Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-03-27T20:12:48-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Banco Central quer pagar o seu salário

27 de março de 2020
19:29 - atualizado às 20:12
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Pode chamar de distanciamento social, quarentena ou “lockdown”. Na verdade, até existem diferenças entre os termos, cada um representando diferentes graus de controle de circulação.

Seja como for, o fato é que a pandemia do coronavírus nos obrigou à inédita (mas necessária) rotina de permanecer o tempo todo em casa.

No meu caso, o contato mais próximo com o pessoal da redação do Seu Dinheiro faz falta. Mas com um telefone na mão e uma conexão de internet disponível até que consigo me virar bem.

Nós também aproveitamos o momento de extrema incerteza para estreitar a conexão com nossos leitores Premium, que agora recebem áudios diários da nossa equipe no Telegram. Veja como você também pode fazer parte desse grupo.

Só que o mesmo não se pode dizer das milhares de empresas que dependem da presença física das pessoas para venderem seus produtos e serviços.

Enquanto o caixa esvazia, as contas não param de chegar. A principal delas é o salário dos funcionários, que começa a cair já a partir da próxima semana.

De onde tirar esse dinheiro? O empresário pode pegar um empréstimo num banco, você responderia.

O problema é que diante da total falta de clareza sobre quando a economia vai voltar a operar normalmente, os bancos fecharam a torneira do crédito.

Atento a esse gargalo, o Banco Central anunciou hoje mais uma medida inédita dentro do arsenal para lidar com a crise: abriu uma linha de crédito de R$ 40 bilhões.

As empresas de menor porte poderão sacar essa linha para financiar sua folha de pagamento, até o limite de dois salários mínimos.

A taxa de juros? 3,75% ao ano. Isso mesmo, o mesmo que a Selic. O Kaype Abreu acompanhou a entrevista coletiva do presidente do BC, Roberto Campos Neto, e traz os detalhes do programa.

O nome do jogo é…

…volatilidade. Apesar de uma semana mais positiva no Ibovespa — com a primeira sequência de 3 altas consecutivas desde fevereiro —, não deu para resistir à cautela do mercado nesta sexta-feira. Resultado: queda forte, de mais de 5%, acompanhando os índices acionários globais. O dólar também voltou a subir de volta ao patamar de R$ 5,10. Confira todo o panorama de mais uma semana instável nos mercados com o Victor Aguiar.

Vale investir

Com baixo endividamento e cotações do minério de ferro em níveis surpreendentemente altos, a Vale é a empresa mais preparada para atravessar a pandemia do coronavírus. A afirmação é de Guilherme Aché, sócio da Squadra Investimentos. Embora veja oportunidades na bolsa, o experiente gestor se mostrou preocupado com a desorganização da economia na crise. Eu acompanhei a fala de Aché em uma transmissão ao vivo promovida pelo BTG Pactual e trago os detalhes para você.

Céus vazios

Se você olhar para o céu dificilmente vai ver algum avião cruzando os ares. O número de voos semanais no país caiu de 14.781 para apenas 1.241, de acordo com dados da Anac. A redução, claro, é uma resposta à pandemia do coronavírus. Serão atendidas as capitais de 26 estados e o Distrito Federal, além de 19 municípios. Nesta matéria, você confere como vai ficar a malha aérea até o fim de abril.

O Leão não espera

Seja por falta de opção ou por obrigação, muita gente vai aproveitar parte do tempo forçado em casa para fazer a declaração do Imposto de Renda. Mas se você é aposentado e está com dificuldades de acessar informe de rendimentos, saiba que não está sozinho. O INSS informou que o sistema apresentou instabilidade. A Julia Wiltgen conta o que aconteceu e traz alternativas para você acessar o seu informe.

Hora de comprar?

Em meio ao caos provocado pelo coronavírus, o Ibovespa fechou a semana com alta de quase 10% e chegou a fechar em alta por três dias seguidos. Hora de comprar? Esse é um dos temas da edição desta semana do podcast Touros e Ursos. O Victor Aguiar e eu também comentamos a polêmica condução de Jair Bolsonaro na pandemia do coronavírus e os próximos passos do Banco Central sobre a taxa básica de juros. Então aperte o play e solte o som!

Um ótimo fim de semana para você!

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Cristina Andriotti, CEO da Ambipar

Como a Ambipar pode auxiliar empresas e países a cumprirem as metas da Cúpula do Clima

O mercado de carbono, o gerenciamento de resíduos e ações contra o avanço do aquecimento global fazem parte do futuro de todos os países do mundo. Por isso, as ações desenvolvidas por nós e os serviços prestados tendem a ser cada vez mais reconhecidos

FII DO MÊS

Os melhores fundos imobiliários para investir em maio, segundo 10 corretoras

O fundo preferido das corretoras no mês está exposto ao segmento de supermercados, hipermercados e atacarejos e engatou duas vitórias consecutivas em nosso ranking

O melhor do Seu Dinheiro

A Pedra Filosofal do mercado financeiro e mais destaques da noite

O minério de ferro converteu-se na pedra filosofal dos mercados: tudo o que toca, vira ouro — como as ações da Vale e das siderúrgicas

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mercado Financeiro e a Pedra Filosofal

De certa maneira, o mercado financeiro está cheio de alquimistas: tentam transformar dinheiro em mais dinheiro. Ações, câmbio, títulos de renda fixa, fundos imobiliários — no fim, o objetivo dos investidores é multiplicar o patrimônio. O problema é que não há fórmula mágica. Nem sempre as poções funcionam; na verdade, é relativamente comum que o […]

FECHAMENTO

Commodities dão força extra e bolsa fecha o dia em alta firme enquanto NY fica no vermelho

Com o exterior negativo, restou ao setor de commodities e energia salvar o Ibovespa da cautela. O dólar à vista aproveitou e teve um dia de leve queda

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies