Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-27T15:58:59-03:00
Estadão Conteúdo
Olho no câmbio

BC: Fluxo cambial total em fevereiro até dia 21 é negativo em US$ 2,321 bi

Brasil encerrou janeiro com saídas líquidas de US$ 384 milhões

27 de fevereiro de 2020
15:58
Banco Central do Brasil
Banco Central do Brasil - Imagem: Shutterstock

Depois de encerrar janeiro com saídas líquidas de US$ 384 milhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 2,321 bilhões em fevereiro até o dia 21, informou nesta quinta-feira, 27, o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 7,035 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 31,033 bilhões e de retiradas no total de US$ 38,068 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de fevereiro até o dia 21 é positivo em US$ 4,714 bilhões, com importações de US$ 9,189 bilhões e exportações de US$ 13,902 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,548 bilhão em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 7,345 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 5,009 bilhões em outras entradas.

Semanal

O fluxo cambial registrado na semana passada (de 17 a 21 de fevereiro) ficou negativo em US$ 4,199 bilhões.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 7,891 bilhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 8,018 bilhões e de envios no total de US$ 15,909 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 3,692 bilhões, com importações de US$ 3,875 bilhões e exportações de US$ 7,566 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 577 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 5,075 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,915 bilhão em outras entradas.

Anual

O fluxo cambial do ano até 21 de fevereiro ficou negativo em US$ 2,706 bilhões. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 6,052 bilhões.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 21 de fevereiro foi de US$ 8,553 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 83,035 bilhões e de envios no total de US$ 91,588 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 21 de fevereiro ficou positivo em US$ 5,847 bilhões, com importações de US$ 23,370 bilhões e exportações de US$ 29,217 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 3,393 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 10,755 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 15,069 bilhões em outras entradas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies