Menu
2020-07-15T18:32:52-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Altas e baixas

CVC, Embraer, Gol, Azul e Vale: os destaques da bolsa nesta quarta-feira

Ações da CVC, Embraer, Gol e Azul, todas ligadas ao setor de viagens e turismo, subiram forte com a notícia de avanços na vacina contra a Covid-19; já Vale ON fechou em leve alta e renovou a máxima histórica

15 de julho de 2020
15:31 - atualizado às 18:32
CVC
Imagem: Divulgação

Uma notícia mobilizou os investidores no mundo todo nesta quarta-feira (15): os avanços no desenvolvimento de uma possível vacina contra o coronavírus. E, a cada vez que uma empresa faz anúncios do tipo, as ações ligadas ao setor de turismo avançam — caso dos papéis da CVC, Embraer, Gol e Azul, entre outras.

A lógica é simples: uma vacina praticamente eliminaria a necessidade de distanciamento social e, consequentemente, reativaria a indústria de viagens. Assim, a percepção de que várias empresas farmacêuticas do mundo estão chegando cada vez mais perto de um tratamento definitivo eleva o otimismo dos investidores.

Afinal, o setor de turismo é um dos que se mais beneficiaria, mas a economia como um todo teria um belo impulso com a vacina: os riscos de retrocesso no processo de reabertura sairiam do radar, deixando o caminho livre para que o nível de atividade do mundo volte a crescer num ritmo mais elevado.

Considerando tudo isso, o Ibovespa e as bolsas globais subiram em bloco nesta quarta, animadas com a possibilidade de o fim da pandemia estar próximo. E, por aqui, as ações que mais avançaram foram justamente as das companhias aéreas, de turismo e de fabricantes de aeronaves, que viram suas demandas caírem drasticamente nos últimos meses.

Embraer ON (EMBR3) disparou 9,86%, a R$ 8,80, e liderou os ganhos do Ibovespa hoje; CVC ON (CVCB3), com ganho de 8,71%, a R$ 21,70, veio logo em seguida. Apesar dos ganhos de hoje, os dois papéis ainda acumulam desempenhos bastante ruins em 2020: as ações da CVC caem 47%, enquanto as da Embraer recuam 55%.

Gol PN (GOLL4) e Azul PN (AZUL4) também foram beneficiadas pelo noticiário referente ao desenvolvimento da vacina, subindo 6,97% e 4,51%, respectivamente.

A situação no setor aéreo brasileiro, contudo, ainda é bastante delicada: a Latam Brasil pediu recuperação judicial nos EUA, enquanto a Avianca Brasil teve o pedido de falência decretado pela Justiça. Assim, por mais que haja otimismo nesta quarta-feira, o mercado segue cauteloso em relação ao segmento.

Vale renova a máxima

As ações ON da Vale (VALE3) subiram forte nos últimos dois dias, impulsionadas pela perspectiva de recuperação da demanda de minério de ferro na China, e atingiram uma nova máxima histórica de fechamento na última terça-feira (14). Hoje, os papéis enfrentaram instabilidade, mas cravaram mais um recorde.

Os papéis da mineradora passaram boa parte do dia em baixa, mas fecharam a sessão em leve alta de 0,15%, a R$ 61,79. Por outro lado, as ações do setor de siderurgia realizaram os lucros recentes: CSN ON (CSNA3) caiu 2,13%, Gerdau PN (GGBR4) recuou 0,30% e Usiminas PNA (USIM5) teve baixa de 0,13%.

Vale ON em 2020

Boa parte dessa forte recuperação das ações da Vale e das siderúrgicas de uns meses para cá se deve à alta nas cotações do minério de ferro: o preço da commodity depende diretamente do nível de demanda da China, o maior consumidor global do produto, e os mais recentes dados econômicos do gigante asiático sugerem uma retomada intensa da atividade por lá.

Nesta semana, dados surpreendentemente fortes da balança comercial em junho — tanto as exportações quanto as importações da China vieram acima das expectativas do mercado — deram força às ações do setor de mineração e siderurgia no mundo todo, empurrando os papéis da Vale rumo aos novos recordes.

Durante a madrugada, contudo, uma nova rodada de dados econômicos da China pode trazer instabilidade — ou dar ainda mais força — ao minério de ferro e às empresas associadas à commodity. Será divulgado mais tarde o PIB da China no segundo trimestre, e, a depender do número, as ações do setor tendem a continuar sob os holofotes no restante da semana.

Top 5

Veja abaixo as cinco ações de melhor desempenho do Ibovespa nesta quarta-feira:

CÓDIGONOMEPREÇO (R$)VARIAÇÃO
EMBR3Embraer ON8,80+9,86%
CVCB3CVC ON21,70+8,71%
SBSP3Sabesp ON61,38+8,06%
GOLL4Gol PN21,95+6,97%
SUZB3Suzano ON38,85+5,97%

Veja também as cinco maiores baixas do índice:

CÓDIGONOMEPREÇO (R$)VARIAÇÃO
CSNA3CSN ON11,93-2,13%
MRVE3MRV ON20,44-2,01%
IRBR3IRB ON9,14-1,72%
SULA11SulAmérica units46,90-1,49%
BTOW3B2W ON113,99-1,47%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

ARMADILHAS FINANCEIRAS

Dois investimentos que parecem uma boa, mas são ‘cilada’

As armadilhas costumam travestir-se de “grandes retornos, com baixo risco”.

Coronavírus

Brasil atinge 100 mil mortos por covid-19; STF decreta luto de 3 dias

Enquanto isso, Bolsonaro destaca 2 milhões de recuperados

Balanço

Lucro da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, sobe 87% no 2º trimestre

Recuperação do mercado de ações teve bons reflexos no balanço da companhia do megainvestidor Warren Buffett, mas no ano a empresa ainda amarga prejuízo

Às vésperas do orçamento

Ministros pedem mais recursos a Guedes

Sob pressão interna para ampliar os gastos como forma de combater os efeitos econômicos da covid-19, o ministro da Economia, Paulo Guedes, precisa entregar o Orçamento do ano que vem até o dia 31 deste mês

Entrevista

Meirelles: ‘A raiz da pressão por aumento de gastos é sempre a mesma, eleição’

Em entrevista ao Estadão, Henrique Meirelles lembra que o País tem pouca memória e que quebrar o teto levaria a uma crise muito maior do que a de 2015

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements