Menu
2020-03-30T11:09:21-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Efeito coronavírus

XP corta projeção para o Ibovespa pela segunda vez em um mês

Estimativa para o principal índice da bolsa brasileira neste ano caiu de 132 mil pontos para 94 mil pontos, mas XP acredita que mundo “voltará ao normal” em 2021

30 de março de 2020
11:04 - atualizado às 11:09
crise recessão mundo
Imagem: Shutterstock

Em meio ao choque do coronavírus, a XP Investimentos decidiu reduzir a projeção para o Ibovespa em 2020 de 132 mil pontos para 94 mil pontos. Foi a segunda vez em menos de um mês que a corretora revisou os números.

A estimativa inicial da XP era que o principal índice de ações da bolsa brasileira atingisse 140 mil pontos no fim de dezembro – uma alta de 21% em relação ao fechamento do ano passado (115.645 pontos).

A primeira revisão aconteceu no último dia 4 de março, já em meio do choque do coronavírus nos mercados, quando houve a redução de 140 mil para 132 mil pontos.

A nova mudança na projeção para o Ibovespa ocorreu diante do forte impacto nos lucros das empresas previstos em 2020, segundo Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP.

“Quando olhamos para 2021, acreditamos que o mundo voltará ao normal, e essa crise é diferente do que em 2008” – Fernando Ferreira, XP Investimentos.

A nova projeção considera uma relação entre preço e lucro por ação projetado para 2021 de 10,7 vezes para as empresas do Ibovespa, abaixo da média histórica de 12,5 vezes e do pico recente de 14 vezes, segundo a XP.

A estimativa considera um potencial de alta de 28% para o principal índice da bolsa em relação ao fechamento de sexta-feira (73.428 pontos). O analista alerta, contudo, que pode haver novas baixas antes que o mercado se recupere no segundo semestre.

“O índice poderia recuar a 60.000 pontos caso o mercado caísse a média do que caiu em recessões globais passadas (equivalente a -18% em relação ao fechamento de sexta).”

A nova projeção da XP para o Ibovespa é idêntica à do Itaú BBA, que na semana passada diminuiu a estimativa para o principal índice da bolsa em 2020 de 132 mil pontos para 94 mil pontos.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies