Menu
2020-02-27T15:58:59-03:00
Olho no câmbio

BC: Fluxo cambial total em fevereiro até dia 21 é negativo em US$ 2,321 bi

Brasil encerrou janeiro com saídas líquidas de US$ 384 milhões

27 de fevereiro de 2020
15:58
Banco Central do Brasil
Banco Central do Brasil - Imagem: Shutterstock

Depois de encerrar janeiro com saídas líquidas de US$ 384 milhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 2,321 bilhões em fevereiro até o dia 21, informou nesta quinta-feira, 27, o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 7,035 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 31,033 bilhões e de retiradas no total de US$ 38,068 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de fevereiro até o dia 21 é positivo em US$ 4,714 bilhões, com importações de US$ 9,189 bilhões e exportações de US$ 13,902 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,548 bilhão em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 7,345 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 5,009 bilhões em outras entradas.

Semanal

O fluxo cambial registrado na semana passada (de 17 a 21 de fevereiro) ficou negativo em US$ 4,199 bilhões.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 7,891 bilhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 8,018 bilhões e de envios no total de US$ 15,909 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 3,692 bilhões, com importações de US$ 3,875 bilhões e exportações de US$ 7,566 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 577 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 5,075 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,915 bilhão em outras entradas.

Anual

O fluxo cambial do ano até 21 de fevereiro ficou negativo em US$ 2,706 bilhões. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 6,052 bilhões.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 21 de fevereiro foi de US$ 8,553 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 83,035 bilhões e de envios no total de US$ 91,588 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 21 de fevereiro ficou positivo em US$ 5,847 bilhões, com importações de US$ 23,370 bilhões e exportações de US$ 29,217 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 3,393 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 10,755 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 15,069 bilhões em outras entradas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

Alfabetização financeira para crianças: quando é a hora de falar sobre dinheiro?

As idades entre nove e quinze anos são cruciais no desenvolvimento de uma criança. Muito do que vivem como adultos vem das fórmulas vencedores que aprendem quando crianças.

Novo nome no MEC

Bolsonaro anuncia pastor Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

Decreto presidencial nomeou professor para o cargo nesta sexta-feira

Investimento para o cliente

Corretora Warren recebe aporte de R$ 120 milhões para investimento em plataformas digitais

Fintech visa multiplicar por cinco patrimônio sob gestão até o fim de 2021 e aumentar alcance da marca: ‘Nossa meta é seguir investindo em tecnologia’

Chegou lá

E o Ibovespa, quem diria, voltou aos 100 mil pontos. O que isso significa?

Depois de mais de quatro meses, o Ibovespa finalmente reconquistou o patamar dos três dígitos. Algumas boas notícias da economia doméstica ajudam a explicar o otimismo na semana, mas há mais fatores que influenciaram esse movimento

Crise se afastando?

Barômetros globais sinalizam retomada gradual da economia mundial, diz FGV

Melhoras ainda estão condicionadas a um ‘grau elevado’ de incerteza diante da pandemia, pondera pesquisador

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements