Menu
2020-06-18T12:18:12-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
cenários da pandemia

BC reconhece que houve redução da expansão de crédito para empresas

Na última segunda-feira, as concessões de crédito a pessoas jurídicas caíram pela segunda semana consecutiva, segundo o Estadão

18 de junho de 2020
12:17 - atualizado às 12:18
Bruno Serra Fernandes – diretor de Política Monetária do BC – CAE 260219
Bruno Serra Fernandes, diretor de Política Monetária do BC - Imagem: Pedro França/Agência Senado

O diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra, reconheceu nesta quinta-feira que, recentemente, houve redução da expansão de crédito para empresas. "Nas últimas três ou quatro semanas, a expansão de crédito PJ se reduziu bastante", disse Serra.

Na última segunda-feira, as concessões de crédito a pessoas jurídicas caíram pela segunda semana consecutiva, segundo o Estadão.

Na semana entre 25 e 29 de maio (22ª semana do ano), o montante de crédito liberado pelos bancos às empresas somou R$ 30,8 bilhões, o que representa uma queda de 2,53% em relação ao visto no mesmo período do ano passado (R$ 31,6 bilhões). Na 21ª semana, as concessões já haviam recuado 8,27%.

"Temos que acompanhar para compreender a situação", afirmou Serra, ao tratar da redução do ritmo de expansão do crédito para empresas. O diretor do BC afirmou ainda que, "de fato, os recursos do crédito fluíram mais para empresas grandes" durante o período de pandemia. "Temos que continuar acompanhando."

Serra pontuou, por outro lado, que as pequenas e médias empresas repactuaram mais dívidas com os bancos, na comparação com as companhias maiores.

Ativos de crédito

Bruno Serra disse que a regulação da ferramenta de compra de ativos de crédito pelo BC, aprovada pelo Congresso Nacional, ocorrerá em breve. Segundo ele, ela será importante para a atuação da autarquia durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

"É crucial para o mercado de crédito que observemos a formação eficiente de preços", defendeu Serra, ao tratar da possibilidade de compra de ativos por parte do BC. Segundo ele, o mercado deve refletir o risco de crédito nos preços, e não efeitos técnicos, como a saída de recursos do Brasil.

Debêntures

Bruno Serra afirmou que o programa de empréstimos a instituições financeiras com lastro em debêntures, lançado pelo BC em março como medida de combate aos efeitos da pandemia do novo coronavírus, está encerrado.

Serra afirmou ainda que o programa de operações compromissadas com títulos soberanos, também adotado na pandemia para garantir liquidez aos bancos, está encerrado também. De um potencial de R$ 50 bilhões, foram disponibilizados apenas R$ 22 bilhões.

Serra participa na manhã desta quinta-feira do evento virtual "Medidas Emergenciais de Proteção às Empresas", realizado pelo TCU.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Dívida

Gastos de anos anteriores pressionam Orçamento

A maior parte das emendas (R$ 11,1 bilhões) está concentrada no Ministério do Desenvolvimento Regional.

Esquenta dos mercados

Mercado amanhece cauteloso com dados sobre covid-19 e renúncia de Ferreira Jr.

Além disso, surgiram dúvidas sobre a capacidade do governo dos EUA em aprovar no Congresso norte-americano um novo pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão.

remendando a situação

Eletrobras tenta apaziguar ânimos dizendo que escolha de CEO será técnica

Saída de Wilson Ferreira Jr. está sendo vista como uma derrota para os planos de privatização da companhia elétrica

agora vai?

CSN anuncia IPO da parte de mineração. Veja a cifra bilionária que ela pode levantar

Siderúrgica divulga prospecto da operação, buscando vender um total de 720,8 milhões de ações e com faixa de preço de R$ 8,50 a R$ 11,35

Insights Assimétricos

Alocação entre classes: o jeito certo de ganhar dinheiro

Saber em que tipo de ativo você deve estar, como ações, renda fixa ou fundos imobiliários, é mais importante do que ter um ação ou um título de crédito específico

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies