Menu
2020-05-15T06:38:18-03:00
Estadão Conteúdo
efeito coronavírus

Economia alemã encolhe 2,2% no 1º trimestre e entra em recessão

Queda é a maior registrada desde o primeiro trimestre de 2009, mas analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam redução ainda mais acentuada do PIB alemão, de 2,5%

15 de maio de 2020
6:38
Bandeira da Alemanha
Alemanha - Imagem: shutterstock

O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha encolheu 2,2% no primeiro trimestre de 2020 ante o quarto trimestre do ano passado, diante do violento impacto econômico da pandemia de coronavírus, segundo dados preliminares com ajustes sazonais publicados hoje pela Destatis, a agência de estatísticas do país.

A queda é a maior registrada desde o primeiro trimestre de 2009, mas analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam redução ainda mais acentuada do PIB alemão, de 2,5%.

Em relação a igual período de 2019, o PIB da maior economia europeia sofreu contração de 2,3% entre janeiro e março. Também neste caso, a projeção do mercado era de recuo de 2,5%.

A Destatis também revisou o PIB alemão do quarto trimestre ante o terceiro trimestre de 2019, de estável para declínio de 0,1%. Com perdas acumuladas em dois trimestres seguidos, a economia da Alemanha entrou em recessão técnica.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies