Menu
2020-10-08T16:15:37-03:00
Estadão Conteúdo
Presidente do BC

Campos Neto diz que resposta fiscal foi maior em países de direita

A resposta fiscal média dos países de esquerda foi de 5,2% do Produto Interno Bruto (PIB). No caso dos países de direita, foi de 7,5% do PIB.

8 de outubro de 2020
16:15
Roberto Campos Neto
Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central - Imagem: Raphael Ribeiro/Banco Central do Brasil

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, indicou nesta quinta-feira, 8, no evento Itaú LatAm Day, que países com orientação política de direita apresentaram uma resposta fiscal maior durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Em apresentação para o evento, Campos Neto mostrou um gráfico, formulado pelo Banco Central, que divide os países em dois grupos: aqueles politicamente mais orientados para a esquerda e aqueles politicamente mais orientados para a direita. Conforme os dados, a resposta fiscal média dos países de esquerda foi de 5,2% do Produto Interno Bruto (PIB). No caso dos países de direita, foi de 7,5% do PIB.

A apresentação de Campos Neto, no entanto, não revela quais são os países incluídos em cada um dos grupos (de esquerda e de direita).

No evento, Campos Neto reforçou uma série de mensagens dos documentos mais recentes do BC sobre política monetária. Conforme o presidente do Banco Central, "o espaço remanescente para utilização da política monetária, se houver, deve ser pequeno".

"Consequentemente, eventuais ajustes futuros no atual grau de estímulo ocorreriam com gradualismo adicional e dependerão da percepção sobre a trajetória fiscal, assim como de novas informações que alterem a atual avaliação do Copom sobre a inflação prospectiva", registrou Campos Neto na apresentação do evento.

Estímulo monetário continuará alto, afirma Campos Neto

O presidente do BC também reafirmou que "a conjuntura econômica continua a prescrever estímulo monetário extraordinariamente elevado" e que a instituição não tem a "intenção de reduzir o grau de estímulo monetário".

O presidente do BC também repetiu, no evento, que os dados recentes sugerem que os gastos do consumidor nos EUA estão voltando aos níveis pré-crise.

No caso da Europa, segundo ele, o choque provocado pela pandemia do novo coronavírus afetou países e setores de forma assimétrica. "A recuperação começou em maio, após perdas severas em abril", registrou Campos Neto.

Sobre a China, o presidente do BC afirmou que a recuperação econômica é rápida, apesar de incompleta. No caso dos países emergentes, a avaliação é de que as condições financeiras seguem restritas para aqueles que possuem fundamentos desfavoráveis.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Guerra das maquininhas

Cielo mostra evolução no trimestre, mas ainda está longe do fim do túnel

Empresa conseguiu melhorar o volume de transações realizadas nas maquininhas de cartão e ampliou base de clientes no terceiro trimestre, mas segue sob forte pressão da concorrência

FOI BOM

Gerdau registra maior Ebitda desde 2008 no 3º trimestre

Aumento das vendas no mercado interno e depreciação do real ante o dólar puxa desempenho da siderúrgica para cima

Mercados hoje

Dólar desacelera alta após BC e Ibovespa tomba 3% com cautela no exterior

Moeda americana chegou a se aproximar dos R$ 5,80, mas reduziu alta após BC vender US$ 1 bilhão. Avanço da covid-19 no exterior deixa nervos de investidores à flor da pele e traz aversão ao risco generalizada

Disputa parece longe do fim

Ser Educacional não desiste e recorre de decisão que invalida acordo com Laureate

A companhia afirma se manter certa de seus direitos e diz que tomará todas as medidas cabíves para manter o acordo inicial válido

ATENÇÃO, ACIONISTA

Petrobras altera política de remuneração para pagar dividendos mesmo em caso de prejuízo

Administração poderá propor o repasse de proventos, mesmo sem a apuração de lucro, caso se verificar redução da dívida líquida nos 12 meses anteriores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies