Menu
2020-09-01T11:55:04-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Socorro em meio à crise

Governo prorroga auxílio emergencial até dezembro no valor de R$ 300

Criado em abril, o auxílio emergencial é voltado para trabalhadores informais atingidos pela pandemia

1 de setembro de 2020
10:06 - atualizado às 11:55
Cédulas de real
Cédulas de real - Imagem: Shutterstock

O presidente Jair Bolsonaro, ao lado do ministro da Economia Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira (1) a prorrogação do auxílio emergencial por mais 4 meses, até dezembro, no valor de R$ 300 reais. O valor corresponde a metade dos R$ 600 das primeiras 5 parcelas. O auxílio foi criado em abril e é voltado para trabalhadores informais atingidos pela pandemia do coronavírus.

O tema tem ganhado especial atenção do mercado, já que os investidores monitoram o aumento das despesas públicas e a situação fiscal do país. Segundo Bolsonaro, o valor de R$ 300 foi acertado 'em cima da responsabilidade fiscal' atendendo ao pedido da equipe econômica. Na última semana, o presidente recusou a proposta inicial do ministério da Economia, que fixava o auxílio no valor de R$ 247.

O anúncio foi feito após reunião do presidente com líderes do Congresso no Palácio da Alvorada e a divulgação da queda de 9,7% no PIB do 2º trimestre. O presidente também informou que a reforma administrativa, muito aguardada pelo mercado, deve ser encaminhada na próxima quinta-feira (3).

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), afirmou que o episódio marca uma "nova maneira de fazer a articulação política". "Vamos acordar primeiro com os senhores líderes primeiro, anunciar depois", disse Barros. O deputado também também reafirmou o compromisso do governo com a responsabilidade fiscal e o cumprimento do teto de gastos.

"O recado que nós queremos dar é responsabilidade fiscal, rigor nas contas públicas e compromisso de manter o teto de gastos", declarou.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Covas ou Boulos?

Como a eleição para prefeito mexe com o investimento em imóveis em São Paulo

Com revisão do Plano Diretor em 2021, investidor de ações de construtoras, fundos imobiliários e imóveis deve ficar de olho no resultado eleitoral. Há risco se Guilherme Boulos ganhar? E se Covas levar, setor pode ser beneficiado?

Dinheiro no bolso

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 333 milhões em JCP do 4T20

Dessa forma serão pagos no dia 30 de dezembro e terão como base a posição acionária do dia 11 de dezembro de 2020

seu dinheiro na sua noite

Maradona e o rali da bolsa

O baixinho Maradona passa por dois marcadores, toca para o companheiro e depois corre para disputar a bola na área. Ele dá um salto e, de alguma forma, consegue subir mais que o goleiro inglês Peter Shilton para empurrar (literalmente) a bola para as redes. O lance do antológico gol de mão do craque argentino […]

fechamento dos mercados

Ibovespa desacelera com queda de Petrobras, mas fecha acima de 110 mil com Itaú e Vale e sobe 4% na semana

Bolsas americanas fecham para cima, renovando máximas históricas, em sessão mais curta; por aqui, ações de Petrobras reduziram alta perto do fim da sessão, eventualmente virando e fechando em queda, tirando índice acionário local da proximidade do pico intradiário

Urgente

Guilherme Boulos é diagnosticado com Covid-19

As agendas de campanha foram todas suspensas, e a coordenação da campanha vai propor à TV Globo que o último debate, previsto para hoje, seja feito de forma virtual.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies