Menu
2020-10-05T15:07:59-03:00
Estadão Conteúdo
de olho na demanda

Carteira total de crédito deve crescer 9,4% em 2020, diz Febraban

Segundo a Febraban, os resultados são fruto, principalmente, do sucesso dos programas de crédito público implementados pelo setor bancário

5 de outubro de 2020
15:07
crédito cartão
Imagem: Shutterstock

A carteira total de crédito no Brasil deverá crescer 9,4% em 2020 na comparação com o ano anterior, apontou nesta segunda-feira, 5, a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), conforme pesquisa realizada entre 23 e 30 de setembro, mostrando mais otimismo em relação ao levantamento anterior. Na pesquisa de agosto a expectativa era de expansão de 6,3% da carteira.

Segundo a Febraban, os resultados são fruto, principalmente, do sucesso dos programas de crédito público implementados pelo setor bancário. A melhora na avaliação do cenário é resultado, principalmente, da revisão para cima do desempenho do crédito direcionado, cuja previsão de expansão mais que dobrou, passando de 3%, em agosto, para 7,1%, em setembro.

Para os clientes pessoas jurídicas, a projeção passou de uma alta de 12,3% para 15,7%. Já para a carteira de crédito destinado aos clientes pessoas físicas passou de 5,6% para 6,7%. A Febraban explica que esse aquecimento é influenciado tanto pela recuperação da atividade econômica quanto pela continuidade da elevada demanda por capital de giro pelas empresas.

Para 2021, a pesquisa também captou melhora. O desempenho esperado da carteira de crédito total passou de alta de 7% para 7,2% na pesquisa atual.

O levantamento mostrou que para a grande maioria dos participantes (94,7%) a taxa básica de juros deve fechar o ano em 2% ao ano e nenhum dos respondentes acredita que o Copom fará cortes na Selic em sua próxima reunião, nos dias 27 e 28 de outubro).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Mercado aquecido

O minério de ferro virou pedra preciosa — e Vale e siderúrgicas são joias na bolsa

O minério de ferro sobe forte desde 2020 e já vale mais de US$ 200 a tonelada. Um cenário animador para Vale, Gerdau, CSN e Usiminas

Segue na gaveta

Após defender proposta do governo, Guedes afirma não estar surpreso com falta de avanço da reforma administrativa na pandemia

O ministro também criticou a estabilidade após pouco tempo de serviço público, um dos alvos da proposta de reforma do governo

INVESTIMENTOS

ETF de criptomoedas: conheça o HASH11, a oportunidade de comprar bitcoin e outras 5 criptos na bolsa com um clique

Com esse fundo, é possível ter exposição a criptoativos de maneira simples, segura e regulada. Em entrevista ao podcast RadioCash, executivos da gestora brasileira Hashdex explicam quais os riscos e oportunidades do ETF e desse criptomercado, confira:

Na CCJ da Câmara

Reforma administrativa é bastante moderada e foi fruto de muita conversa, diz Guedes

Depois de muito tempo engavetada, a proposta de reforma administrativa foi enviada ao Congresso no começo de setembro do ano passado e não tem impacto na estabilidade e nos salários dos atuais funcionários públicos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies