretos no País (IDP) somaram US$ 2,685 bilhões em julho, informou nesta terça-feira, 25, o Banco Central.

O resultado ficou dentro das estimativas apuradas pelo Projeções Broadcast, que iam de US$ 400 milhões a US$ 4,00 bilhões, com mediana de US$ 2,21 bilhões. Pelos cálculos do Banco Central, o IDP de julho indicaria entrada de US$ 2,0 bilhões.

No acumulado do ano até julho, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo somou US$ 25,527 bilhões. A estimativa do BC para este ano é de IDP de US$ 55,0 bilhões.

No acumulado dos 12 meses até julho deste ano, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 62,555 bilhões, o que representa 3,94% do Produto Interno Bruto (PIB).

Investimento em ações

O investimento estrangeiro em ações brasileiras ficou positivo em US$ 330 milhões em julho, informou o Banco Central. Em igual mês do ano passado, o resultado havia sido positivo em US$ 4,149 bilhões.

No acumulado do ano até julho, o saldo ficou negativo em US$ 17,519 bilhões.

Já o investimento líquido em fundos de investimentos no Brasil ficou positivo em US$ 3 milhões em julho. No mesmo mês do ano passado, ele havia sido positivo em US$ 730 milhões. No acumulado do ano até julho, os aportes somam US$ 244 milhões nos fundos.

O saldo de investimento estrangeiro em títulos de renda fixa negociados no País ficou positivo em US$ 553 milhões em julho. No mesmo mês do ano passado, havia ficado positivo em US$ 106 milhões. No ano, o saldo em renda fixa ficou negativo em US$ 10,840 bilhões.

Taxa de rolagem

O Banco Central informou que a taxa de rolagem de empréstimos de médio e longo prazos captados no exterior ficou em 42% em julho. Esse patamar significa que não houve captação de valor em quantidade suficiente para rolar compromissos das empresas no período.

O resultado ficou abaixo do verificado em julho do ano passado, quando a taxa havia sido de 115%.

De acordo com os números apresentados nesta terça pelo BC, a taxa de rolagem dos títulos de longo prazo ficou em 22% em julho. Em igual mês de 2019, havia sido de 2%. Já os empréstimos diretos atingiram 61% no mês passado, ante 221% de julho do ano anterior.

No ano até julho, a taxa de rolagem total ficou em 84%. Os títulos de longo prazo tiveram taxa de 61% e os empréstimos diretos, de 92% no período. O BC estima taxa de rolagem de 100,0% para 2020.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Mercado imobiliário

BofA está otimista com a construção civil e considera a Cyrela sua ação preferida do setor

Em relatório, analistas da instituição se mostraram otimistas com construtoras brasileiras e disseram que mercado imobiliário está apenas no começo de uma recuperação de vários anos

ANO PERDIDO

Iata piora projeção para demanda por viagens aéreas em 2020

Demanda global deve cair 66% em 2020; estimativa anterior era de queda de 63%

Aquisição

Bradesco reforça carteira digital Bitz com aquisição da fintech DinDin

Os atuais clientes da DinDin vão migrar para o aplicativo do Bitz, em um plano de transição que será elaborado após o fechamento do negócio, cujo valor não foi revelado

POTENCIAL DE ALTA DE 26,5%

Credit Suisse eleva preço-alvo de Gerdau diante do bom momento do mercado de aço

Analistas de banco suíço esperam recuperação do mercado de aço e espaço para ajustes positivos de preços

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements